Desenvolvimento do Resident Evil começou no SNES

resident-evil

Ao longo dos anos vimos muitos jogos bons sendo criados, mas poucos foram aqueles que puderam se orgulhar por serem excepcionais e até terem mudado a indústria. O Resident Evil é um destes casos. O que nem todos sabem no entanto é que por pouco aquele jogo não acabou sendo bem diferente do que recebemos em 1996.

Quem revelou detalhes sobre a produção foi Koji Oda, que atuará como diretor do Mega Man 11 e entrou para a Capcom em 1991 para trabalhar com jogos como o Super Ghouls ‘n’ Ghosts e The Magical Quest Starring Mickey Mouse. Algum tempo depois ele passou a fazer parte de um projeto que serviria como sucessor espiritual do jogo Sweet Home, para NES e o que aconteceu foi o seguinte:

Honestamente, sinto que entrei para a indústria de games no melhor momento. Normalmente os jogos levavam meio ano e não mais do que um ano para serem desenvolvidos, então sinto que fui capaz de fazer parte de vários projetos diferentes. Isso não é muito conhecido, mas antes de o Resident Evil ir para o PlayStation, eu estive trabalhando nele para o Super NES.

 

Isso foi antes de o nome Resident Evil ter sido designado. O codinome para ele era literalmente apenas ‘horror game.’ No SNES estávamos trabalhando com um limitado espaço de disco, então não era como se pudéssemos colocar um filme lá. Se tivéssemos completado o jogo no SNES, tenho certeza de que teria sido bem diferente. Por exemplo, originalmente ele seria situado num lugar que não tinha nada a ver com a realidade — era mais um lugar infernal.

Para dizer a verdade, nem consigo imaginar como poderia ter sido um Resident Evil para o Super Nintendo, mas me parece óbvio que de fato ele não seria nada parecido com o que clássico que, embora não seja o criador do gênero survival horror, certamente foi o que consolidou o estilo e depois acabou servindo de inspiração para muitos outros títulos.

Isso me faz pensar em tantos projetos que foram adiados diversas vezes, mudaram de geração e mesmo assim acabaram não dando muito certo. Pelo menos com o Resident Evil a escolha por parte da Capcom mostrou-se acertada.

Fonte: Game Informer.

Relacionados: , , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar
  • Bruno do Acre – (Etevaldo)

    Já passou da hora de algum estúdio fazer um fps retratando o cotidiano carioca…ia ser massa!

    • Gesonel o Mestre dos Disfarces

      cs_rio

      • Bruno do Acre – (Etevaldo)

        Call of BiXXXcoito

  • Gertrudes, a Lhama

    “Para dizer a verdade, nem consigo imaginar como poderia ter sido um Resident Evil para o Super Nintendo”

    Será que seria parecido com o Resident Evil pra Game Boy Color?

  • Mateus Vieira Machado

    Tá, cade os gameplays? haahahaha

  • Sid M.S.

    Bom, se fizeram Port do original para Gameboy… Imagino que SNES muita coisa seria possível também…

  • gomes86

    Falar das origens de Resident Evil sem mencionar Alone in the Dark é fazer um discurso sem locutor, plateia, auditório nem planeta terra.

    • Julio Verner

      Ele deixou nas entre linhas… Todo mundo sabe que Alone é o pioneiro do gênero.

  • Tiago Bansi

    Eh só fazer igual ao phantasy star do Master system

  • Marcus Gomes

    O cotidiano do rio kkk rachei com essa é como se o normal no rio fosse um filme de ação do stallone kkkkk

    • Chuck Norris

      362 policiais baleados e ainda nem terminou o ano, isso so policiais. Ta bom pra vc?

    • Bruno do Acre – (Etevaldo)

      Os filmes do Stallone tem menos tiros e assaltos KKKKK
      (desculpa a zoeyra…na real a Terra da Varzea, vulgo Brasil, tá foda em todo o seu território)….

    • Julio Verner

      Filme? Nos filmes ficam de peito aberto se confrontando de frente e ninguém acerta ninguém… As vezes um tiro acerta o ombro, que todo mundo sabe, não faz parte do corpo.

  • Julio Verner

    Podia ter citado Rayman que foi o mesmo caso… Whatever…

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis