Home » Internet » Faxina: Google vai desativar Allo e Hangouts clássico em breve

Faxina: Google vai desativar Allo e Hangouts clássico em breve

Google confirma: Allo será desativado até março de 2019, enquanto usuários do Hangouts clássico migrarão para o Chat e Meet, hoje apps do G Suite

06/12/2018 às 9:30

Vamos jogar limpo: o Google só acertou ao lançar um app de mensagens com o finado (e saudoso) GTalk. Desde que a companhia decidiu que ele era insuficiente e lançou o Hangouts, ela não deu uma dentro; o Allo e o Android Mensagens só aumentaram a confusão.

De uns tempos para cá a companhia decidiu que enough is enough, e resolveu botar ordem na casa. Ou melhor dizendo, está tentando fazê-lo.

Google Allo

Em 2016, o Google matou o GTalk e retirou o suporte a SMS do Hangouts, restringindo-o ao Mensagens. Em 2017, foi a vez do então sucessor de seu melhor mensageiro receber uma reformulação completa, na forma dos apps Hangouts Chat e Hangouts Meet, voltados para usuários corporativos. O primeiro facilita a comunicação entre pessoas, agrupando mensagens de várias pessoas e é profundamente conectado a apps como Google Drive, Documentos, Planilhas e Apresentações.

Já o Hangouts Meet é totalmente focado em conferências de vídeo, capaz de ligar até 30 pessoas numa mesma chamada e não necessita de plugins no Chrome e Firefox para funcionar. Ambos apps estão disponíveis para todas as empresas que usam o G Suite, enquanto o usuário final continuava com o Hangouts clássico.

No meio desse imbróglio, havia o Allo. A tentativa do Google de desenvolver um mensageiro instantâneo moderno, para concorrer com WhatsApp, Telegram e cia. foi bem-intencionada, e ele conta com recursos muito interessantes como OCR, suporte ao Google Assistente e etc. No entanto, a confusão dos apps da empresa e a empreitada para fazer o RCS substituir o SMS acabaram por minar o interesse, e assim, o Allo não recebe atualizações desde março de 2017.

Na prática, ele foi silenciosamente movido para suporte e manutenção, que é uma forma de dizer que o app subiu no telhado.

Google Hangouts clássico, Hangouts Chat e Hangouts Meet

Recentemente, novas informações apuradas pelo site 9to5Google indicavam que o Google iria finalmente resolver a bagunça de apps, eliminando tanto o Hangouts clássico quanto o Allo, mantendo apenas o Chat e Meet para empresas, o Duo, seu bem-sucedido app de chamadas de vídeo (nesse a gigante das buscas acertou) e o Mensagens para SMS. Cada um no seu quadrado e sem redundâncias, o que deveria ter sido feito há tempos.

Nesta quarta-feira (05), o Google veio a público e confirmou as suspeitas, mas explicou direitinho o que vai acontecer com cada um de seus apps de comunicação:

  • Hangouts clássico: confirmando o que o líder de produto do G Suite Scott Johnson já havia dito no último sábado (1), a versão original do Hangouts será desligada no futuro, ainda sem uma data definida. Todos os seus usuários serão migrados para o Hangouts Chat e o Hangouts Meet, ou seja, quando a tomada for puxada, as duas instâncias deixarão de ser exclusivas de usuários corporativos. Até lá, quem ainda usa o Hangouts clássico terá total suporte do Google;
  • Google Allo: tal qual o Hangouts clássico, o Allo será desativado, mas diferente do primeiro, a data está mais ou menos definida: até o fim do ano fiscal (31 de março de 2019) o app deixará de funcionar, e instruiu os usuários a fazerem backup de suas conversas. A ideia é fortalecer o Mensagens, que em breve terá suporte a RCS e se tornará tão potente quanto outros mensageiros;
  • Google Duo: aqui foi onde o Google acertou e para ele nada muda. A companhia na verdade está empolgada com o sucesso do app de chamadas pessoais em vídeo e lembra que hoje o Duo está disponível em smartphones e tablets Android, iPhones e iPads, telas inteligentes como o Google Home Hub e Chromebooks.
Google Duo

Segundo o Google, o Duo é um sucesso e será mantido

Falando com sinceridade, é uma pena que o Allo vá para o cemitério do Google, pois era uma boa ideia e tinha funções legais, mas vamos combinar, ele era um deserto. Quem precisava se comunicar usa o WhatsApp ou o Telegram, e se for se manter algumas soluções da própria gigante, se vira com o Hangouts ou mesmo o Mensagens. Assim, é compreensível dar mais munição ao último, focando na adoção do RCS e matar o que ninguém usa.

Sobre o Hangouts, ele foi vítima da indecisão do Google de manter ele funcionando paralelamente ao GTalk, e não conseguiu pegar no tranco quando este foi desativado porque já era tarde demais. A mudança de foco para o usuário corporativo foi uma boa ideia, e na mão do usuário final é mais interessante ter duas instâncias, cada uma responsável por um tipo de comunicação. Já o Duo está na sombra.

Claro que seria muito melhor um único app que fizesse tudo isso e fosse fácil de usar, mas não se pode vencer sempre.

Com informações: 9to5Google.

relacionados


Comentários