Home » Entretenimento » Tenki no Ko é o novo animê do diretor de Your Name

Tenki no Ko é o novo animê do diretor de Your Name

Próximo filme do diretor de Your Name vai se chamar Tenki no Ko, e vai contar a história de uma garota com o poder de parar a chuva.

43 semanas atrás

Nessa semana foram anunciados o título e a data de estreia do novo animê do roteirista e diretor Makoto Shinkai. Tenki no Ko, ou Weather Child / Weathering With You vai estrear no dia 19 de julho do ano que vem no Japão, mais uma vez no verão (deles), quase três anos depois de Your Name, o filme anterior do diretor.

Tenki no Ko é o novo filme de Makoto Shinkai, diretor de Your Name.

Se no primeiro filme, ele optou por uma visão diferente da clássica premissa de troca de personagens (que fez sucesso por aqui com Se Eu Fosse Você), dessa vez, Shinkai resolveu falar sobre o tempo, as mudanças climáticas. A história é sobre Hina, uma garota que mora com seu irmão menor, e tem o poder de controlar o clima, ou falando mais especificamente, parar a chuva.

Tenki no Ko mostra a relação dela com Hodaka, um estudante que chega em Tóquio em um veleiro, se bem entendi a tradução do Google Translate, já que eu infelizmente não entendo japonês. Hodaka passa por poucas e boas até encontrar uma vaga como escritor em uma revista meio estranha de mistérios e ocultismo, e durante todo o tempo desde que conseguiu seu emprego, o clima está horrível, com novas chuvas a cada dia, até que ele encontra Hina.

Seria um sonho pra nós brasileiros alguém que tivesse o poder reverso, e poder criar chuva para evitar o sofrimento que estamos tendo no calor sem fim deste verão. Se alguém falar de fundação cobra sei lá o que nos comentários (e não for piada), ficarei decepcionado. 😉

Makoto Shinkai chegou a ser homenageado pela NASA, que batizou um asteróide em seu nome, o 55222 Makotoshinkai, então dá pra prever que as expectativas pelo novo filme estão além das nuvens. Não é pra menos. Your Name (Seu Nome ou no original, Kimi no na wa) foi um imenso sucesso de público, e no ano passado superou A Viagem de Chihiro para se tornar o animê de maior sucesso no mundo em todos os tempos, apesar do filme de Hayao Miyazaki continuar na frente do ranking se levarmos em conta apenas as bilheterias do Japão.

Segundo o Box Office Mojo, foram quase US$ 358 milhões, a maior parte deles no Japão e na China, onde também faturou horrores. Além das bilheterias, Your Name fez muito sucesso na Netflix, onde pode ser assistido por pessoas do mundo inteiro, e inclusive também estava disponível para nós brasileiros até bem pouco tempo atrás.

Pois é, e além de Your Name, vários filmes do diretor estavam no catálogo da Netflix Brasil, mas por motivos de fim de contrato, desapareceram da noite pro dia. Tudo bem que a Netflix está investindo bastante em animes bem promissores, mas não custava manter os filmes de Shinkai no catálogo.

Apesar de todo o sucesso de Seu Nome, aqui no Brasil o filme nem estreou direito, e só teve uma única sessão em 35 salas da rede Cinemark. A gente torce para que com o próximo filme, o tratamento seja melhor. Como está prevista uma turnê mundial incluindo a América do Sul, a possibilidade do filme ter um lançamento decente por aqui efetivamente existe.

Apesar do filme estrear em julho do ano que vem, essa data confirmada é para o Japão, então a princípio ele não vai ter que sofrer pra tentar concorrer com a releitura de O Rei Leão da Disney, que promete faturar tudo (e mais um pouco) nas bilheterias de verão nos Estados Unidos.

Poster de Tenki no Ko, novo filme de Makoto Shinkai, diretor de Your Name.

A produção de Tenki no Ko é da Story Inc., com animação da CoMix Wave Films e distribuição por conta da Toho. O designer de personagens é Masayoshi Tanaka, com quem Shinkai repete a dobradinha de Seu Nome. O diretor de arte é Hiroshi Takiguchi, com o veterano Atsushi Tamura como diretor de animação.

Os atores principais são Kotaro Daigo (Hodaka) e Nana Mori (Hina). No cartaz do filme, acima do título, está a frase: "essa é a história do segredo do mundo que só ela e eu sabemos".

 

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários