Meio Bit » Arquivo » Fotografia » Panasonic Lumix DMC FX500

Panasonic Lumix DMC FX500

15 anos atrás

Panasonic Lumix DMC FX500

Bem, mais uma compacta de 10 megapixels chega ao mercado. Depois da explosão de lançamentos que aconteceram durante o mês da PMA 2008, os fabricantes estão um pouco contidos e liberando apenas compactas voltadas para o público amador. A Lumix DMC FX500 é uma compacta da Panasonic feita dentro da famosa e duradoura parceria com a Leica. Para quem não sabe, as duas empresas se ajudaram quando entraram para o ramo da fotografia digital. A Panasonic não entendia nada de lentes e a Leica não manjava nada de sensores digitais e componentes eletrônicos. Dessa parceria surgiram as câmeras digitais de ambas as empresas. Se notarmos bem, cada câmera da Leica tem uma correspondente na Panasonic, praticamente gêmeas idênticas, mas o logotipo Leica garante que a câmera tenha o triplo do preço da irmã menos famosa.

Esse novo modelo chega com um sensor de 1/2,33 polegadas e com a definição máxima de 10 megapixels. Um grande atrativo do modelo é o visor de 3 polegadas touchscreen (definição de 230.000 pontos) e a lente Leica DC Vario-Elmaritque que vai de uma potente grande angular de 25mm até uma meia tele de 125mm com estabilizador de magem ótico. Outra coisa muito bacana no modelo é o diafragma com abertura máxima de f/2,8 (em grande angular) o que possibilita fotos com pouca iluminação. Em segundo plano eu destaco a existência dos modos de prioridade e velocidade de disparo que vai de 1/2000 a 60 segundos. Muito raro uma compacta ter esse tempo máximo de abertura de obturador por conta do ruído que é gerado em um sensor tão pequeno.

A velocidade ISO vai de 100 a 1600 no modo normal e no modo High ISO Auto vai de 1600 a 6400. Não confiaria muito na qualidade dessas fotos com ISO tão elevado, pois a Panasonic é famosa por gerar fotos com muito ruído. O último grande atrativo do modelo é a capacidade de filmagem em várias definições diferentes, sendo que a de maior definição é a de 1280x720 pixels em 30 ou 15 quadros por segundo.

Essa é mais uma opção para quem está procurando uma câmera compacta para levar no bolso e com uma boa definição. Claro que não posso afirmar nada em relação a qualidade da imagem, pois ainda não existem testes práticos. Temos que ressaltar que a barreira dos 10 megapixels para equipamentos compactos foi ultrapassada permanentemente. Que graça tem comprar uma câmera de 8 megapixels quando posso ter uma de 10, mesmo que eu só use a definição VGA para fazer todas as minhas fotos.

A Panasonic Lumix DMC FX 500 vai estar disonível nas cores cinza e preta e chega as lojas dos Estados Unidos em Maio de 2008 ao preço de U$ 399,95.

Fonte: PopPhoto

relacionados


Comentários