Home » Hardware » AMD lança seus primeiros processadores para Chromebook

AMD lança seus primeiros processadores para Chromebook

Os novos processadores da AMD são simples, mas fortes o suficiente pra vida tranquila que os Chromebooks exigem

07/01/2019 às 19:48

Até hoje os Chromebooks existiam em variantes que podem ter processadores ARM ou então os x86 da Intel. Ontem (6), durante apresentação inicial na CES, que acontece nesta semana em Las Vegas, a AMD mostrou que também quer um lugar no parquinho e firmou parceria com HP e Acer pra levar estes APUs pros usuários que querem mais que um tablet, só que menos que um computador completo.

Os novos APUs são dois irmãos e com nomes bem simples de entender: A4 e A6. Eles são simples também do lado de dentro, com TDP de 6 W e desempenho semelhante ao que os Intel Pentium e Celeron de hoje conseguem entregar. A vantagem da AMD é que ela é mais esperta no silício e coloca uma GPU muito superior ao que a Intel coloca em seus produtos.

O A6 é o mais potente da dupla (é o que se espera de um número maior no nome, duh!) e vem com dois núcleos e dois threads, roda em 1.8 GHz (pode chegar até 2.7 GHz), utiliza 1 MB de cache e uma placa gráfica Radeon R5. Já o A4 é igual no número de núcleos e threads, mas roda em 1.6 GHz (até 2.4 GHz) e escolheu uma GPU Radeon R4, que é 80 MHz menos veloz do que a do A6.

Ambos foram criados no berçário da autonomia em primeiro lugar e isso é uma promessa da HP, que diz que seu modelo chega até nove horas seguidas de aquele-conteúdo-que-você-sabe-qual-é, enquanto que a Acer é mais pomposa e promete 10 horas seguidas de uso.

Voltando pra competição, a AMD promete que é 24% mais veloz do que a Intel em um Celeron N3350 quando comparado com o A6. Ela não falou nada sobre o A4 e quando o marketing não fala nada, é que ele não ganha da concorrência não - tende a ser assim.

Os Chromebooks

A HP trouxe ao mundo do lado de cá um Chromebook chamado Chromebook 14 (nomes nestes tipos de computadores são horríveis!). Ele tem tela de 14 polegadas, 4 GB de RAM, 32 GB de espaço interno, câmera frontal com resolução VGA e custa US$ 269, o que dá mais ou menos R$ 1 mil, quase redondinho e sem contar impostos, taxas e taokeis extras.

Já a Acer trouxe uma tela maior, de 15,6 polegadas com resolução Full HD e tudo igual do lado de dentro, com um extra que fica na opção pra levar 8 GB pra casa. Ele tem nome de Chromebook 315 e começa custando US$ 279, ou mais ou menos R$ 1.050, também sem impostos.

Os dois computadores rodam o Chrome OS, que já suporta aplicativos Android e ambos utilizam processador A4 ou A6, depende da escolha e do bolso de quem compra - os preços que falei nos parágrafos acima são para o A4.

Com informações: The Verge.

Leia mais sobre: , , , , .

relacionados


Comentários