Home » Mobile » Cartões microSD chegam em 1 TB na MWC 2019

Cartões microSD chegam em 1 TB na MWC 2019

Espaço extra é sempre bom, mas tem seu preço e ele é bem salgado

50 semanas atrás

Em todo lançamento de smartphones escutamos “o aparelho suporta até 2 TB de microSD”, com uma empresa concorrente dizendo “nem tem isso uai”. Hoje (25), na MWC 2019, que acontece em Barcelona durante esta semana, chegamos na metade deste caminho do “não existente 2 TB”: a SanDisk apresentou seu cartão de 1 TB e que é menor do que uma unha.

Sim, se você pensou que tanto espaço tem seu preço, acertou mizerávi. Começando por ele, a SanDisk cobra US$ 450 pra tanta memória - dá mais ou menos R$ 1,7 mil taokeys, sem levar em conta impostos ou taxas de importação. Agora vamos pra parte legal: números que não são de dinheiros.

Ao máximo, o microSD da SanDisk pode alcançar velocidades de 160 MB/s em leitura e 90 MB/s de escrita. É rápido? É, mas em velocidade que é inferior ao novo padrão SD e microSD Express, que também foram apresentados durante a feira de Barcelona e conseguem marcar até 985 MB/s - quase mil Meio Bits (piada infame Fogaça!).

Bônus, tem mais um fabricante com 1 TB

Outra empresa que mostrou ao mundo sua visão de muito espaço em um produto tão pequeno é a Micron com o c200. Ela exibiu exatamente a mesma coisa que a SanDisk, com menor velocidade de leitura, em 100 MB/s - só que escrevendo mais rápido, em 95 MB/s.

Tudo isso funciona com uma tecnologia de memória QLC NAND 3D, que armazena mais bits nas células - ao todo são quatro bits por célula e quanto mais bits entram no mesmo espaço, mais denso é o cartão SD. Quanto mais denso, mais memória pode ocupar e isso deixa o caminho pro “microSD de 2 TB que não existe” mais plano e com a certeza que ele vai existir em pouco tempo.

Com tecnologia mais chamativa, o Micron ainda não tem preço e nem data de lançamento. O microSD da SanDisk, chamado de Extreme UHS-I, chega ao mercado em abril deste ano e o preço você já leu lá no segundo parágrafo. Ainda não há previsão de lançamento no Brasil, mas certamente ele virá pra cá.

É, esses dois microSDs utilizam tanto espaço quanto meu notebook. Jesus.

Com informações: Micron.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários