Minimalismo: novo MacBook com tela de 12 polegadas vem apenas com o USB-C

Laguna_MacBook_12_pol

Hoje pela manhã (ou às 14 horas no horário de Brasília) tivemos um evento especial da Apple, realizado no Yerba Buena Center for the Arts em São Francisco. Uma das estrelas foi o novo MacBook com tela de 12 polegadas.

Por fora, minimalista. Por dentro, cheio de novidades.

Laguna_MacBook_12_pol_thickness

O novo MacBook é fino, muito fino. Em sua parte mais espessa ele alcança o primeiro iPad. E como este, o novo aparelho de 900 g não possui ventoinhas.

Uma parte móvel a menos, Arthur Clarke agradece.

Laguna_MacBook_12_pol_right_side_teardown

Entrada para fone de ouvido e microfone, única conexão do lado direito do novo MacBook

Falando em iPad, à exemplo dos tablets da Apple o interior do novo aparelho feito em “uma única peça de alumínio” é, em sua maior parte, preenchido pelo conjunto de baterias. Baterias essas que têm formatos bastante peculiares e dispostas em camadas. Parecem fruto de impressão 3D séria.

Laguna_MacBook_12_pol_teardown

Na parte superior da figura acima, temos a minúscula placa-mãe do novo MacBook. Ela possui um processador central “Broadwell”, o Intel Core M com TDP de 5 W (e processador gráfico HD Graphics 5300), acompanhado de 8 GB de memória principal (RAM). Ambos não são atualizáveis e a Apple promete que o novo MacBook é o computador mais eficiente do mundo no quesito consumo de energia. Nove horas de navegação web, pelo menos.

Enfim, na parte inferior da mesma figura, temos exposta uma das novidades: o trackpad sensível ao múltiplo toque e à pressão dos dedos, com uma tecnologia chamada Force Touch. Embora não seja desta vez que vejamos um Touch ID nos laptops da Apple, o recurso Force Touch permite resposta táctil na forma de pequenas vibrações, dando a sensação de estarmos tocando na tela.

Laguna_MacBook_12_pol_Force_Touch

O teclado do novo MacBook recebeu um upgrade no mecanismo de acionamento. Ele usa o esquema borboleta, mais fino e eficiente que o convencional (tesoura). Isso promete garantir melhor resposta tanto na digitação quanto na iluminação: cada tecla vem com seu próprio LED branco. Retroiluminada por vários LEDs brancos temos a Tela Retina de 12 polegadas e resolução 2.304 × 1.440 pixels. Ela não é sensível ao toque e é finíssima.

São 13,1 milímetros de espessura no laptop todo, incluindo a tela. Isso é apenas 0,1 milímetro mais grosso que o iPad original. Tal façanha é também atribuída ao descarte de várias das conexões de legado presentes nos MacBooks anteriores.

Sai USB, DisplayPort, MagSafe, HDMI, VGA e somente fica um único USB 3.1. Mais especificamente o USB tipo C reversível.

Laguna_MacBook_12_pol_USB-C

USB-C é a única conexão de dados e energia do novo MacBook

Só temos a conexão USB-C para carregar o novo MacBook e para inserir pendrives ou mesmo monitores auxiliares. Imagine os três ao mesmo tempo. Qualquer coisa, temos conectividade sem fio 802.11ac e Bluetooth 4.0 mas o tio Laguna preferiria ao menos outra porta USB-C presente no aparelho. Felizmente a Apple não pôs fim ao conector de fone de ouvido (e microfone).

Apple — The new MacBook – Reveal

Apple — The new MacBook – Design

Preços e disponibilidade

Começa em 1.299 dólares o modelo com processador rodando a 1,1 GHz e inclui um SSD de 256 GB. Por mais US$ 300 (ou dois mil reais), podemos comprar o novo MacBook mais caro, com o Broadwell de 1,2 GHz e SSD de 512 GB.

Convertendo em reais, temos a pechincha de R$ 8.499 aqui no mato pelo modelo menos caro. Ao menos podemos escolher a cor da carcaça entre cinza espacial, prata e dourado. Este último faz mais sentido, dado o valor.

O lançamento oficial será dia 10 de abril na civilização. Os “velhos” MacBook Air e MacBook Pro receberão upgrade, sendo agora vendidos com processadores Broadwell, Core i5 e i7. No caso do modelo de 13 polegadas do MacBook Pro, ele já receberá também o trackpad Force Touch do novo MacBook.

Leia também:

Relacionados: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Autor: Emanuel Laguna

O “tio Laguna” nasceu no Siará em meio à Fortaleza de 1984. Sempre gostou de brincar de médico com os aparelhos eletrônicos e entender como um hardware dedicado a jogos funciona, mas pretende formar-se como Engenheiro Eletricista qualquer dia. Antes apaixonado pelos processadores gráficos desktop, vê nos smartphones, tablets e outras geringonças mobile o futuro da computação.

Compartilhar
  • Kleber Leal

    “Só temos a conexão USB-C para carregar o novo MacBook e para inserir pendrives ou mesmo monitores auxiliares. Imagine os três ao mesmo tempo”.

    Cara, imagina você com pouca bateria e precisando espetar o raio de um pendrive. Minimalismo pode ser legal, mas custava colocar pelo menos mais uma porta?

    • Sergio Fagundes

      Isso é para vender um hub USB que conecta por bluetooth que vai custar o que sobrou do pulmão e um dos olhos.

      • RickRatinho

        Se o adaptador normal custa R$ 429,00, imagina o bluetooth.

        • Leandro Ramiro

          Relaxa cara, o frete é gratis.

      • Kleber Leal

        E aí o conceito de minimalismo vai para o espaço, já que você vai precisar pendurar um troço no seu gadget.

        Mas é como você apontou, Sergio. Se é possível vender um hub, e as pessoas o comprarão desenfreadamente, não há com o que se preocupar.

        • Sergio Fagundes

          Cara minimalismo não é praticidade. Eu elogiava os antigos MAC (época do power PC) porque além do design dos produtos eles eram práticos. Agora tão jogando pela cartilha da EA, não é minimalismo e sim vender um produto capado para termos que comprar “complementos” para melhor experiência do produto.

          • Também acho pouco, também acho que podia ter dois, mas isso sempre é recorrente na Apple.

            Vejo essa mesma revolta grande quando extinguiram o FLOPPY quando o mundo inteiro ainda usava muito disquete, depois extinguiram o CDROM quando o mundo inteiro usava CD, e agora estão extinguindo o brasileiro PENDRIVE (Flash Drive no mundo inteiro), complicando de usá-lo enquanto o mundo inteiro ainda usa memórias flash removíveis.

            Mais uns 2 anos e praticamente não vai mais fazer falta, já usamos cada vez menos hoje. É prematura essa abordagem da Apple, mas é o caminho.

          • Bruno

            Eu sei que muita gente passa fotos do PC pelo wifi/bluetooth, eu também faço isso, mas e os vídeos?

          • radiobrasil

            bluetooth aqui de mac pra mac dá 100kb/s … pra videos é um INFERNO

          • Sergio Fagundes

            Hein? Cara na boa, o DRIVE de disquete até hoje está a venda, portanto se acabou com os disquetes muito antes dos drives. Os drives de CD foram extinguidos porque um drive de DVD ou Blue Ray tem compatibilidade com os mesmos, inclusive para gravação e CD virgem daqueles de 700mb se encontra até em supermercado de bairro.

            Pendrive nem se fala. Não vejo ninguém tentando extinguir o pendrive.

            O que a Apple está fazendo não é abordagem, é filhadaputagem. CAPAM o aparelho, vendem a preço de ouro, licenciam empresas a fazerem dispositivos externos, ganhando MUITO dinheiro dessas empresas… Ou seja só o venha a nós no melhor estilo EA Games.

            Não seria nenhum problema oferecer a porta de alimentação separada da porta de comunicação mas preferiram não fazer para obrigar o usuário a pagar os sistemas em nuvem da apple ou comprar dispositivos caríssimos para usar memórias externas.

          • Não entendi bem o início do teu ponto de vista. Na tua opinião os disquetes, os CDs, DVDs e afins não estão obsoletos ? De fato ainda existe pra vender, tem pacote de uns 100 disquetes a menos de 50 reais, tem CD e DVD virgem em tudo que é mercado para vender, mas na minha opinião isso não serve de fato para comprovar a utilização deles ainda.

            Essa reclamação, essa revolta, exatamente como estas colocando, lembro de ver quando deixou de ter disquete. A colocação do Lucas tem fundamento, pois USB não é só armazenamento, é muito mais que isso, complica capar este recurso. Realmente agora, é um impacto MUITO maior do que quando caparam o disquete.

            No meu uso, eu compraria esse, meu Mac ainda dá muito pro gasto, mas em uma oportunidade de viajar agora, eu compraria este, na minha forma de uso, já diminui muito o pendrive e não espeto outros acessórios no MAC. Eu compraria e não me preocuparia em adquirir adaptadores extras.

          • Sergio Fagundes

            Acontece que não teve revolta nenhuma quando os disquetes ficaram obsoletos. Simplesmente foi se deixando para trás pois outras tecnologias mais baratas que o disquete já tinham se firmado no mercado, o mesmo com o CD e agora o DVD. Em nenhum momento alguem ficou bravo com isso pois as alternativas compensavam.

            Portanto querer justificar a filhadaputisse da apple em capar um produto pra obrigar os usuários CABRESTEADOS a gastar mais ainda com essa de que “coisas saem de uso” é no mínimo ativar o campo de distorção de realidade que vem junto com o cabresto em cada produto da apple.

          • Lucas Timm

            Eu discordo;
            Mataram o disquete em detrimento do CD;
            Mataram a mídia óptica em detrimento do armazenamento USB.

            No entanto, o USB não é apenas pra Flash disk (não drive). Ao remover todas as conexões (USB default, thunderbolt e mesmo o magsafe) causa-se uma grande restrição no uso do notebook como um… notebook.

            Não que eu pretenda trocar o meu MacBook Pro agora (valeu galera do #13confirma), mas esse MacBook eu certamente não compraria. É bem claramente um produto alpha, como o primeiro MacBook Air, o primeiro iPad ou mesmo o primeiro iPhone. Pelo que eu realmente entendi, esse MacBook é basiacmente um iPad com teclado e Mac OS X “de verdade”.

          • Obrigado.

          • Maycon Cruz

            Era só o que faltava: hardware com DLC.

          • Bruno

            É o futuro dos notebooks?

        • Bruno

          Seria melhor se tivessem posto aquelas portinhas lateiras de mola, assim manteriam o visual minimalista ao mesmo tempo funcional, se maquela buracaiada.

          • Sergio Fagundes

            Não teria sido problema nenhum para a apple criar um conector de força minimalista ou mesmo carregador sem fio.

            O que eles fizeram foi capar o aparelho para obrigar o usuário a comprar dispositivos que só podem ser vendidos por empresas que pagam royalties para a apple.

        • Rodrigo

          Mas o hub hipotético dele se conecta por bluetooth, nai precisa esperar nada no PC.

    • Nilton Pedrett Neto

      Imagino que vão fazer como no Air… vão dar o braço à torcer e lançar um com duas portas USB e um leitor sd.

    • Odilon Costa Neto

      Pois é, eu já reclamo do meu que tem a miséria de 3 portas USB, imagina ter um só e ainda ter que compartilhar ele.

  • Leandro Ramiro

    Tem quem compra né….

    • Espero que a Microsoft lance um Surface que me agrade para combater esse MacBook aí.

      • Leandro Ramiro

        Ah tio Laguna, por enquanto, sou mais um XPS 13″…Como minha condição financeira/sanidade não esta permitindo este tipo de compra. Só espero boas noticias hahaha

      • Mala de Mascate

        E eu espero que ela faça isso antes de junho, que é quando estarei na casa do Tio Sam. Sabe alguma informação a respeito da previsão de lançamento?

  • Jailson E.

    Macbook air gold?

    • Paulommc

      Esse não é o Air é só MacBook, and take my money too. kkkk

  • DanielBastos

    To ficando mais pobre ou os preços estão absurdos?

    • Luiz Claudio Eudes Corrêa

      As 2 coisas!

      • Culpa da ….

        • Evandro

          falta de interesse e conhecimento do povo brasileiro a respeito da política.

        • Maycon Cruz

          Palmirinha!

  • Cizenando G de Lima Junior

    Já tem o preço dele na Apple Online Store brasileira. R$8499,00 .

    • Obrigado pela dica, alterei o texto para incluir o preço brasileiro correcto. 🙂

    • Mala de Mascate

      Que pixinxa!!! Tô crazy!!!! Eu quero, eu quero…

      BAZINGA!!! KKKKKKKK

    • Jailson E.

      Takaro, paguei 4,7 no meu ano passado.

  • Luís Eduardo

    É… tirando os contras do aparelho, achei essa placa-mãe uma obra de arte. Aliás, os gadgets hj devia vir transparentes, como o smartphone da Mozila. São todos lindos por dentro.

    • Christian Oliveira

      É até sacanagem ainda chamar de placa ou mesmo de mãe.

  • MetalGear

    1,1 Ghz por R$ 8500 lol

    • Emerson Barcelos

      Ta caro independente da velocidade. Mas a maioria do povo que reclama dos GHz talvez não deva saber responder: qual o processador mais rápido, o que tem 2 GHz e leva 10 clocks por instrução, ou um processador de 1 GHz que gasta 3 “clocks” por instrução ?

    • Christian Oliveira

      Clock na Apple não quer dizer muita coisa, o que o hardware parece ser fraco o software compensa de outras formas.

  • Nícolas

    O mania de querer tudo fino…prefiro muito mais algo um pouco mais grosso e ter a porcaria de uma porta USB a mais. De que adianta isso ser tão fino e ter que andar com uma tonelada de adaptadores e um HUB pendurando no computador? Já acho as duas USBs do meu pouco…

    E não vem com história de nuvem: adoro o OneDrive, mas não é todo lugar que tem uma conexão ótima para utiliza-lo perfeitamente.

    • Mala de Mascate

      O OneDrive não funciona perfeitamente nem na minha casa, com aquela internet de 10mbps fulêra da net. O upload é uma “sofrência” só. 🙁

      • Nícolas

        Aqui é ótimo com os 25mbps de upload da Vivo (mas só isso que presta também, porque conseguir a paz mundial é mais fácil do que falar com um atendente do Vivo Fibra).

        • Lucas Timm

          Eu vi o telefone do Vivo Fibra na internet, numa época que tava sem nenhum acesso em casa (há uns 4 meses atrás). Liguei lá e, realmente, é mais fácil conseguir a paz mundial. Os vendedores NÃO SABIAM o que era o produto, sendo que acho que de Vivo tem apenas o nome (e detalhe, nem era o call center “convencional” de vendas da Vivo)…

          • Nícolas

            Para assinar eu tive que entrar na ANATEL e a tal gerente que me ligou sobre a reclamação da ANATEL disse que iam instalar o speedy como havia pedido (tenho horror a esse nome), quando disse que era o Vivo Fibra ela teimou que isso não existia, precisei SOLETRAR o site para a GERENTE da VIVO acreditar em mim…

            Aí alguém pergunta: e porque você fez tudo isso seu otário? Sabia que o atendimento era ruim desde o começo…Só digo uma coisa: UPLOAD, UPLOAD, MUauhuahuaua (isso pelo menos eles entregam).

    • Jailson E.

      Então não compre o MacBook air, compre o PRO ou um positivo, pronto, problema resolvido!

      Próximo!

      • Bruno

        Nossa, achei ofensivo. Apaga.

      • Nícolas

        Mas foi o que eu disse: nem as duas portas no meu Pro dão conta do meu tipo de uso, nesse ponto o Postivo ganha hahaha. Espero que as outras fabricantes de computadores não sigam a mania da Apple de limar as conexões, porque pelo menos terei para onde correr.

        • Christian Oliveira

          Oxê, demoro para usar desktop e manter um note simples para mobilidade, ou vc carrega todos os paranauê que ficam plugados na USB?
          Carregava uma HD externo, pendrives, cabos de dois celulares, bateria externa, mouse, para isso as USB do note já eram suficientes, mas é um porre carregar, dar manutenção, lembrar, de tudo isso.

          • Nícolas

            Então, é que uso o note como desktop em casa, aí tenho que ligar webcam, mouse e teclado sem fio, um HD externo, monitor (e no caso da Apple isso significa adaptador), Arduinos e por aí vai.

            Quando saio com o note aí eu levo no máximo o HD externo e o mouse, então sem problema (até eu decidir carregar o celular…).

            Fiquei tão de saco cheio das duas USBs do Mac que acabei ficando com um note Windows da minha mãe e deixando o Mac com ela (em configuração são quase iguais, só sinto falta do trackpad do Mac e da tela maior, mas em compensação tenho USB de sobra e não preciso de adaptador para ligar os monitores, coisa que precisava no Mac).

    • Sergio Fagundes

      A lenovo tem o Yoga 3 que é mais fino (12,7mm) e mesmo assim tem 2 portas usb 3.0… não tem outro motivo para isso a não ser capar para obrigar as pessoas a comprarem produtos que só podem ser vendidos por empresas que pagam royalties para a apple.

      • Ou, sabe, futuro. Mesmas reclamações de quando caparam drive de CD.

        • Sergio Fagundes

          Caparam APENAS nesses dispositivos ultra finos onde um PENDRIVE SABE AQUELE DISPOSITIVO QUE PRECISA DE UMA PORTA PARA LIGAR ELE MESMO QUANDO A BATERIA ESTA ACABANDO substitui um drive de CD/DVD/BR. Nos notebooks normais o drive de DVD ou mesmo BR ainda existe. PORTANTO não é capado e sim removido por caracteristica do tipo de dispositivo.

          No caso do macbook é CAPADO E PONTO FINAL. Vocês gostam de produto capado fiquem a vontade, aposto que adoram os jogos da EA também.

        • Bruno Correia

          Drive de DVD não acumulava função de porta do carregador, nesse macbook caso você não tenha um hub, ou recarrega o note ou usa a porta usb para algum periférico.

    • major505

      Sem contar que tem coisa gigante que não cabe na nuvem.

      eu compre um Ultrabook com SSD, mas já sabia que ia ter que carregar um HD externo quando precisasse de mais de 128 gigas. Agora com esse tem que carregar o HD Externo e o adaptador.

      • Bruno Correia

        E um hub, caso contrário ou usa um ou usa o outro.

  • To impressionado com a espessura e peso desse negócio, parece mais fino que um iPad.

    O preço é salgado, mas pagar R$ = 3x1600USD acho que esta justo pelo que ele faz, o touch dele é impecável, a configuração de hardware é ótima, a tela retina, o peso, tudo impecável e vai durar até 2025 nas mão de qualquer um 😀

  • Oli

    Muito bom mesmo. É estupidamente fino, lindo e desnecessário. Mas serve pra evoluir a tecnologia. Eu nunca compraria um, mas graças a ele, daqui 10 anos vou poder comprar um CCE tão fino quanto, com todas as portas necessárias por 999 reais.

    • Se daqui a 10 anos você comprar um CCE, não terá aprendido a lição, Continuará Comprando Errado…

  • Bruno

    Baterias moldáveis… isso significa que são de Li-Po? Espero que não sejam. Baterias LiPo tem efeito memória (viciam) e vida curta.

  • Panino Manino

    Vou ser advogado do diabo para alguns aqui.
    Desde o ano passado inteiro que ser pode fazer um notebook como esse com qualidade. Ambas AMD e Intel oferecem peças para fazer algo assim tão compacto, ele é basicamente um tablet conversível que não é conversível com um teclado em cima. Nessa feira que terminou no final de semana a Sony apresentou o excelente Xperia Z4 tablet com um excelente teclado e pequenos ajustes na interface quando você o ativa. Tem muita gente que se satisfaz com um tablet e tem momentos em que gostaria de um pouco mais com mais conforto para produzir. Por isso se tem mercado de teclados e a Microsoft tem o Surface. Esse notebook oferece isso. Quanta gente não sobrevive com um tablet sem conexões? Ainda mais no mundo Apple.
    Então esse notebook é para essas pessoas. Estão te entregando menos por mais ao mesmo tempo que adicionam mais um adaptador no catálogo (custa 80 dólares) e não substitui os outros notebook tradicionais. É quase como um substituto do iPad.
    Sempre tem gente para pagar com um pouco mais por “conforto”, então desde que todos não sejam obrigados a comprar esse modelo é válido. Como disse no início é algo que já dava para fazer faz um tempinho, ninguém faz porque é difícil convencer o consumidor a comprar um notebook com tantos compromissos. A Apple aproveita a vantagem da doutrinação do consumidor para só chegar e dizer “aqui está para você comparar”. Vai vender, sabemos disso, e todos ficam satisfeitos.

    • Bruno

      Depende. Raramente um smartphone ou tablet trabalha em com o processador trabalhando muito, a não ser jogado algum jogo. Mas no caso dos MacBoosk, eles são computadores dedicados, gastam muito processo, e serão usados por longo tempo, com o processador no talo. Ele tem que fazer isso ao mesmo tempo ser econômico. Um tablet, na tecnologia atual, esquentaria até ferver fazendo o trabalho de um MacBook, mas o mesmo não.
      São coisas diferentes com tecnologias diferentes para propósitos diferentes. Isso não se compara.

      • Panino Manino

        Eu discordo, o processador não é tão usado assim não, mesmo quando você está assistindo mídias o processamento é feito pelo hardware da GPU, o consumo é baixo.
        Só quando você precisa usar um programa com processamento pesado aí sim ele é estressado.

        E esse “processador” é feito pela Intel para ser usado em tablets também. A Apple não deixou usar a ventoinha porque quiseram, não usaram porque não precisavam. Esse Core-M é para ser usado sem ventoinha.

  • Christian Oliveira

    1 porta USB, uma única, ótimo daria para plugar meu MS mouse.

    Sim galera, a Apple começa a matar a USB e toda uma cadeia de dispositivos acabou de ficar obsoleta.

    Foi o mesmo com o Floppy, foi o mesmo com o DVD, foi o mesmo com a porta ethernet.

    Um belo dia a Apple acorda e pela evolução/mutação, tchau dedo mindinho do pé, foi bom enquanto vc foi útil, acorda outro dia e bye bye pêlos não pubianos.

    Celular, faz muito tempo que nem precisamos mais sequer sincronizar com o note;

    Pen drive, aloooo, cloud!!!
    HD externo, ótimo dispositivo para ficar guardadinho e fazer um backup com a bateria do note completa;
    Impressora, wifi faz muito tempo;
    Porta ethernet, vc é gamer? Comprou um Mac? putz!
    HDMI, fala sério, com apple tv, plaxo, consoles, chrome cast e vc ainda teima que quer plugar o note na TV, coisa tão anos 2000.

    É gente podemos chorar a perda do rabo, mas isso acabou nos obrigando a descer dos galhos e andar eretos.

    • Sergio Fagundes

      Agora justificar a apple capando aparelhos para obrigar os usuários a comprarem dispositivos que só podem ser vendidos por empresas que pagam royalties a apple é ser futurista?

      auheuaeheauhaeueahaeuh, apple fanboy reality distortion activated!

      • Christian Oliveira

        Não amigão, fanboy e aventureiro de tecnologia a mais de 30 anos sim, o maior problema para os fornecedores de tecnologia é que a maioria dos clientes quer comprar uma tecnologia nova para trabalhar da mesma forma que trabalhavam com o legado.
        Os ganhos em produtividade, economia de energia, espaço de dados otimizado e mais uma cacetalhada de benefícios são conseguidos se o cliente/usuário aderir ao que está sendo proposto.
        Uso um notebook windows, ele tem 3 USB, a unica que utilizo permanentemente é a que fica com o dongle do mouse, a proposta da Apple é que o “mouse” dela é mais legal de utilizar, as outras duas tenho usado raramente, a proposta da Apple é que USB é algo necessário sim, mas não 100% do tempo.
        Meu exemplo é pequeno demais, sim, a maioria dos usuários tende a se prender por mais tempo, mas a verdade é que essa já é uma tendencia que irá se consolidar, não é a Apple que está capando o produto dela, ela está apenas concordando com uma visão futura muito próxima, é o usuário que aos poucos irá quebrar os paradigmas, o que a Apple sempre fez é se antecipar um pouquinho a velocidade que as coisas acontecem, algumas vezes ela erra como a adoção de padrões de portas, mas na maioria ela tem acertado.
        Eu geralmente gosto de propostas minimalistas, menos é mais.
        E por fim, a escolha é sua, compre o novo macbook se quiser, senão opção é o que não falta.

        • Sergio Fagundes

          Mesmo que não seja necessário USB 100% do tempo… Vamos colocar você de frente com uma apresentação extremamente importante e sua bateria morreu no avião… O que você faz? Liga o note e espera ele pergar uma carguinha, pede para esperarem você fazer isso, quando ele pega uam carguinha você desliga, coloca o pendrive, copia voando a apresentação remove o pendrive e liga de novo… Não seria mais simples se eles tivessem uma porta de alimentação separada? Não precisa ter 1000 portas usb, precisa apenas 1 porta de alimentação.

          • Christian Oliveira

            Isso se a apresentação não estiver no e-mail do celular, que eu posso enviar para o note de um milhão de formas sem fio, ou usar o airplay, via iserver ou qualquer outro programa.

            E provavelmente o cabo de alimentação será do tipo “charge and sync” que já existia no falecido Palm.

          • Sergio Fagundes

            Ou seja, vai ter que ter mil preocupações quando poderia ter apenas mais uma entrada de força ou um carregador sem fio… A velho ser fanboy da apple é uma coisa, colocar o cabresto que a apple distribui junto com seus produtos é outra.

          • Christian Oliveira

            Cabresto???
            Estou teclando de um note HP, depois de já ter passado por Dell e Lenovo, meu ultimo Mac foi lá em 2000 e guarana com rolha, quando o dólar era algo tangível, acho que o cabresto seria de quem não quer lagar da USB, mas não condeno.
            Estou sim discorrendo sobre como a Apple costuma colocar seus produtos e como o mercado costuma responder e evoluir.
            Se o seu perfil é de se manter fiel por um tempo que eu considero longo, o meu não, geralmente gosto de tentar trabalhar com o que aparecem de novidades, só para te esclarecer atualmente estou com W10 Preview, iOS 8.3 e android 5.0.2 CM12, nenhum deles é um SO comercializado ainda, o risco de dar cacá é bem grande, por isso mantenho preservado meu HD original e um celular pé-de-boi, mas eu estou assumindo o risco, esse é meu perfil.
            Em nenhum momento estou dizendo que todos devem largar seus legados comprar o novo note da Apple e abandonar seus periféricos USB, mas sim que isso vai acontecer mais dia menos dia e quando isso ocorrer, provavelmente já estarei alpha/beta testando alguma coisa que seja novidade lá neste futuro.
            Talvez estas mil preocupações que eu e mais alguns aventureiros estejamos passando agora, estarão muito melhor polidas para quando vc não achar que precisa mais do que 1 porta USB. De nada.
            Marcas, fabricantes, abordagens diferentes, preços maiores ou menores, existem, cada um compra o que achar melhor.
            Não compraria esse macbook, não nesse valor, também não compro uma Ferrari, não naquele valor, mas a Pirelli testa e faz laboratório com os modelos e acabam replicando e escalonando tecnologias que chegarão quem sabe num modelo da Fiat, assim como o fornecedor de injeção eletrônica, ou talvez o fornecedor de amortecedores, a maneira como é forjado uma cabeçote de alumínio.
            Você pode não comprar o note da Apple, mas a tendencia de mercado, fornecedores de circuitos integrados, Intel, telas e tudo o mais que é usado nele ira replicar em algum outro produto que você ira acabar comprando.
            Lembra da roupa azul da mocinha que olhava com desdem para o desfile de moda?
            Não existe necessidade de politizar o assunto

          • Sergio Fagundes

            Cabresto e ponto final… MIMIMI de que testo as novidades e graças a pessoas como eu que o mundo vai pra frente mimimi… è graças a pessoas COMO EU que usam tecnologia alternativa, desenvolvem sistemas pensando anos a frente e fogem de propostas comerciais de cabrestos que estamos a frente… Pra um cara que se diz tão descolado usa w10? Eu uso ubuntu, na minha máquina tenho sempre a ultima versão no momento a 15.04, não vou ficar pagando pra ser beta teste (w10, ios…) e continuar usando cabresto. No meu tablet p3110 uso cm12, grandes merdas, qualquer pessoa com meio cérebro sabe que quem sabe gravar o firmware não brica o sistema. Não fico fazendo cópia de sistema operacional e nem cópia de HD. Tudo que eu tenho de realmente importante usa serviços realmente anos a frente, como nuvem, flash drives, hds externos. Se der merda não formato o sistema, tento descobrir o problema e passo o resultado para a comunidade.

            Não vejo em NENHUM lugar tendencia como essa de CAPAR um aparelho para obrigar o usuario a ficar comprando dispositivos externos, exceto claro na apple…

            Portanto antes de querer bancar o descolado larga o cabresto.

          • Christian Oliveira

            Ubuntu, deve estar bom agora no 15.04 é LTS? Hoje tá bem fácil né, nem precisa importar quase nada dos pacotes Debian, na época reclamos bastante sobre o tempo que levava para fazer o fork também das atualizações.
            Testei bastante do 6.04 até o 12.10, realmente não gostei da interface nova, seu look and fell, que com dois arrastar de mouse vira um MacOS?
            Sim, já testei muito software pago, inclui ai na sua lista RedHat e JBOSS.
            Então você tem usado nuvens, hum, comunidade, certo IBM e Microsoft agradecem em adicionar mais algumas suas linhas de código ou log de testes no kernel da “comunidade”.
            Se for brincar de Solaris, prefira o CDE a interface java, só um palpite.
            Jovem, não sei sua idade, mas pelo comportamento, foto com dedo, palavras que tentam rotular e sintetizar pessoas, vou usar de sua mesma infantilidade: você ainda é um “crianção”. Ainda vai aprender que todo seu esforço será utilizado por uma corporação, só para se ter uma ideia até a semi-falecida Nokia tem mais participação no Ubuntu que a Canonical.
            Faça o que der na telha, só não entra pro ISIS, blz?

          • Sergio Fagundes

            Nem um pouco… até mesmo o apport dá erro e não consegue enviar relatório do erro do apport (apport é o sistema de relatório e envio de erros para os que não sabem).

            E só para constar, quando cabresteados lambiam a microsoft eu usava conectiva 4 e jogava online com ele.

          • Essa história de acabar a bateria e precisar usar o pendrive é pequena a chance de acontecer, é espremer motivo pra reclamar. Na linha do Christian, comentei mais cedo do meu perfil semelhante de usar pouco USB. Compraria correndo essa máquina impecável, realmente a Apple costuma a acelerar as mudanças de hábitos, eu optaria por não adquirir adaptadores para porta USB

          • Sergio Fagundes

            Pequena mas acontece, ainda mais com ifags que adoram exibir sua grana por ai em viagens e coisas do gênero.

            E apple não acelera porra nenhuma, não vi nada que a apple fez que não já exisitisse antes mas por causa de um bando de ifag, imitando beliebers, fazem um gritedo como se fosse uma merda de novidade.

            Colocam uma merda de hardware do ano passado, capam o produto para obrigar um bando de trouxas a comprar dispositivos externos que custam o que restou dos orgãos o cara e vocês ainda ficam babando porque tem o desenho de uma maçã…

            Parei por aqui, o campo de distorção de realidade vem sendo multiplicado a cada ifag que aparece, mais alguns comentários e isso vai começar a afetar o cérebro das pessoas mais inteligentes.

          • Sergio Fagundes

            Detalhe o Yoga 3 é mais fino que o macbook e tem as entradas separadas é o mesmo hardware e é do ano passado. Portanto como eu disse hardware capado só para obrigar a comprar equipamento com royalties da apple.

  • Othermind

    Único publico alvo que consigo imaginar pra isso é o mesmo que fica reparando na marca de sapato e relógio que os outros usam e que vive procurando qualquer coisa com “gourmet” no nome….

    • Edgard Diniz

      Parece que a Apple está focando nessa nova fatia de mercado representada pelo “otário ostentação”. O cara pensa: “uau, se eu apareço com um desse no Starbucks os miguxos vão virar por-pu-ri-na de inveja!!”

  • Favaros

    Tome meu dinheiro maravilhosa e toda poderosa Apple, vc merece ele mais q esse governo!

  • Por esse preço dá pra pegar uma workstation e um note parrudos da Dell e ainda meter garantia estendida, se der bobeira ainda sobra pra pegar um smartphone decente…

    • Sergio Fagundes

      Comprei 2 r220 da dell por esse preço.

  • Lucas Timm

    É claramente um produto alpha. Eu não compraria agora.

  • Nil Obermüller Schaupp

    Ainda prefiro o meu early 2011 pro boladão

  • Vinicius Zucareli

    Legal, e com esse HUB a Apple inventou o DLC de hardware…

  • Edgard Diniz

    Vou transformar minha em casa em uma “minimalist home”: vou tirar TV, sofá, fogão (coisa feia, né, aquelas bocas grosseiras), geladeira, cama, armários, privada. No lugar, vou deixar apenas uns quadros lindos nas paredes e umas mesinhas chiquérrimas no centro de cada cômodo. Vou reinventar o conceito de “lar”, mas só tem um probleminha: vai ficar um pouquinho difícil morar naquilo.

  • Mateus MG BH

    “o tio Laguna preferiria ao menos outra porta USB-C”. Cara, pare de se referir a você mesmo na terceira pessoa e incluir o “TIO”, essa babaquice já dura a anos…. que preguiça

  • major505

    Acho que eu quebraria esse notebook em 1 semana do jeito que ele é fino e eu sou desastrado…

  • Lindo. Mas prefiro um Surface 3 😉

  • Mario Junior

    Orra, isso é um Macbook Air. A Apple tá só de frescuragem, querendo pôr o nome do produto só de “Macbook”.

  • lordtux

    Espero que o USB-C seja um grata tendência, agora pode parecer ruim mas seria legal ter um tipo so de conexão para tudo mas infelizmente transição demora.

  • Guilherme Vicari

    Eu até reclamaria do fato de ter apenas uma porta USB, mas com esse preço está longe do meu orçamento.

  • Pingback: Porta USB Type-C também chegará aos Androids em breve - Carta ao Leitor()

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis