Meio Bit » Arquivo » Ciência » NASA alerta: vem coisa boa de Marte

NASA alerta: vem coisa boa de Marte

Boas novas em Marte? Pesquisadores da NASA e JPL fazem mistério sobre descoberta feita pelo módulo SAM da Curiosity.

10 anos atrás

minhamarcianafavorita

A notícia pegou todo mundo de surpresa, quando publicada em uma matéria da NPR hoje. Relatando uma visita ao JPL, Joe Palca reproduziu declarações semi-oficiais de John Grotzinger, principal pesquisador do Curiosity, o robô marciano que todos conhecemos e amamos.

Mais especificamente informações providas do SAM, o módulo do Curiosity especializado em busca de compostos orgânicos. São 40 kg de instrumentos, com um cromatógrafo gasoso, um espectrômetro de massa quadripolar e um espectrômetro a laser. Podem processar amostrar sólidas ou gasosas, e até mesmo remotas. O laser vaporiza o material a vários metros e o espectrômetro identifica os compostos. Igual a sensores de Star Trek. Ou tecnologia do século XIX. Sério, juro.

John não entrou em detalhes. Diz que os dados estão sendo avaliados, os experimentos refeitos, a descoberta, como toda boa ciência, precisa ser escrutinada por outros pesquisadores E a metodologia precisa ser sólida, senão vira homeopatia.

Mesmo assim ele disse que os dados estão ótimos, consistentes e que a descoberta é uma que vai “entrar para os livros de História”. Note que ele não falou livros de ciência. Parece ser grande assim.

Tirando as brincadeiras (excelentes) no Twitter, via tag #CuriosityNews, as especulações variam entre minha maior esperança (vide foto acima) e o que acho mais provável:

elvismars

No meio disso, pessoas de bom-senso imaginam que dada a missão do SAM de encontrar moléculas orgânicas, é provável que a tal descoberta seja exatamente isso: indícios fortes de que Marte já abrigou vida, baseado na composição do solo.

Por estranho que pareça, o Curiosity não está equipado para identificar vida diretamente, a não ser que algo rasteje na frente das câmeras. O custo e a complexidade do equipamento necessário não justificaram sua inclusão. SE os dados dessa missão forem indicativos dessa possibilidade, aí sim uma missão específica para buscar organismos vivos será planejada.

Mesmo assim a possibilidade de que tenha havido vida em Marte em algum momento é incrível. Indicaria com certeza que a Vida é algo muito mais comum do que imaginamos. Se ela surgiu independentemente em dois planetas no mesmo sistema solar, qualquer poça de gosma pela galáxia é uma civilização em potencial.

O mistério durará pelo menos até dia 3/12, quando Grotzinger dará uma coletiva no encontro de 2012 da União Americana de Geofísica. Até lá, vamos soltar a imaginação!

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários