Home » Mobile » Samsung está desenvolvendo tela que vai "esconder" a câmera selfie

Samsung está desenvolvendo tela que vai "esconder" a câmera selfie

Câmera selfie ficaria escondida atrás do display, eliminando a necessidade de notches e furos; Samsung deve apresentar tecnologia daqui alguns anos

15/03/2019 às 9:30

A Samsung não quer nem saber da palavra "notch": a empresa implementou no Galaxy A8s e na linha Galaxy S10 sua nova solução Infinity-O, que consiste num furo simples ou duplo para acomodar a câmera; dessa forma, o display traz mais área útil do que os que implementaram o entalhe, popularizado pela Apple.

Ainda assim, essa solução não agrada totalmente os coreanos, que estão trabalhando para entregar um celular com a frente totalmente tomada pela tela, sem apelar para câmeras retráteis.

Samsung / Galaxy S10+

De acordo com informações apuradas pela Yonhap News Agency, nos próximos a tecnologia de telas evoluirá para um estado em que a câmera selfie ficará "invisível", e não tendo sua operação prejudicada pelo display à sua frente, que a esconderia completamente. Tal declaração foi dada por Yang Byung-duk, vice-presidente da divisão de Pesquisa e Desenvolvimento para Comunicação Móvel da Samsung.

O executivo não explicou, entretanto, o que significaria o "invisível" da frase; há quem acredite que a tela alteraria suas características durante a captura de selfies ou vídeos, com a área sobre a câmera se tornando transparente para exibi-la apenas nesses momentos, mas de qualquer forma, Byung-duk acredita que tal recurso, em que a Samsung está efetivamente trabalhando, não deverá aparecer pelos próximos dois anos; assim, é possível que apenas a linha Galaxy S13, que será lançada em 2022 (se os planos até lá não mudarem), venha a implementa-lo no início.

A Samsung não espera manter esse recurso como exclusivo de seus modelos premium, e a meta da companhia é de eliminar totalmente qualquer área frontal que possa ser ocupada pela tela, hoje reservada a câmeras, sensores e alto-falantes; no entanto, alguns fatores adicionais precisam ser levados em conta: embora a empresa esteja desenvolvendo telas estado para arte (tanto que a Apple compra dela os displays OLED para a linha iPhone XS), ela está atrás da LG no quesito som pela tela.

Desde 2017, sua rival histórica vem apresentando aparelhos que utilizam o display como membrana de alto-falante, transmitindo o som diretamente através da tela; originalmente implementada em TVs, a tecnologia chamada Crystal Sound OLED está hoje presente no LG G8 ThinQ, seu atual topo de linha. Claro, como a LG ainda não resolveu os outros problemas, ele ainda tem um notch.

A Samsung sabe disso, e declarou anteriormente que está também trabalhando em tal solução, que é chamada internamente de "Sound On Display"; nada mais se sabe a respeito, nem há uma expectativa de quando veremos o recurso nos futuros Galaxies de ponta.

O que se sabe, por enquanto, é que a Samsung irá introduzir novidades nos displays de forma gradual, e não deve levar muito tempo para o Inifinity-O ser introduzido em mais produtos, principalmente da linha Galaxy A, e posteriormente da linha Galaxy J; já um Galaxy S com a frente totalmente tomada pela tela, escondendo a câmera e emitindo som deve demorar um pouco mais para dar o ar da graça.

Com informações: Yonhap News Agency.

relacionados


Comentários