Meio Bit » Arquivo » Demais assuntos » Problemas em Marte, mas vai dar tudo certo!

Problemas em Marte, mas vai dar tudo certo!

10 anos atrás

Eric Aguilar order 111211Group photos in Mars YardMER DTM, Marie Curie, MSL DTM, Matt and Wesphotog: Dutch Slager

Se a Lua é uma amante cruel, Marte é a Elise Matsunaga. Dos 38 lançamentos somente 19 foram bem-sucedidos, e Marte pode ser o Planeta Vermelho mas não dá folga para comunista. De 17 missões. os russos amargam sucesso em somente duas, a mais recente em 1972.

Mesmo as missões americanas bem-sucedidas não passam de 65% do total. Por isso é normal, mas preocupante saber que a Odyssey, sonda orbital que faria retransmissão e observação da complicaaaaaada manobra de pouso do robô Curiosity está dando xabu. Aparentemente o satélite de 376Kg está com dificuldades em reposicionar sua órbita, e assim não estará sobre a região de pouso, quando (se tudo der certo) o Mars Science Laboratory chegar em Marte, dia 5/8/2012.

Não dá nem pra reclamar. A Odyssey foi lançada em 7 de Abril de 2001. Sua missão primária foi completada em 2004, mas a danada simplesmente não morre. Continua lá, firme e forte, os painéis solares chupando fótons, tempestades solares colocam a sonda em modo de segurança de vez em quando mas ela depois volta ao normal. Batizada 2001 Mars Odyssey em homenagem a Arthur Clarke, é um tapa na cara desses celulares vagabundos que vivem quebrando.

 

Não sei se vão posicionar o Mars Reconnaissance Orbiter, para tentar fotografar o pouso, como fizeram com a Fênix, mas o principal é que sem a Odyssey, os 7 minutos de terror que serão o pouco da Curiosity serão bem mais aterrorizantes, pois será tudo às cegas.

Claro, o pouso não será acompanhado ao vivo, exceto pelo conceito da Globo de “ao vivo”, já que Marte está a 12.87 minutos-luz de distância da Terra, mas isso não diminui a ansiedade.

Ainda não há uma decisão final se tentarão novamente alterar a órbita da Odyssey. Ganhar alguns minutos de informação e arriscar uma sonda de 11 anos que mal-ou bem valentemente ainda funciona, ou sossegar o facho e esperar?

Por ESTE vídeo a decisão seria clara: Vamos arriscar. Ninguém chegou a lugar nenhum sentado esperando que o melhor aconteça, e o lema da Exploração Espacial não é Ad Astra Per Aspera (Para as Estrelas, apesar das Dificuldades") à toa.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários