Windows 10 chegará a aparelhos de entrada como Lumia 520

lumia-520

A Microsoft teve alguns problemas com seus consumidores devido decisões tomadas no passado em relação à atualização de sua plataforma mobile: o pessoal não gostou muito quando os aparelhos que rodavam Windows Phone 7 não foram atualizados completamente para o WP8, e Redmond já deu a entender que o mesmo ocorreria na próxima transição.

Em parte isso é verdade. A política da Microsoft, embora não agrade muita gente é que apenas dispositivos mais novos e potentes virão a rodar o Windows 10 de forma completa, enquanto outros ficarão com uma versão “resumida” do SO, com menos features. Levantou-se porém a preocupação de que os smartphones mais modestos, com memória RAM abaixo de 1 GB ficariam de fora do update por completo, e agora a empresa diz que isso não é verdade.

A informação veio diretamente de Joe Belfiore, VP corporativo de Sistemas Operacionais e o responsável por tudo relativo ao Windows 10 seja desktop ou mobile. Através do Twitter o desenvolvedor/executivo veio tranquilizar os usuários explicando que sim, dispositivos Windows Phone com até 512 MB de RAM receberão o update de forma parcial.

Se formos pensar bem essa decisão é até óbvia: o Lumia 520, o campeão absoluto de vendas da Nokia Microsoft Mobile há quase dois anos, com mais de 12 milhões de unidades despachadas (dados de julho de 2014) receberá o Windows 10, junto com todos os demais que poderão degustar da versão prévia do sistema para smartphones. As datas entretanto vão variar: o preview da versão mobile está programado para este mês, mas o calendário pode e irá variar de modelo para modelo, como o representante do programa #WindowsInsiders Gabriel Aul já disse há pouco mais de uma semana.

Embora não seja o cenário ideal, ao menos os aparelhos vão receber uma versão próxima da full do Windows 10 que contará com alguns recursos da nova plataforma. Claro, ainda preferia que o update fosse full mas é melhor do que deixar tais aparelhos morrerem na praia.

Fonte: PA.

Relacionados: , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • O bom disso é que a Microsoft está mesmo empenhada em otimizar o Windows 10 ao máximo! o.O

    Enquanto isso, talvez a Apple abandone o Apple A5 ao atualizar o iOS para o 9.

    • Eddie Xavier

      Convenhamos. Lumia 520 ficou uma carroça ja com o windows denin, imagino com o 10.

      • O 10 é mais leve…
        A Microsoft fez algumas mudanças, como apps em WinRT abrirem mais rápido e consumir menos memória. Alem de otimizações na kernel, claro.

        • jonscravit

          “o desenvolvedor/executivo veio tranquilizar os usuários explicando que sim, dispositivos Windows Phone com até 512 MB de RAM receberão o update de forma parcial.”
          vai vir capado
          e vão adimitir que o sistema novo não vai rodar direito e assim fazer venda dos atuais cairem
          todas empresas fazem isso antes de lançar produto

          • Não sei se você sabe, mas o 8.1/Denim também é capado para low e mids.
            Você não tem o Hey Cortana. Não tem o novo Lumia Camera, HD Moments.
            Outro exemplo que poderia dar, é que o Lumia 820, 920, 925, 1020 e 1320 possuem suporte a Miracast e mesmo assim não recebeu no 8.1 (tudo isso para vender mais aparelhos).

            E o Joe falou apenas isso: “funções podem variar”. Nem falou o que vai faltar exatamente, e você já fala que é capado.

          • jonscravit

            nos outros de 1gb ram vai ter tudo e nos de 512 ram vai ser parcial
            é oque então
            é uma remoção para melhor reorganização de funções que visa melhorar experiencia ao usuário?

          • Quem falou que vai ter tudo?
            Novamente, só falaram que as funções iriam variar. Apenas isso.
            Vamos esperar o Windows 10 Mobile chegar para tirar as próprias conclusões do que ir por falácias, certo?

          • Gedson Junior

            Claro q é capado, como o amigo falou aqui, não tem como fazer upgrade de hardware por software. O Hey Cortana depende de funcionalidades do hardware. Agora retirar funcionalidades pra ficar mais leve e usar menos memoria é outra coisa. Pra mim é natural, os softwares vão ficando mais pesados com o tempo, os últimos telefones da MS tem 1gb de ram, aos poucos os mais fracos vão ficando pra trás, não tem jeito, não é por falta de vontade e nem por obsolescência programada.

          • O Hey Cortana era claramente hardware. Mas o novo Lumia Camera, HD moments, Miracast não era. hahahahaha

          • sei lá….entre receber uma atualização , mesmo que com alguns recursos à menos, ou ficar preso na mesma versão forever (olá samsung! olá sony! olá LG!), prefiro a primeira opção.

            o WP tem que melhorar a interface do usuário e fazer os menus serem mais amigáveis, e dar uma remasterizada no visual. se o upgrade ja tiver um ou outro, já está ótimo.

          • Gedson Junior

            Concordo contigo. Mas tem q lembrar q essa otimização custa tempo e dinheiro, talvez não valha a pena atualizar mais os x20 de baixo custo.

          • abraaocaldas

            “. Our ambition is to make #Win10 available for these devices but features may vary”

            Agora me explica como faz upgrade de hardware via software….

          • jonscravit

            como assim? ta falando do que?
            a noticia diz que W10 para os de 512mb ram via ser parcial
            sem varias coisas que vão ter nos de 1gb de ram entendeu

          • Eddie Xavier

            Da memoria nao da. Da APU sim.

        • Eddie Xavier

          assim espero

        • Gedson Junior

          Nos relatos do teste fechado dizem que está gastando mais bateria, ou seja, está mais pesado. Eu, como leigo, não acredito que um sistema com mais funcionalidades possa ser mais leve. Essa mudança de consumo de memoria dos apps ja veio no WP8.1, com os aplicativos .appx.

          • Bateria também depende de firmware (coisa que não vai vir).
            Sobre apps, falo isso baseado em desenvolvimento. O .NET Native da MS, economiza memoria, aumenta desempenho, etc
            Por exemplo, o novo PowerPoint no 10 ta gastando apenas 17mb

  • Gostei da notícia, pois comprei um 530 por R$ 200 Dilmas (Ponto Frio).

    • Samuel

      25 ações da Petrobras

  • Alan Leitão

    Não consigo entender muito bem o conceito de “capado”, com “recursos reduzidos”… Se o aparelho for atualizado e mantiver todos os recursos originais de quando foi tirado da caixa, o proprietário não está perdendo nada.

    Na verdade, mesmo que não traga recursos novos, ele está ganhando um software com menos bugs, correções de segurança, estabilidade e suporte à novas APIs que permitem ele rodar aplicações mais recentes.

    O hardware é mais antigo, obviamente nem todos os recursos pensados para hardwares mais modernos poderá ser utilizado, mas alardear isso como “capado” é forçar a barra. Tudo o que o aparelho fazia quando foi comprado continua sendo feito, portanto eu acho um baita mimimi.

    • Guilherme C.

      Seu aparelho faz o que fazia antes, mas o Windows 10 continuará sem recursos. O aparelho não será capado, mas o Windows novo rodando no seu smartphone será. Então muito justo chamar de “Windows 10 capado”, pois completo ele não será.

      • Alan Leitão

        Mas o que foi pago? Os recursos existentes e que o aparelho possuía no momento da compra ou os recursos inexistentes que possivelmente seriam agregados ao aparelho em um possível upgrade de sistema? A realidade ou a possibilidade?

        Enfim, o Windows 10 rodando no aparelho x tem os recursos x que o hardware suporta. Se o hardware não suporta o recurso y então o Windows não tem como ativar esse recurso, então ele não é capado mas sim otimizado para o hardware inferior.

        Não dá para ter tudo na vida. Cada escolha uma perda. Não existe ganha/ganha.

        • Guilherme C.

          Essa não é a questão. A questão é que o Windows 10 é sem alguns recursos e por isso é capado. Se o aparelho continua o mesmo, sem perder nada, pouco importa pra definição.

        • Guilherme C.

          Essa não é a questão. A questão é que o Windows 10 é sem alguns recursos e por isso é capado. Se o aparelho continua o mesmo, sem perder nada, pouco importa pra definição.

          • Alan Leitão

            Então Guilherme, chegamos no ponto onde eu esperava. Se o aparelho não suporta o recurso e o Windows não o traz porque o hardware não suporta, não é o Windows que é “capado” mas o hardware que é limitado. Um fator já conhecido pelo proprietário quando da compra do aparelho. Na minha opinião está aí um ponto de vista distorcido.

            Esse proprietário não tem o menor direito de reclamar que não tem o recurso x de software se o aparelho dele não suporta esse recurso. O problema que mais vejo na internet com relação ao assunto atualizações de SO móvel é esse: o cara tem um aparelho low end, ou antigo, que seja, pagou barato no aparelho (ou está com o aparelho há tanto tempo que ele já ficou bastante defasado) e quer que o SO novo ative recursos avançados que exigem hardware avançado. Aí começa o mimimi de sistema capado, Apple/Google/Microsoft mercenárias, e por aí vai.

          • Guilherme C.

            Se o Windows não terá varias funcionalidades ele é “capado”, termo usado quando é tirado várias funcionalidades. Não tem o que discutir isso e pouco importa a causa.

          • Guilherme C.

            Se o Windows não terá varias funcionalidades ele é “capado”, termo usado quando é tirado várias funcionalidades. Não tem o que discutir isso e pouco importa a causa.

          • Alan Leitão

            Porque não discutir? Não estamos no espaço de comentários que fomenta exatamente a troca de idéias?

            Enfim, você prefere afirmar que o sistema é capado quando não o é. Eu prefiro afirmar que o hardware não é capaz de ativar todos os recursos que não serão entregues. A questão é colocar as “armas apontadas no alvo certo”, ou seja, na inabilidade do hardware de executar as funções avançadas. O software nesse caso não é o alvo.

          • Guilherme C.

            Vc não entendeu o que falei, mas OK.

          • Alan Leitão

            Então Guilherme, chegamos no ponto onde eu esperava. Se o aparelho não suporta o recurso e o Windows não o traz porque o hardware não suporta, não é o Windows que é “capado” mas o hardware que é limitado. Um fator já conhecido pelo proprietário quando da compra do aparelho. Na minha opinião está aí um ponto de vista distorcido.

            Esse proprietário não tem o menor direito de reclamar que não tem o recurso x de software se o aparelho dele não suporta esse recurso. O problema que mais vejo na internet com relação ao assunto atualizações de SO móvel é esse: o cara tem um aparelho low end, ou antigo, que seja, pagou barato no aparelho (ou está com o aparelho há tanto tempo que ele já ficou bastante defasado) e quer que o SO novo ative recursos avançados que exigem hardware avançado. Aí começa o mimimi de sistema capado, Apple/Google/Microsoft mercenárias, e por aí vai.

    • Bruno Soares

      O importante não é o próprio windows 10, mas sim o Oceano de aplicativos que ele irá trazer, pois essa é atual reclamação de todos que possuem Windows Phone.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples