Home » Games » Diretor quer o Final Fantasy XIV no Xbox One e no Switch

Diretor quer o Final Fantasy XIV no Xbox One e no Switch

Além de levar o MMO para outras plataformas, Naoki Yoshida também revelou seu desejo de criar um battle royale ou um MMO que não estivesse ligado a uma franquia já estabelecida.

52 semanas atrás

Se trabalhar na criação de um jogo de grande porte costuma ser uma tarefa bastante extenuante, imagine então ser o diretor de um MMO. Agora tente se colocar na pele de um sujeito que é o principal responsável por um jogo como o Final Fantasy XIV, que carrega consigo uma das marcas mais pesadas da indústria e que foi lançado lá no longínquo ano de 2010.

Esta pessoa é Naoki Yoshida, game designer que certamente possui uma vida profissional que não lhe dá muito espaço para trabalhar com outros títulos, mas que nem por isso deixa de sonhar com a criação de algo diferente ou mesmo desejar colocar as mãos em um dos títulos mais aguardados do planeta.

Eu gostaria de fazer um jogo battle royale. Tenho algumas ideias para fazer isso, algumas ideias para tornar este tipo de jogo divertido,” afirmou Yoshida. “Como um game designer de jogos online, gostaria de criar um MMORPG do zero, sem qualquer tipo de limitação ou restrições. Removendo todos esses tipos de restrições, eu gostaria de criar um MMORPG que se encaixasse na atual tendência antes que eu morresse. Eu também gostaria de jogar o Diablo 4.

Este é um detalhe sobre o qual nunca havia pensado, que é a maneira como um jogo que permanece por tanto tempo sendo relevante pode consumir a vida de alguns profissionais que trabalham nele. Mesmo não sendo possível saber quantos outros jogos Naoki Yoshida poderia ter criado durante esse tempo, sabemos que um game designer está sempre bolando cosias novas e imagino que deve ser uma tortura para ele se ver privado de explorar sua criatividade.

Mas enquanto o sujeito permanece “preso” ao Final Fantasy XIV, o que os fãs querem saber é o que o futuro reserva para o MMO e de acordo com o diretor, a chegada do jogo a outras plataformas não está totalmente descartada. No momento presente apenas no PC e no PlayStation 4, existem conversas com Microsoft, Nintendo e Google para que o título seja lançados em suas respectivas plataformas e o que estaria travando isso seria apenas o cross-play.

Naoki Yoshida

De acordo com Yoshida, um jogo como o Final Fantasy XIV precisa contar com partidas entre as plataformas, para que assim a base de jogadores seja unificada e embora o Sony permita tal recurso entre o seu videogame e os computadores, o mesmo não vale para outros consoles. Porém, essa barreira tem caído aos poucos e a esperança por parte da Square Enix é de que o seu MMO entre para a seleta lista de títulos em que os donos de um PS4 podem jogar com quem estiver no Xbox One ou Nintendo Switch.

Contando hoje com mais de 14 milhões de jogadores registrados, é óbvio que a editora japonesa adoraria poder oferecer o Final Fantasy XIV a um público muito maior e uma das formas de se fazer isso seria justamente levando o título a outros consoles. A outra seria eliminando a necessidade de termos que pagar uma mensalidade para jogar, mas isso parece mais difícil de acontecer.

Na opinião do diretor, o Final Fantasy XIV foi desenvolvido de uma maneira em que os jogadores precisam dedicar um bom tempo ao game e se hoje eles mudassem o modelo de negócios para free-to-play, isso poderia quebrar tanto a comunidade que se formou ao redor dele quanto o jogo em si. A solução então seria ter que redesenhar o jogo todo, o que eles não parecem dispostos a fazer.

Pode ser que no fundo tudo não passe de uma desculpa por o jogo ainda contar com uma boa quantidade de pessoas dispostas a pagar uma mensalidade, mas seja como for, a impressão é de que Naoki Yoshida ainda permanecerá um bom tempo se dedicando ao Final Fantasy XIV.

Fonte: Gamespot [1 e 2].

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários