Home » Entretenimento » A Cor que Caiu do Espaço de H. P. Lovecraft vai virar filme com Nicolas Cage

A Cor que Caiu do Espaço de H. P. Lovecraft vai virar filme com Nicolas Cage

Nicolas Cage, o diretor Richard Stanley e os produtores de Mandy vão fazer um filme sobre o conto A Cor Que Veio do Espaço de H.P. Lovecraft

42 semanas atrás

Um dos filmes que mais gostei em 2018 foi Mandy de Panos Cosmatos, um filme de vingança que é bem violento, mas que tem muita personalidade, além de um Nicolas Cage totalmente ensandecido no papel principal. Outro destaque de Mandy é sua trilha sonora muito inspirada de Jóhann Jóhannsson, que acabou sendo a última de sua carreira, já que o músico islandês infelizmente nos deixou no ano passado com apenas 48 anos.

Nicolas Cage, o diretor Richard Stanley e os produtores de Mandy vão fazer um filme sobre o conto A Cor Que Veio do Espaço de H.P. Lovecraft

Nicolas Cage fechou um acordo para um novo projeto com a SpectreVision, a mesma produtora de Mandy, um filme inspirado no conto A Cor que Caiu do Espaço de H. P. Lovecraft, e que promete ser bem interessante, não só pelo material original, mas também pelos envolvidos na produção.

A história é simples, e parece com a do primeiro Homens de Preto, que possivelmente a usou como inspiração. Uma família que mora em uma área rural na Nova Inglaterra é surpreendida por um meteorito colorido que caiu em seu quintal, e infecta tudo que encontra com uma espécie de vírus alienígena, inclusive eles próprios.

O diretor do filme será o sul-africano Richard Lewis Stanley, conhecido por ter escrito e dirigido os cults Hardware: O Destruidor do Futuro e Dust Devil - O Colecionador de Almas, ambos no começo dos anos 90, e também por ter sido o roteirista de A Ilha do Dr. Moreau, inspirado na obra clássica de H.G. Wells, filme do qual também era o diretor até ter sido despedido nos primeiros dias da produção.

Segundo rumores, ele ficou até o fim das filmagens disfarçado como um dos extras que estavam fantasiados de mutantes, usando a máscara de um cachorro. O filme pronto ficou horrível, mas segundo relatos, só usa duas palavras do roteiro escrito por Stanley. De lá pra cá, Stanley dirigiu documentários e curtas, até ter esta grande chance de voltar a fazer um grande filme. Espero que dessa vez ele consiga terminar o projeto.

Um dos produtores da SpectreVision, Daniel Noah, declarou em uma entrevista pra Variety que: “Lovecraft é o pai obscuro do horror moderno, e nós estávamos procurando há anos por uma adaptação que capturasse o verdadeiro alcance de seu horror cósmico. Richard Stanley – um mago por seus próprios méritos – vai finalmente trazer o terror poderoso de Lovecraft para a tela sem filtros.”

relacionados


Comentários