Home » Hardware e periféricos » Quando a Internet das Coisas Inúteis e os malditos hipsters se encontram

Quando a Internet das Coisas Inúteis e os malditos hipsters se encontram

E a Internet das Coisas Inúteis continua fazendo das suas. Agora estão prometendo um pote pra guardar café que avisa se ele estiver chegando ao fim e até encomenda uma nova remessa, se você quiser. Afinal nós somos importantes demais para prestar atenção nesses detalhes do dia-a-dia…

4 anos atrás

0902-theyre-hippies

Como toda moda a Internet Das Coisas sofre com abuso e exagero, mas às vezes as pessoas exageram no exagero. Outro dia anunciaram algo ridículo: uma caneca com umas parafernálias que indicavam para o retardado com ela na mão qual era o conteúdo. Se você colocou café, um display mostraria “café”; cerveja, “cerveja”.

Outra dessas brilhantes idéias é uma bengala para cegos, com reconhecimento facial, esquecendo que cegos, mesmo os que não combatem o crime na Cozinha do Inferno estão longe de ser inúteis incapazes, a maioria conta com cérebros funcionais e sentidos apurados. Eles reconhecem as pessoas PELA VOZ. 

Agora a bola da vez nas soluções de problemas que não existem é esta jarra aqui:

freshcoffee2

Tecnicamente é um pote, e um dos maiores First World Problems que já vi.

Você sabe, Hipsters não tomam Café Pelé, Três Corações ou sequer usam cápsulas da Nespresso. Como bons militantes ecochatos com dinheiro demais eles compram grãos colhidos por virgens africanas universitárias, selecionados um a um de produtores fair trade, com trabalhadores bem-pagos, com direito a 13º, FGTS, PIS, PASEP e o escambau. Os grãos vêm de pés de café orgânicos plantados sem afetar o ecossistema, na sombra e também são bird-friendly. Não, não sei o que quer dizer isso.

Esse café é vendido em lojas naturebas chiques mas como hipsters são muito importantes, fazem assinatura de serviços de entrega, que regularmente trazem os preciosos grãos entregues em mãos, com direito a rima.

Sim, a entrega é feita via bicicletas ecologicamente corretas.

laurie-coffee

Pois bem: na falta de problemas de verdade os hipsters descobriram que não conseguem beber café com regularidade e às vezes recebem mais grãos sem que a encomenda da semana anterior tenha acabado. Eu, você e sua mãe resolveríamos isso com um potão que comportasse mais que uma leva de grãos, mas hipsters não pensam assim.

A solução deles? Um pote de grãos inteligente, com Bluetooth, que identifique quando o café está chegando ao fim. Nessa hora ele avisa via notificação no smartphone ou encomenda automaticamente uma nova remessa.

Isso mesmo. Os hipsters são tão inúteis que são incapazes de olhar um maldito pote e ver que o café está acabando. São tão preguiçosos que não querem se dar ao trabalho de dar dois cliques num app e encomendar mais café.

Como um comentarista do MNN falou, “verde” agora é transformar um equipamento que não consumia eletricidade — o pote de café — em um produto eletrônico, consumidor de energia e recursos.

Essa é a internet das coisas feita do jeito errado. O objetivo deveria ser adicionar inteligência, não transferir de seu cérebro pra um pote de café.

Fonte: MNN.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários