Home » Segurança » Criando senhas seguras

Criando senhas seguras

13 anos e meio atrás

Paranóico com suas senhas? Aí vão alguns conselhos meus:

1) Crie no mínimo 3 senhas:
- Uma para o 'geralzão' (fóruns, sites que você se cadastra por aí, etc)
- Uma segunda para coisas mais importantes, como e-mail e o que mais você valoriza (talvez você queira usar esse 'nível de segurança' para seu blog também ou conteúdo que você realmente queira proteger.
- Uma senha que você use só para conteúdo ultra-sensitivo como seu Home Banking.

(Claro que são apenas sugestões, crie quantos 'níveis de segurança você quiser')

2) Não use palavras do dicionário, nem inglês nem português.

3) Misture letras e números.

4) Crie senhas (pelo menos a partir do 'segundo nível') de oito caracteres, mais que isso alguns sites não aceitam. No mínimo, seis.

Fácil falar, não? Mas, para exemplificar, eu perguntei hoje para minha mãe o que ela lembraria fácil para a senha do Home Banking dela. Ela disse 'Vontade de ver a minha tia'.

Então criei a senha vdvmjds46. Como? Pegando a frase 'Vontade de ver a minha tia' e colocando vdv (iniciais de 'vontade de ver'), depois mjds (as iniciais da minha tia - Maria Joaquina dos Santos) e completando com 46, o ano de nascimento dela.

É claro que não foi essa a resposta que minha mãe me deu e minha tia não se chama Maria Joaquina dos Santos e nem nasceu em 1946 - mas é um exemplo de uma senha que, mesmo se eu esquecer, é só ela falar a frase que ela disse que eu vou me lembrar.

Outros exemplos:

- mbfeu2 - 'Minha Banda Favorita é U2' - pense sempre em algo com um ou mais números no meio.
- bcdme02 - 'Brasil Campeão do Mundo em 2002'.
- adrspl11 - 'Adoro São Paulo', sem as vogais, e acrescentando o DDD da cidade.

Estão vendo? Não é difícil criar senhas 'escabrosas' 😉

relacionados


Comentários