Home » Entretenimento » Martin Scorsese fará um documentário sobre a NY dos anos 70

Martin Scorsese fará um documentário sobre a NY dos anos 70

Depois do seu grandioso filme O Irlandês na Netflix, o próximo projeto de Martin Scorsese será um documentário sobre a cena musical de NY nos anos 70

28/11/2019 às 11:41

O diretor Martin Scorsese, que acabou de estrear seu imenso e elogiadíssimo filme O Irlandês (The Irishman) na Netflix, já está preparando seu próximo projeto, que será um documentário sobre a cena musical de Nova York nos anos 70 produzido pela Imagine Entertainment, empresa de Ron Howard e Brian Grazer, segundo informações da Variety.

Martin Scorsese vai produzir documentário musical para a Imagine Entertainment

O projeto escolhido para suceder O Irlandês é completamente diferente do seu filme sobre a vida de um matador a serviço da máfia, mas também será passado um universo que o mestre Martin Scorsese entende muito bem, já que fez diversos projetos musicais ao longo da sua brilhante carreira, como o seu documentário O Último Concerto de Rock (The Last Waltz) sobre a The Band, (a banda de Bob Dylan) ou a série de TV como Vinyl, que ele produziu com Mick Jagger para a HBO.

A produção do novo documentário de Scorsese é da área de documentários da Imagine, que desde que foi criada no ano passado, já produziu várias produções muito elogiadas distribuídas em diferentes serviços como Netflix e Showtime, e que em breve deve alcançar a impressionante marca de 20 documentários.

A divisão de documentários da Imagine é tocada por Justin Wilkes e Sara Bernstein, que também estão produzindo outros projetos musicais interessantes como os documentários sobre as vidas do trompetista Louis Armstrong e do guitarrista Carlos Santana. O próprio chefão da Imagine, Ron Howard, dirigiu este ano o documentário Pavarotti, filme que vem sendo bem elogiado pela crítica.

Sobre o documentário de Scorsese, a Imagine ainda está negociando com distribuidores, assim não sabemos em qual canal/serviço ela irá passar. A produtora acabou de fechar um contrato com a Apple TV+ no qual a empresa de Cupertino tem a primeira opção sobre suas produções, mas isso não garante que a série vá realmente passar por lá. A única coisa que podemos dizer desde já é que este projeto será imperdível, só por ter este grande mestre no comando.

relacionados


Comentários