Home » Hardware » Western Digital traz duas novas linhas de SSD M.2 NVMe pro Brasil

Western Digital traz duas novas linhas de SSD M.2 NVMe pro Brasil

Estes SSDs são pequenos, consomem menos energia e fazem qualquer setup de PC Master Race voar

15 semanas atrás

A Western Digital aproveitou o fim desta quarta-feira (8) pra mostrar ao Brasil duas adições pra linhas de SSDs que vão espetados em conexão M.2: o potente (e caro) WD Black SN750, junto de seu irmão de entrada, mais acessível e que tem nome de WD Blue SN500. Eles são pequenos, muito mais velozes do que um SSD em porta SATA e custam entre R$ 369.90 e R$ 1.969.

Black, pros gamers endinheirados entusiastas

Da dupla, o que chama mais atenção é o Black SN750, que tem a placa pintada na cor preta e que pode até trabalhar com um dissipador que tem toda aquela cara agressiva que o gamer curte e que, na real, aumenta a área de contato com o ar e assim ajuda na hora de esfriar...além de ser mais agressivo também.

É tanta confiança no dissipador que a fabricante colocou um modo chamado Gaming Mode e que basicamente faz o pequeno SSD esquecer que economizar energia pode ser uma boa. Com isso ele aquece mais e o dissipador pode ser útil pra algo além da estética do gabinete com lateral transparente.

Este dissipador foi feito com ajuda do pessoal da EKWB, que já faz outras soluções pra outras coisas esfriarem a cabeça em um PC Master Race. O garoto chega ao Brasil em opções de 250 GB, 500 GB e 1 TB, com promessa de outro de 2 TB e que vem só no segundo semestre deste ano.

Ele foi criado com base em tecnologia 3D NAND da própria Western Digital e isso garante, junto de controladores mais espertos do lado de dentro, que ele pode chegar em leitura sequencial de até 3.470 MB/s no modelo de 1 TB e 3.000 MB/s pra versão com 500 GB. Além disso, o SSD possui até 515.000 IOPs de leitura aleatória e 560.000 de gravação aleatória, dados que também valem pra versão com memória mais pomposa.

Blue, pra ficar mais de boas (até na grana)

O WD Blue é a porta de entrada da Western Digital no mundo dos SSDs e isso também vale pros dois modelos lançados no evento. Ambos estão no padrão M.2 e NVMe, com opções de 250 GB e 500 GB. Eles compartilham a ideia de 3D NAND e dos controladores, mas trabalham com velocidade de leitura sequencial em até 1.700 MB/s e escrita em 1.450 MB/s pro modelo de meio tera.

Tudo aqui é menos bravo, nervoso ou com visual agressivo e pode ser uma boa pedida pra quem tem um HD, quer colocar o Windows em um SSD M.2 pra acelerar o boot dele e de outros programas. Como o Blue também é NVMe, a velocidade de leitura e escrita chega a ser até três vezes mais rápida que um SSD conectado em SATA, que bate em mais ou menos 560 MB/s.

Quando e quanto?

Todos os modelos já estão disponíveis no Brasil e os preços são estes:

  • WD Blue SN500 NVMe (250 GB): R$ 369,90;
  • WD Blue SN500 NVMe (500 GB): R$ 529,90;
  • WD Black SN750 NVMe (250 GB): R$ 579,00;
  • WD Black SN750 NVMe (500 GB): R$ 999,00;
  • WD Black SN750 NVMe (1 TB): R$ 1.929,00.

Nós já estamos com a versão Blue SN500 em mãos e o review sai em breve.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários