Meio Bit » Games » Pokémon Shining Pearl tira o brilho do PS5 (no Japão)

Pokémon Shining Pearl tira o brilho do PS5 (no Japão)

PS5 consegue bater um belo recorde de vendas no Japão, mas é atropelado pelo fenômeno Pokémon Shining Pearl / Brilliant Diamond do Switch!

32 semanas atrás

Os novos consoles da 9ª geração já foram lançados a mais de um ano. Entretanto, graças à crise dos semicondutores, quem vende mais aparelhos é a fabricante que consegue disponibilizar mais unidades nas lojas. Ou aquela que possui o software que mais chama a atenção do mercado. A Nintendo e seu Pokémon Shining Pearl / Brilliant Diamond no Japão que o diga.

Laguna-Pokemon-Shining-Pearl-Switch-Nintendo-Japan

Arte da capa japonesa de Pokémon Shining Pearl (crédito: Nintendo)

Antes de comentar o software, confiramos abaixo os dados detalhados das vendas de hardware da 51ª mais a 52ª semana (que foram de 20 de dezembro de 2021 a 02 de janeiro de 2022) no arquipélago, segundo a Famitsu.

VENDAS DE HARDWARE NO JAPÃO (FAMITSU)
Plataforma 50ª semana a 51ª +
a 52ª de 2021
em 2021 desde o
lançamento
Nintendo Switch 176.832 unid 393.980 unid 5.785.053 unid 23.125.427 unid
PlayStation 5 8.664 unid 72.064 unid 1.014.862 unid 1.270.012 unid
Xbox Series X|S 2.889 unid 2.159 unid 97.757 unid 129.181 unid
família PS4 61 unid 68 unid 104.078 unid 9.394.968 unid
linha 3DS 302 unid 670 unid 25.549 unid 24.584.457 unid

·
A versão OLED do Nintendo Switch teve poucas semanas de vendas em 2021, o que explica ter vendido apenas 875.765 unidades das quase 5,8 milhões vendidas no Japão. Já o Switch Lite vendeu 2.424.979 unidades na Terra do Sol Nascente em 2021.

Juntando ambos os modelos (3.300.744 unid), vemos que o Switch normal foi responsável por pouco menos da metade das vendas por lá, o que pode apontar que os japoneses preferiram versões diferentes da básica ano passado.

Em um longínquo segundo lugar, temos o PlayStation 5: o novo console da Sony teve ótimas vendas nas duas semanas finais de 2021, tendo média de 36 mil unidades, mas nem um pouco superiores à semana do lançamento japonês (118 mil na 46ª semana de 2020). No ano passado (2021) o PS5 vendeu basicamente um milhão de consoles no arquipélago, sendo 152.305 unidades da versão digital, sem leitor de discos ópticos.

Laguna-Nihon-Falcom-japanese-game-market-trends

Tendências do mercado japonês de consoles (crédito: Nihon Falcom via ResetEra)

Apesar dos bons números de 2021, a tendência do PS5 não é crescer muito no arquipélago em 2022. Segundo a desenvolvedora Nihon Falcom no documento anual Famitsu Game Whitepaper 2021, o Nintendo Switch tende a crescer menos nas vendas de software em 2022 mas o PS5 só vai tomar o mercado de software que já era do PS4. A não ser que vejamos algum fenômeno como o Pokémon Shining Pearl / Brilliant Diamond sendo lançado no console da Sony em 2022.

Em relação ao Xbox One (115 mil consoles vendidos no total), a situação da Microsoft no Japão até melhorou: o Xbox Series X|S quase alcançou as 100 mil unidades vendidas em 2021, sendo 48.785 delas só do Series X. Isso mesmo, o simplório Xbox Series S vendeu mais em 2021, 48.972 unidades. Contudo, o X possui base instalada total de 73.661 consoles no Japão por causa das vendas de 2020. Isso é um belo feito, embora o Xbox 360 tenha se saído bem melhor que seus sucessores.

Por causa da escassez de chips, a família PS4 vendeu em 2021 pouco mais que todos os novos consoles Xbox no Japão. Foram 104.078 unidades e olha que está basicamente sendo descontinuado como o irmão mais poderoso PS4 Pro (morreu com 1.575.723 unid).

Outro console que está para ser descontinuado no Japão é o Nintendo 3DS, cuja versão New já tinha sido cortada com o lançamento do Switch. O velho guerreiro só tem sobrevivido por lá graças aos estoques remanescentes do 2DS e 2DS LL.

Enfim, sobre a venda das cópias dos jogos temos abaixo o Top 10 japonês da trigésima-terceira semana do ano. Sim, já saiu o Top 30 da Famitsu mas listar as dez primeiras posições já é suficiente para o foco do presente texto. Entre colchetes está a plataforma; entre parênteses ao final, a venda acumulada do título desde o lançamento japonês.

Ranking dos jogos mais vendidos do Japão na 51ª e na 52ª semana de 2021

(20 de dezembro de 2021 a 02 de janeiro de 2022, Famitsu)

  1. [NSW] Pokémon Shining Pearl / Brilliant Diamond (The Pokémon Company, 19/11/21) — 231.275 (2.393.972);
  2. [NSW] Mario Party Superstars (Nintendo, 29/10/21) — 206.145 (725.701);
  3. [NSW] Mario Kart 8 Deluxe (Nintendo, 28/04/17) — 104.540 (4.323.883);
  4. [NSW] Big Brain Academy: Brain vs. Brain (Nintendo, 03/12/21) — 89.970 (191.786);
  5. [NSW] Super Smash Bros. Ultimate (Nintendo, 07/12/18) — 83.491 (4.662.764);
  6. [NSW] Momotarō Dentetsu: Showa. Heisei. Reiwa mo Teiban! (Konami, 19/11/20) — 78.350 (2.542.546);
  7. [NSW] Animal Crossing: New Horizons (Nintendo, 20/03/20) — 78.311 (7.116.432);
  8. [NSW] Minecraft (Microsoft, 21/06/18) — 74.644 (2.440.427);
  9. [NSW] Ring Fit Adventure (Nintendo, 18/10/19) — 46.111 (3.016.499);
  10. [NSW] Pokémon Shield / Sword (The Pokémon Company, 15/11/19) — 35.411 (4.277.522).

Em seis semanas de vendas, Pokémon Shining Pearl / Brilliant Diamond basicamente encostou no que o Momotarō Dentetsu: Showa. Heisei. Reiwa mo Teiban! levou mais de um ano para vender. Interessante notar a força do Animal Crossing: New Horizons no Japão, com mais de 7 milhões de cópias vendidas.

Quando Mario Kart 8 Deluxe está no Top 5 de vendas semanais, podemos até especular que foi basicamente o primeiro jogo de um quarto dos novos donos de algum Switch japonês. Super Smash Bros. Ultimate poderia compartilhar dessa mesma situação de compra inicial de console no Japão, embora em escala pouco menor que a do MK8D.

É possível que Pokémon Shining Pearl / Brilliant Diamond alcance as vendas totais de Pokémon Shield / Sword? Mantendo o ritmo, provável.

Outro jogo prestes a bater a meta das 4 milhões de cópias vendidas no arquipélago é o Splatoon 2, que está na 25ª posição de vendas semanais com 5.773 cópias (de 3.983.014).

Há chance de vermos algum jogo que não seja do Switch no Top 10 japonês? Como vimos mais acima no paper da Falcom, muito raramente.

Fonte: Famitsu (ranking), via Gematsu e ResetEra.

Leia também:

relacionados


Comentários