Home » Games » Nintendo » Nintendo Switch vence SNES (e Xbox One) nos consoles mais vendidos

Nintendo Switch vence SNES (e Xbox One) nos consoles mais vendidos

Switch já vendeu 52,48 milhões de unidades em 34 meses, vencendo SNES e Xbox One segundo resultados financeiros da Nintendo (Q3 FY 2019, findo em dez 2019).

30/01/2020 às 7:29

A dona do Nintendo Switch e SNES acaba de divulgar o desempenho financeiro do terceiro trimestre fiscal de 2019 (Q3 FY 2019), período que compreendeu os meses de outubro até dezembro do ano civil de 2019. O relatório financeiro do Q3 FY 2019 aponta que a empresa teve os seguintes números:

Laguna-Nintendo-Switch-Q3-2019

RELATÓRIO FINANCEIRO DA NINTENDO
Período →Q3 FY 2018
(outubro a dezembro de 2018)
Q3 FY 2019
(outubro a dezembro de 2019)
Diferença
Receita¥ 608,39 bilhões
(US$ 6,12 bilhões)
¥ 578,70 bilhões
(US$ 5,33 bilhões)
– 4,87%
Lucro bruto¥ 237,06 bilhões
(US$ 2,13 bilhões)
¥ 252,99 bilhões
(US$ 2,33 bilhões)
+ 6,72%
Lucro operacional¥ 158,62 bilhões
(US$ 1,43 bilhão)
¥ 168,71 bilhões
(US$ 1,55 bilhão)
+ 6,36%

Os investidores e acionistas da BigN sorriem mas têm algumas reclamações: o lucro da Nintendo entre outubro e dezembro de 2019 teve pequeno aumento em relação ao período equivalente do ano passado, entretanto a receita do Q3 FY 2019 teve pequena queda. O lucro operacional aumentou apenas 6,36% em relação ao Q3 FY 2018. Em parte graças à leve valorização do iene ante o dólar (111,14 ienes por dólar no Q3 FY 2018 versus a taxa de ¥ 108,67 / US$ 1 do Q3 FY 2019) no período.

Bom, vamos ao que realmente interessa: o desempenho do atual protagonista da Nintendo.

Nintendo-hardware-sales-Q3-2019-Switch-passes-SNES

Switch já venceu o SNES e Xbox One (crédito: Nintendo)

Entre os meses de outubro e dezembro de 2019 o Switch vendeu senhores 10,81 milhões de unidades pelo mundo civilizado. Uma média de respeitáveis 3,6 milhões de unidades mensais. Lembrando que no mesmo período de 2018 o console híbrido vendeu “somente” 9,41 milhões de unidades. Aumento de 14,87%. Boa parte da culpa veio do Nintendo Switch Lite.

Ilustrando as vendas de hardware com um recorte próximo, apenas nos Estados Unidos o Switch vendeu dois milhões de unidades em dezembro. É um número recorde, que fica atrás somente do Wii em dezembro de 2010.

Como a Nintendo confirmou a venda mundial de 41,67 milhões de consoles até setembro de 2019, somando tudo tivemos, até o terceiro trimestre do ano civil de 2019, uma base instalada de 52,48 milhões de consoles Nintendo Switch. Em 34 meses de vendas o console híbrido venceu o SNES (49,01 mi sem incluir o Classic Edition) e já deve ter vencido o Xbox One.

O último número estimado para o console da Microsoft foi de 46,9 milhões de unidades vendidas até o trimestre passado (findo em setembro de 2019). Passados três meses, convenciona-se que o Xbox One possua, até dia 31 de dezembro, base instalada próxima dos 50 milhões de consoles pelo mundo ao ultrapassar o Super Nintendo por pouco. Entre as duas estimativas, uma coisa é certa: o console da Microsoft foi ultrapassado pelo Switch ainda em 2019.

Na receita geral da empresa, além dos 15 milhões de assinantes do Nintendo Switch Online, o que mais importa é a venda dos softwares exclusivos. Vejamos o seguinte ranking dos jogos da Nintendo no Switch (vendidos até o dia 31 de dezembro de 2019):

  1. Mario Kart 8 Deluxe — 22,96 milhões de cópias;
  2. Super Smash Bros. Ultimate — 17,68 milhões de cópias;
  3. Super Mario Odyssey — 16,59 milhões de cópias;
  4. The Legend of Zelda: Breath of the Wild — 16,34 milhões de cópias;
  5. Pokémon Shield / Sword — 16,06 milhões de cópias;
  6. Pokémon Let’s Go Pikachu / Eevee — 11,76 milhões de cópias;
  7. Splatoon 2 — 9,81 milhões de cópias;
  8. Super Mario Party — 9,12 milhões de cópias;
  9. New Super Mario Bros. U Deluxe — 5,85 milhões de cópias;
  10. Luigi’s Mansion 3 — 5,37 milhões de cópias.

Em três meses de vendas, Luigi’s Mansion 3 já ultrapassou o The Legend of Zelda: Link’s Awakening e conseguiu vender mais de 5 milhões de cópias, figurando no Top 10 do console. Entretanto, as estrelas do terceiro trimestre civil de 2019 não foram os fantasmas e sim os Monstros de Bolso: em apenas mês e meio, Pokémon Shield e Pokémon Sword venderam juntos mais de 16 milhões de cópias e chegaram perto de bater o The Legend of Zelda: Breath of the Wild e/ou Super Mario Odyssey.

Embora seja jogo de nicho, Astral Chain foi o jogo favorito do tio Laguna em 2019 e, apesar de ter sido considerado fracasso por alguns, ainda vendeu 1,03 milhão de cópias pelo mundo. O badalado mas meio obscuro Marvel Ultimate Alliance 3, por exemplo, vendeu pouco menos, 1,02 milhão. Outros jogos fora do Top 10 contribuiram para que cada dono de Switch tenha média de 6 jogos por console.

Também podemos notar que o Mario Kart 8 Deluxe virou jogo praticamente obrigatório para os donos do Switch: quase metade tem uma cópia do game de corridas malucas, sorry Crash. Falando em recordes, provavelmente Super Smash Bros. Ultimate é o jogo de luta mais vendido da história!

Fontes: Gematsu e ResetEra.

Leia também:

relacionados


Comentários