Home » Games » Sony » PS5 poderá ter jogos single-player controlados por várias pessoas

PS5 poderá ter jogos single-player controlados por várias pessoas

Sony registra patente que fala sobre a possibilidade de até quatro pessoas dividirem o controle do personagem num jogo de PS5 pensado como single-player.

10/12/2019 às 8:00

Em maio de 2018 a Sony Interactive Entertainment (SIE) pediu ao USPTO (United States Patent and Trademark Office) o registro de uma patente que poderá mudar consideravelmente a maneira como encaramos os jogos single-player. Chamada de “Split controller gameplay”, a novidade permitiria que várias pessoas pudessem jogar um mesmo título para PS5 que a princípio foi desenvolvido para apenas um jogador.

Imagine por exemplo estar jogando um Uncharted e enquanto uma das pessoas controla os movimentos do personagem usando o analógico, outra ficará responsável por realizar certas ações enquanto aperta os botões principais (◻, X, △ e O) e um terceiro jogador deverá fazer os disparos pressionando os gatilhos, cada uma usando seu próprio DualShock 5.

Dependendo do tipo do jogo, algo assim poderá resultar em partidas extremamente confusas, com a cooperação mais prejudicando do que ajudando. Agora pense em algo como um jogo de plataformas, onde algumas crianças enfrentam muita dificuldade em acertar os saltos e tal recurso poderia permitir que os pais dessem uma bela ajuda aos pequenos.

De certa forma, algo parecido já foi feito anteriormente e um exemplo citamos por aqui recentemente. No Gears 5 o pessoal da The Coalition permitiu que um robô fosse controlado por outra pessoa para assim ajudar o jogador principal e o mesmo aconteceu bem antes, no Super Mario Galaxy, quando um segundo jogador podia disparar estrelas para derrotar os inimigos que aparecesse pelo caminho.

Enfim, de acordo com o documento, o recurso aceitaria até quatro jogadores localmente ou ainda online através da nuvem, sendo que o jogador principal ficaria responsável por definir como os comandos serão divididos entre aqueles que participarão da jogatina.

Ele também menciona a ideia das pessoas poderem passar o controle de um jogo para outro jogador, para que assim possam compartilhar a experiência e no que parece ser uma evolução do recurso muito interessante — mas não tão utilizado — que ficou conhecido no PlayStation 4 como Share Play.

Por fim, a patente ainda fala sobre a utilização de uma segunda tela para incrementar a jogabilidade. Isso se pareça com outro recurso também já presente no atual console da empresa, o PlayLink, onde os jogadores podem utilizar seus smartphones como se fossem um controle e assim tomar decisões, influenciar no progresso da história ou vendo informações que só estarão disponíveis na sua tela.

Imagem conceitual do PS5

Imagem conceitual do PS5

Contudo, é importante ressaltar que o registro de uma patente não necessariamente significa que a ideia será implementada algum dia, nem que este recurso de controle compartilhado será adotado pelo PS5. Também é preciso reconhecer que algo assim não deverá chamar a atenção de muita gente, com a novidade talvez nem chegando a ser conhecida por boa parte do público.

Mesmo assim, acho que tudo o que puder servir para tornar os jogos mais acessíveis deve ser comemorado e por isso torço para que a Sony acerte neste conceito.

Fonte: PlayStation Universe.

relacionados


Comentários