Home » Hardware » Monitor Samsung UE590: 4K sem machucar o bolso — Review

Monitor Samsung UE590: 4K sem machucar o bolso — Review

Samsung UE590 é um monitor 4K de 28 polegadas 4K básico, não indicado para profissionais, mas interessante para todos os outros

1 ano atrás

A Samsung tem no UE590 seu monitor 4K de entrada, que chama a atenção por seu tamanho: com 28 polegadas, ele oferece mais espaço para trabalhar, navegar, assistir vídeos e até jogar, sem agredir muito as finanças dos consumidores. No entanto, este é um modelo básico, não indicado para profissionais de vídeo e imagem.

Samsung UE590

Afinal, como este monitor 4K se sai no dia a dia? Eu testei o Samsung UE590 por um mês, e conto o que achei nos próximos parágrafos.

Design

O Samsung UE590 mostra que é um modelo básico desde que o tiramos da caixa: ele conta com uma construção puramente em plástico, com acabamento black piano e o suporte imitando aço escovado. A unidade que recebi já estava bem judiada, com vários riscos por seu corpo, logo, é preciso tomar cuidado com isso.

Uma vez montado, mais uma dica de que "você tem o que você paga": o monitor não permite ajustes finos de ângulo, você pode inclina-lo um pouquinho para cima e para baixo. Ajuste de altura? Nope.

Samsung UE590

De um modo geral, a Samsung não incluiu firulas neste modelo. A traseira em plástico fosco é bem sóbria e sisuda, e não fosse pelo seu tamanho, este seria um monitor que passaria despercebido em uma repartição pública. As bordas frontais também são bem espessas, diferente de monitores mais caprichados.

Na parte das conexões, temos duas entradas HDMI 2.0, e uma DisplayPort, além de uma saída P2 para fones de ouvido ou caixas de som. Novamente o básico, se bem que nem mesmo modelos de ponta da Samsung trazem alto-falantes embutidos.

Samsung UE590

Ao ligar o monitor, temos as primeiras impressões de qualidade do dispositivo, e bem... ele não impressiona, mas ao que se propõe a fazer, o faz sem muita enrolação.

Tela

O display é um LCD TN de 28 polegadas, com resolução de 3.840 x 2.160 pixels. Em modelos do tipo, o ângulo de visão é normalmente limitado, basta se deslocar para os lados e ver distorções nas cores, mas por se tratar de um monitor, normalmente estaremos bem perto, posiconados em frente ao centro da tela. Logo, este é um problema menor.

Em termos de qualidade de imagem, o Samsung UE590 é apenas... correto. Dada a sua faixa de preço, não espere um nível digno dos monitores 4K topo de linha, muito menos os voltados para profissionais de imagem e vídeo. Ele possui um brilho bastante forte, e um nível de preto aceitável para tarefas mundanas, como trabalho com textos e planilhas, navegação e redes sociais.

Nesse sentido, com 2160p você terá muito, muito espaço. Se você usa o macOS, que é preparado para telas de maior resolução, os ícones não parecerão distorcidos, nem pequenos demais. O Windows 10 ainda tem alguns problemas de escala nesse sentido, mas nada que não possa ser mitigado.

Samsung UE590

A reprodução de conteúdo de imagem e vídeo do Samsung UE590 é satisfatória, embora não seja nada espetacular. Você vai conseguir ver detalhes em fotos e curtir alguns filmes em 2160p, graças a um contraste razoável, quando combinado com o nível de preto mediano dele. Na hora de jogar a mesma coisa, mas se você for mais exigente, o contraste dele vai te irritar.

Sobre suas capacidades de jogo em específico, este monitor conta com o recurso FreeSync da AMD, e um tempo de resposta de até 1 milissegundo; ele possui uma taxa de atualização de 60 Hz, mas apenas pela porta DisplayPort; pelo HDMI, 30 Hz.

Desempenho e Extras

Em uma rotina básica de trabalho, no meu caso, produção e edição de textos, edição mínima de imagens e pesquisa de conteúdo, com um outro vídeo ou game nesse meio tempo, o Samsung UE590 é um bom monitor. No entanto, ele não é especializado o bastante para quem realmente precisa de qualidade.

Profissionais de vídeo, ou quem trabalha com imagens, como fotógrafos, não serão suficientemente atendidos por este modelo, que não conta com uma alta fidelidade de cores.

Samsung UE590

Há alguns recursos interessantes, entretanto. Ele conta com PiP (Picture-in-Picture) e PBP (Picture By Picture), assim, você pode dividir a tela em duas fontes distintas, ou deixar uma delas em miniatura no canto, ideal para quem possui mais de um computador.

Outro recurso é o mode de proteção ocular: ao ser ativado, ele diminui o alto brilho e filtra tons azuis, algo muito bom para profissionais notívagos, por diminui o cansaço na visão. Já o modo de contraste dinâmico, feito para diminuir o brilho em cenas mais escuras, não se comporta como deveria.

Conclusão

O Samsung UE590 se destaca por suas 28 polegadas, que aliada à resolução 4K, entrega uma espaçosa Área de Trabalho, que não exibe ícones pequenos demais. E esse é seu principal trunfo: ele é um bom display para trabalho, em especial para ambientes corporativos, ou Home Office, para quem trabalha com planilhas e textos.

Ele possui um brilho bastante forte, um bom filtro de azuis, e boa reprodução de cores, mas para o público geral; para profissionais de imagem e vídeo, ele é um monitor menos que o ideal, por não ter uma qualidade de imagem tão boa.

Samsung UE590

Com um preço médio sugerido de R$ 1.599, este é um monitor para quem não abre mão da proporção 16:9, quer mais resolução e uma maior área útil de trabalho, pretende jogar de vez em quando (desde que usando a porta DisplayPort), e principalmente, não quer tirar o escorpião do bolso. Mas como sempre, o consumidor vai levar para casa o equivalente ao que pretende pagar.

Se você é exigente, o Samsung UE590 não vai atender às suas necessidades; para os demais, ele pode ser uma opção de monitor interessante, graças à boa relação custo/benefício, principalmente para quem possui um notebook com a infame resolução de 1.366 x 768 pixels, que já devia ter sumido da face da Terra.

Samsung UE590 — Especificações

  • Display: LCD TN;
  • Tamanho: 28 polegadas;
  • Resolução: 3.840 x 2.160 pixels;
  • Taxa de atualização: 30 Hz (HDMI) e 60 Hz (DisplayPort);
  • Tempo de resposta: 1 milissegundo;
  • Contraste: entre 700:1 e 1.000:1;
  • Ângulo de visão: 170° horizontal e 160° vertical;
  • Recursos Extras: compatível com tecnologia FreeSync da AMD;
  • Portas: duas HDMI 2.0, uma DisplayPort, uma saída P2;
  • Dimensões: 66,1 × 46,9 × 18,7 cm (com a base), 66,1 × 38,1 × 7,35 cm (sem a base);
  • Peso: 5,3 kg (com a base), 4,7 kg (sem a base).

Pontos Fortes:

  • Boa relação custo/benefício;
  • Bastante espaço para trabalhar;
  • Reprodução de cores satisfatória;
  • Modo de proteção ocular provê um alento a olhos cansados.

Pontos Fracos:

  • Contraste dinâmico não é lá muito esperto;
  • Qualidade de imagem insuficiente para profissionais de vídeo e imagem.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários