Home » Hardware » Asus lança novos Zenbooks no Brasil custando até R$ 25 mil

Asus lança novos Zenbooks no Brasil custando até R$ 25 mil

VINTE E CINCO MIL REAIS e não é um MacBook Pro de 15"

26/06/2019 às 8:30

A Asus começou o fim desta terça-feira (25) mostrando novos notebooks para o Brasil. Ao todo são seis modelos, dois mais simples e com nome de VivoBook, um ZenBook com processador AMD Ryzen e três outros da mesma linha, só que com processador Intel e que chegam até assustadores R$ 25 mil. Sim, VINTE E CINCO MIL REAIS.

VivoBook 15

 

Asus VivoBook 15

Sim, você já se assustou e percebeu que não é só a Apple que gosta de cutucar a carteira do brasileiro. Pra dar uma aliviada no caps lock, começamos com os dois novos VivoBooks 15, que são computadores menos potentes e que trazem corpo em plástico. Isso faz o preço ficar menos amedrontador, começando em R$ 3,7 mil.

São dois modelos com nomes nada amigáveis e que você certamente esquecerá depois de ler este texto: X512FJ e X512FA - poderia ser pior, a Sony dá nomes absurdamente sem sentido pra alguns produtos que não são da família PlayStation. O mais simples é o X512FA, que pode trazer 4 GB ou 8 GB de RAM, vem com processador Core i5 8265U e apenas uma placa integrada da Intel, que não permite aquele jogo maroto com mais de que 14 fps - ou mais, já que em pleno 2019 este notebook tem tela 720p, ou 1366 x 768 pixels.

Asus VivoBook 15

O menos simples já coloca 8 GB como padrão na RAM e o processador pode ser um Core i7 8565U. Por aqui a tela já tem a resolução que deveria ser padrão em todo portátil, que é Full HD e os dois utilizam 15,6 polegadas no display.

ZenBook 14

Esta é a cereja do bolo e o modelo que a Asus mais mostrou no palco do show de adjetivos e superlativos pros parceiros comerciais que estavam no evento. Ele realmente é bonito e já utiliza corpo em metal, com tela de 14 polegadas em um computador que normalmente traria um display de 13 polegadas - adoro essas telas com bordas mínimas.

O touchpad é de vidro, é grande e pode servir de teclado numérico com ajuda de uma projeção. No evento eu utilizei o produto por uns segundos, enquanto esbarrava e brigava com os convidados e notei que se você ativa o teclado numérico, o touchpad ainda continua funcionando para arrastar o ponteiro do mouse, só que com algumas falhas na sensibilidade dos dedos. Vai ver foi mimimi do computador comigo, ou um probleminha mesmo.

Por dentro há um Core i7 8565U, 8 GB de RAM, SSD de 256 GB ou 512 GB e apenas uma placa integrada da Intel. Vem com três USB, sendo uma USB-C 3.1, outra USB-A também 3.1 e uma USB 2.0. Sim, uma USB 2.0 pra quem quer pagar muito dinheiro em um computador caro.

Se a Asus escorregou na USB velha, acertou na bateria de 50 Wh e que promete até 13 horas de uso. Eu chutaria que isso deve ficar em 10 horas de uso de verdade, o que é muito bom se você pensar em um dia inteiro de trabalho, em horário comercial. Dá pra ficar ele inteiro sem ligar o PC na tomada!

Quanto morre aqui? A partir de R$ 6,5 mil.

ZenBook Pro 14 e 15

Subindo mais o preço e no visual, chegam estes dois modelos. Eles podem trabalhar com processador Core i7 ou i9, junto de 16 GB de RAM DDR4, SSD que pode ser de 512 GB ou 1 TB e tela Full HD ou 4K. A diferença entre os dois? Simples: cê viu que há o “ou”, separando uma versão menos potente e outra mais forte, né? Então, peque a mais simples e ela será pro modelo de 14 polegadas, enquanto que a maior spec fica pro de 15 polegadas.

Os dois já utilizam GPU dedicada, a GTX 1050 Max-Q ou 1050Ti, e que seguram até que bem alguns jogos. Outro recurso compartilhado é o ScreenPad, que é uma tela que fica no touchpad e que pode exibir atalhos ou servir de tela extra pro notebook.

Aqui o valor sobe e o ZenBook Pro 14 sai por R$ 15 mil e o Pro 15 fica em um valor terrífico de R$ 25 mil. Claro que existe um valor menor pra pagamento em uma só parcela, ou no boleto e ele é de 10% sobre o valor que escrevi aqui.

ZenBook Pro Duo

A Asus não-lançou um ZenBook extra, que é o Pro Duo. Ele vem com uma GPU RTX 2060, 32 GB de RAM, Core i9 de nona geração, 1 TB de SSD, tela OLED de 15,6 polegadas e com resolução 4K. O que chama atenção é que além desta tela, há outra de 14 polegadas e que também é 4K, que fica entre o display principal e o teclado.

ZenBook Pro Duo

Como a digitação é mais do que horrível com o teclado pra baixo (Samsung Odyssey Z sofre disso), a Asus coloca na caixa um apoio pros braços. A tela extra é realmente um monitor externo, já que pode ser preenchido com qualquer janela de qualquer programa que você quiser, ou então alguns atalhos para funções que a Asus coloca lá.

ZenBook Pro Duo

Eu disse “não-lançou”, certo? Pois é, não há preço oficial e nem data definida - na real até que tem, mas tá pra algum dia de julho deste ano. Com tudo isso de extra, com tanto poder de fogo e a inovação da tela secundária, espere algo muito mais caro do que os R$ 25 mil do modelo acima - meu chute fica pra algo maior do que R$ 35 mil.

Ah, sim, todos os modelos lançados ou anunciados hoje utilizam um design de tampa que, quando aberta, levanta a base do notebook em uns dois ou três graus. É o suficiente pra aumentar a entrada de ar, o que é ótimo em todos os momentos. Parabéns, Asus!

Extra: F570ZD

É isso mesmo, esse nome horrível pra um produto que não teve nenhum momento de palco no evento por motivos de: Intel estava lá, com executivos e tudo mais. O “problema” é que este notebook utiliza processador AMD Ryzen 5 2500U, que trabalha junto de uma GTX 1050 e pode ser uma boa escolha pra quem quer um notebook gamer menos caro.

Assim como seus concorrentes neste segmento de entrada, o modelo da Asus vem com HD de 1 TB e tela Full HD de 15,6 polegadas. Tudo isso custa R$ 4,8 mil.

relacionados


Comentários