Imprensa histérica perdeu a noção de vez e alerta contra hackers telepatas

computer_bomb

Quando o primeiro macaco antropóide pré-humano emergiu da lama primordial logo após o Big Bang ele inventou o fogo. 2 minutos depois outro macaco correu, inventou a escrita, abriu o primeiro jornal e questionou a idéia, pois fogo pode ser perigoso, pessoas jogadas nele em geral morrem, e não é bom quando você tenta comê-lo. Nascia o primeiro jornalista.

De lá para cá a imprensa tem uma relação de ódio/medo com a tecnologia. Tudo, TUDO que é apresentado pela Ciência como novidade é imediatamente dissecado por jornalistas assustados feito suricatos e tem as mais remotas e improváveis possibilidades de causar alguns risco exploradas como falhas inevitáveis.

E não estou falando de jornalismo certificadamente insano, como aquela militante feminista que acusou Elon Musk de estar planejando lançar pedras da Lua na Terra e dominar o mundo (sério). Videogame estraga televisão, ver TV de perto vai te deixar cego se você não morrer antes de câncer por causa da radiação, celular afeta aprendizado das crianças, computador em casa é porta para pedófilos, a CIA vai roubar seus dados mesmo com o computador desligado, seu iPod vai te deixar surdo, ovo faz mal, ovo faz bem, seu celular está te rastreando e tecnologia isola as pessoas.

techisola

A internet, graças à abundância de adubo, é terreno fértil para essas matérias, e o que é pior: muitos laboratórios e universidades, desesperados por mídia, que significa tornar o departamento conhecido e em última análise, mais verbas, trabalham fornecendo material para esse tipo de clickbait.

Por isso a University of Alabama at Birmingham soltou um release com o título Study finds hackers could use brainwaves to steal passwords — Estudo descobre como hackers poderiam usar ondas cerebrais para roubar senhas.

O artigo no qual o release é baseado tem um título bem menos sexy:

PEEP: Passively Eavesdropping Private Input via Brainwave Signals — PEEP: espionagem passiva de entrada de dados privada via sinais de ondas cerebrais (não vou fazer a sigla combinar, esqueça) — mas não se engane o clickbait é forte nele também.

O pior é que a idéia é bem interessante como experimento em interfaces cérebro-máquina. Em essência os pesquisadores resolveram testar se era possível utilizar aparelhos de eletroencefalograma domésticos, daqueles usados por alguns jogos para detectar senhas.

O procedimento envolveu fazer medições dos usuários enquanto digitavam sequências de senhas geradas pelo computador. Os dados do EEG foram então processados e foi criado um modelo de rede neural para associar os sinais com números ou letras específicas.

Os usuários então foram instruídos a digitar uma senha numérica de 4 dígitos e uma alfanumérica de 6.

O resultado chegou a uma taxa de acerto real de 34% por dígito, mais em alguns casos, menos em outros. Interessante, mas só isso. Como ganhar a mídia?

Os autores derivaram para um viés alarmista, trabalhando com um cenário absolutamente doido:

Eles propõem uma situação onde um hacker usaria um videogame com interface de controle mental, que criaria captchas e outras entradas com senhas para captar as ondas cerebrais do usuário. O jogo montaria um modelo do processamento mental do sujeito, e quando estivesse bem refinado, observaria se a vítima entrou em um site de banco ou ecommerce.

Obviamente ainda com o capacete de EEG na cabeça, o cidadão digitaria sua senha, que seria captada pelo jogo, e enviada para o hacker malvado.

Beleza, mas… PRA QUÊ?

Sim, teoricamente com tudo dando certo o sujeito teria em 30% e 40% de chance de acertar sua senha, mas esses valores são POR DÍGITO, e site de banco não é igual ao NORAD (de Wargames) onde o computador informa se você acertou individualmente os dígitos da senha.

Se o cara tem esse nível de acesso no seu PC, é mais fácil instalar um keylogger do que comprometer a segurança de um grande fabricante de games, hackear um hardware que basicamente ninguém tem e rezar pro sujeito acessar o banco logo após jogar BrainQuake ou seja lá que jogo use esse troço.

Claro, o RT coloca a manchete “Hackers podem usar sinais cerebrais através de headsets de EEG para acessar senhas” e todo mundo entra em pânico. A realidade é bem diferente: o Post-It é uma ameaça de segurança muito maior que o EEG. E sendo bem pragmático, como bem lembrou o xkcd, a ferramenta mais eficiente para conseguir as senhas de alguém é uma chave de boca de US$ 5,00.

oes18b

Relacionados: , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz, Calcinhas no Espaço e Do Tempo Em Que A Pipa do Vovô Subia.

Compartilhar
  • EmuManíaco
  • RôShrek

    Estou começando a me preocupar de verdade com a aproximação da extinção da raça humana.

  • Pois é, desde 19XX qualquer eletrônico que gerava imagens era até visto como algo do capeta, videogame nem se fala.
    Não adianta. A maioria vai continuar confiando na velha mídia

    • Eder Brizolla

      so tenho medo ate hj do “fleibeck” (nao sei escrever o nome da peça do tubo da tv, me processe!) que diziam que dava um choque tao violento que vc podia perder um dedo no tranco!

      • Theuer

        Se os capacitores antes dele estiverem carregados… Continue com medo. 🙂

        • Marcogro®

          Ô!

      • Manoel Jorge Ribeiro Neto

        Ah, o flyback é meio sinistro mesmo. Em uma TV de tubo que eu já tive, ele cismou de ficar dando uns estouros, e quando a gente olhava dentro da TV, tinha toda a pirotecnia desse defeito. Mesmo funcionando direito, ele faz um barulhinho agudo bem incômodo (nem todo mundo consegue ouvir isso).

        • Diego Diego

          Cara.. Passei a cogitar a possibilidade da existência do demônio quando descobri o flyback.
          Ô coisinha do capeta….Dá receio só de ver essa tralha funcionando direito, imagina quando começa a estalar. Fora que aquele zumbido malévolo que ele fica emitindo no limite da nossa audição provavelmente foi projetado para nos passar mensagens subliminares tipo “mate sua família, mate seus amigos, devore seu chihuahua”.

        • Luiz

          eu lembro quando eu podia ouvir o barulinho

      • B4klaudio

        Olha , arrancar um dedo eu não digo, talvez uma de 32…rs Mas o choque é bem forte! formou um arco no meu dedo (eu não cheguei a encostar no fio) e do meu braço para o colega do lado (digo isso porque estava frio e estava-mos de blusa). Mas sem amperagem (corrente, sei-la… faz tempo que saí da eletronica) então não é tão perigoso assim.. é tipo um taser.

        • Capacitor. De. Microondas.

          Sem mais. Mesmo. É bem foda….

          ….com licença, vou ali chorar em posição fetal e sonhar com capacitores destruindo Tóquio…

          • Pessoal do meu curso técnico de eletroeletrônica usava capacitores pra dar choque no coleguinha, até que uma dessas brincadeiras jogou um cara no chão por alguns segundos…

          • A gente já descarregava no professor de prática…. vinha bêbado com um gambá nas últimas três aulas de sexta…. me preocupava apenas se ele não entrasse em combustão ou explodisse!

        • Você será expulso pelo Laguna, depois de falar “amperagem”.

      • ElGloriosoRangerRojo™

        Flyback…

      • Bob

        Lembrei agora de um “causo” acontecido a mais de 30 anos em uma conceituada universidade serrana: Belo dia, uma das primeiras aulas de laboratório Engenharia Elétrica, aula sobre capacitores. Pois bem, o professor manda cada um pegar um capacitor, carregá-lo, medir a tensão, descarregar e medir novamente.

        O caboclinho, atrás da bancada, pergunta: “Fessô cumé que si discarrega o capacitô?”.

        -Simples meu filho, pegue um fio, com conectores jacaré, e dê um cur…”

        BOOOOM!

        A anta, com perdão do mamífero, me descarrega um tarugo de quase 1 quilo. O fio sumiu, tinha meio jacaré soldado no terminal e a outra parte deve ter vaporizado – sumiu. Impagável foi a cara do candidato ao Darwin Awards…

        • Eder Brizolla

          Eu quando era moleque (uns 14 anos acho) comprei uma camera love (pergunte para seus pais, ou ao google, eles vao explicar) e ela tinha uma peculiaridade, a camera era barata, mas nao dava para tirar o filme, vc tinha que enviar para para eles, pagar uma pequena fortuna e eles te enviavam o filme revelado e uma outra camera, entao eu chutei o pau da barraca e quebrei a camera para retirar o filme, so que a camera vinha com flash, catando os cacarecos da camera vi aquela pecinha pequena no chao e nem sabia oq era, foi pegar e tomei um pusta choque!
          larguei la, 15 dias depois (quarto de adolescente, ja viu) vi a pecinha de novo e pensei “ja deve ter acabado a carga desta droga” fui pegar e ZAP de novo!!!!, entao dai descobri o tal do capacitor!!!

          • Bob

            Eu tive uma Love. Mas se não me engano o flash de cubo funcionava com um pino de plástico que puncionava o bulbo que “explodia” gerando a luminosidade.

          • Eder Brizolla

            A minha era mais “muderna” ja era com o flash embutido.

          • Bob

            Putz, me senti mais velho ainda…

      • Andre Souza

        Por aí… quando pequeno (pq diabos todo moleque é buliçoso?) fui meter a mão num CP500 (aquele da Prológica) que meu tio estava consertando. Ele disse que apaguei uns 15s com o choque. 😛

  • Atrollando Natuacara
    • Rolando

      O pessoal que participou da guerra fria que o diga.

    • Daniel

      PQP essa ai, é de longe a mais perigosa, nem precisa se esforçar muito, só aquela loira que geralmente ela se transforma no filme já seria mais que o suficiente, mas dependendo do nível e da necessidade até assim ao natural consegue, sempre há quem goste de coisas mais exóticas….

      • Maom

        Aquela loira que ela geralmente se transforma no filme, é ela mesma depois do banho, sem a tinta azul, e existem versões dela com uma tinta esbranquiçada na cara. Pesquise the fappening – jennifer lawrence
        Claro que vc já deve ter visto. Mas vai que alguém ainda não viu, de nada.

        • Kaio M. Araujo

          Só errou pq essa daí é a dos primeiros filmes, aparece ela sem maquiagem no 3 e ela é melhor que a Jennifer Lawrence

          • Maom

            Ahhh acabei de ver que a foto é a da Mystica dos xmen anteriores com o pessoal mais velho que era interpretada pela Rebecca Romijn… Ela é mais bonita sim, mas a JLaw por todo o histórico e por carregar um Oscar é muito mais sexy, prefiro ela

          • Rodrigo

            Prefere o Jude Law?

          • Maom

            Quem é essa?

          • Gesonel o Mestre dos Disfarces

            Essas abreviações de nomes só me lembram um episódio de Archer onde eles encontram o Kenny Loggins (o carinha que fez as músicas tema de Top Gun e Footloose) e ele quer mudar o nome artístico dele pra K-Log.

        • Daniel

          🙂

    • SignaPoenae

      Gaius Baltar que o diga amigo.

  • Hemeterio

    Siracusa devia viver aos sobressaltos, a cada sombra e reflexo que saisse do lab. do Arquimedes. Se bem que do Tesla tb. E do Musk com certeza. é, o povo é tapado mesmo.

  • Maximus_Gambiarra

    Entrei na Amazon para ver qual medida seria uma chave combinada de US$ 5,00. Encontrei só uma chave 9/32, que seria equivalente a uma 7 mm, e concluí que é pra quebrar o dedinho e não pra dar pancada.

    • Inflação né? Mas pode procurar que tu vai encontrar chave de roda (tire wrench) por uns 8~10 Trumps

      • Maximus_Gambiarra

        Não, pô. A meta é torturar alguém com US$ 5,00. Mas o engraçado é que as chaves avulsas não tem os preços lineares. Algumas medidas grandes são mais baratas que outras pequenas. E com 20,00 consigo comprar um jogo de chaves, mas não uma avulsa com 5,00.

        • 1. Uma caneta BIC dentro da orelha.
          2. A tampa, em baixo das unhas.
          3. O tubinho de tinta num orifício de diâmetro similar.

          Você passa todas as senhas, até as que nem lembra, antes de chegar no 3.

          • Islan Oliveira

            Caralho, todas são terríveis, mas essa 3 em particular, deu calafrios de imaginar.

          • Marcogro®

            “3. O tubinho de tinta num orifício de diâmetro similar”… Me lembra da hilária entrevista do Agildo Ribeiro ao Jô Soares, quando ele disse como era removida a blenorragia antes do advento da penicilina… É de rolar de rir.
            — Gostei… Tem mais dessas aí? Posta mais.

          • Diego Marco Trindade

            Não vou pesquisar blenorragia no google. Nem precisa colocar NSFW/NSFL

          • Ivan

            Se estiver procurando o Baiano um cabo de vassoura resolve…

          • Fábio Oliveira

            Instintivamente, protegi os documentos ao ler isto…

        • Nilton Pedrett Neto

          mais facil usar um alicate de cuticula… ai vai dando pequenos cortes no dedo. Tortura por menos de 1 trump.

          • Gente, serião será que os Agentes do Mal estão com orçamento tão limitado assim? A crise tá foda, hein?

      • Maximus_Gambiarra

        Encontrei uma combinada 1″ da marca Performance Tools por $5,68. Acho que vai servir.

    • Daniel Silva

      então vai em um ferro velho ai da sua região e compra uma chave de boca, no ferro velho eles vendem é a 5 reais o quilo, com uma chave de mais de 3 kg, vc terá sucesso, para este objetivo ela não precisa estar nova, e para usar ela nas porcas também não.

      • Felipe Braz

        Comprar no ferro velho não dá, a vítima pode pegar tétano!

      • Rodrigo

        Como bom nerd, não consigo levantar uma chave de 3 Kg 😛

        • Daniel Silva

          porra que é isto? eu troco embreagem de carro removendo o cambio no Jacarezinho sem elevador,

  • Rodrigo Dias Javornik
    • HAHAHAAHAHAHAAAAHAHAHAHAHHAHAAHHAH!!!!!!!!

      Rirei até terminar de arrancar todos os cabos elétricos de uma cabana isolada numa floresta na Noruega.

  • Manoel Jorge Ribeiro Neto

    https://uploads.disquscdn.com/images/9bc3b4991f4123d97ce4e130dea0614d72f29f8441cd6a1e80c67e1526f6094d.jpg

    Então esse cara vai roubar minhas senhas só pelo pensamento? #corrão!

    • Anayran Pinheiro

      De longe, este foi o melhor filme que já assisti no YouTube! HAHAHAHAHAHAHA

  • Pra que roubar a senha se você tem acesso ao HD do servidor?

    • Se o HD estiver (bem) criptografado…

      • brunodmjr

        CHAVE DE BOCA! o/

  • Rogerio

    Bão, se clickbait for crime ou contravenção, teje preso Cardoso!

  • Eder Brizolla

    No começo dos anos 2k numa rodinha de nerds do Mirc, um “raquer” apareceu dizendo que tinha baixado um “script de um grupo hacker fodao” que permitia roubar memoria do pc das pessoas pela internet, ai vc salvava em arquivos .cab num disquete e aumentava a memoria do seu pc!, serio, o cara é sacaneado ate hoje por essa groselha que ele falou!!!!
    Entre o pessoal do grupo nos ficavamos falando que quando fosse acessar internet de casa tinha que fechar as janelas, curtinas e portas do quarto senao o fulaninho iria usar o script para roubar a memoria e ate o pao na cozinha se nao tivesse protegido!

    • HUAHUAHUHUAHUAHUAHAUAUHAUHAUHAHU famoso usuário que ligou pro provedor perguntando como fazia pra baixar mais RAM.

      • Está achando graça? Eu trabalhei em suporte de provedor de internet e já me perguntaram se a versão da internet que vinha no CD era a mais atual ou se tinha determinado site nele…

        • Você nunca atendeu, no longínquo ano de 99, um advogado que tentou contratar meus serviços pedindo para instalar a internet completa no computador do escritório dele porque ele achou ruim assinar um serviço para só consultar/acessar. Ainda ofereceu um contrato de prestação de serviço para garantir as últimas atualizações da internet instalada no computador dele.
          O difícil foi explicar como funcionava a internet…

      • Felipe Braz

        Mal sabia ele que já da pra fazer isso on the line
        http://downloadmoreram.com

        • Rodrigo

          Deixa eu falar! Meu PC é DDR3. No site só tem DDR4. Baixei e ele atualizou as minhas memórias de DDR3 para DDR4! Incrível!

          • Felipe Braz

            Aproveita e faz um upgrade no processador também!
            http://downloadmoreghz.com

        • HAHAHAHA EU AMO A INTERNET

    • Petrus Augusto

      Hahahahahahahaha… PQP!!! Isso chegou no nível do ‘quero a internet em CD’! hahahaha

      • Nilton Pedrett Neto

        nao eh tao absurdo assim… a gente fazia cache de paginas para a galera acessar da empresa… na epoca da internet aa carvao.

    • Gesonel o Mestre dos Disfarces

      Como era mesmo o termo na época? lammer?

    • OverlordBR

      Saudades do tempo de BitchX para acessar o IRC!

      E cuidado com os ráquis… eles estão entre nozes.

  • Pingback: Imprensa histérica perdeu a noção de vez e alerta contra hackers telepatas | Notícias Legais()

  • Bruno do Acre – (Etevaldo)

    E quando a mídia era novidade, quem será que a perseguia??

  • Goodtimes
  • Zalla

    kkkkkkk….tive que parar a leitura para rir sozinho aqui…esse seu primeiro parágrafo está fantástico…vou colocar no face só ele e enviar para todos meus amigos jornalistas

  • Alvaro Carneiro

    – “De lá para cá a imprensa tem uma relação de ódio/medo com a tecnologia.”

    Sério que você acha isso? Se é sério você é um tolo.

    A imprensa quer apenas vender, se for preciso transformar hacker em destruidor de cerebros por telepatia, que seja. Desde que venda a notícia.

  • Don Scopel

    “utilizar aparelhos de eletroencefalograma domésticos, daqueles usados por alguns jogos para detectar senhas”
    q jogos são esses? o.O

  • Maom

    Ou seja, os hackers podem transformar a invenção do Nicolelis em um “Drone” de controle remoto e jogar fifa à distância?

    • Flavio Simões

      Depende. Ele ja conseguiu fazer aquele treco funcionar?

  • Germano

    Segundo o dicionário:
    Imprensa
    [Jornalismo] Conjunto dos jornais, dos jornalistas e dos *meios de divulgação de notícias ou comentários*: imprensa brasileira.
    Isto põe o meio bit no bolo não? =)
    Mas tirando essa generalização, eu gostei do texto. Ja li ha muito tempo sobre a possibilidade de videogames virem a aceitar comandos enviados diretamente pelo cerebro do jogador. Não sei o quanto de sensacionalismo havia ali, mas se paro para pensar o quanto nosso mundo mudou desde a 2a guerra, ou seja bem menos de um seculo, não me atrevo a duvidar de mais nada, só não faço especulações de quão proximos estamos ou não.

  • Tejobr

    Cubram os espelhos.

  • Well Dias

    Lembrem-se do inseparável “Especialista de [coloque o nome aqui]” que todo jornalista tem no bolso para dar base a sua matéria.

  • Kaio Gonçalves

    Só faltou dizer no texto que com uma taxa de acerto de 34% por dígito em uma senha padrão de 6 dígitos a probabilidade de acerto seria 0,34^6, ou seja, menos de 0,2%

  • cesar m

    Essa foto do schuá do filme o Vingador do Futuro trás lembranças desse filmaço, época que ninguém sonhava com TV de tela plana e que dirá de celular com menos de 15 kg.
    A internet levava 30 s pra carregar uma fotinha instrutiva com 300 kb.

  • HiagoHenrique

    Não seria uma chave de roda?

    • Luiz

      Nào pois esta é de chupar, tu poe na boca mesmo.

  • Luiz

    ” e site de banco não é igual ao NORAD (de Wargames) onde o computador informa se você acertou individualmente os dígitos da senha.” Olha, eu tenho minhas duvidas, vai que um ataque temporal consegue saber se o digito esta correto ou não pelo tempo que o servidor demora para responder, ok, isto é bem basico, usar um algoritimo que sempre usa o mesmo tempo independente do valor da entrada/saida, mas…

  • Clayton Guerini

    …in birmingham they love the governor…

  • Vinícius Santos

    “às vezes o indivíduo tá louco na droga”

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis