Home » Mobile » Galaxy J2 Core e Galaxy J4 Core chegam ao Brasil com Android Go

Galaxy J2 Core e Galaxy J4 Core chegam ao Brasil com Android Go

Eles sáo os primeiros smartphones da Samsung com Android Go e que colocam os pés em terras tupiniquins

05/12/2018 às 12:19

A Samsung traz ao Brasil seus dois primeiros smartphones com Android Go, que é o sistema operacional móvel que o Google criou pra rodar em aparelhos menos…fortes. Os novos aparelhos são os Galaxy J2 Core e J4 Core, que chegam por aqui com preço inicial sugerido abaixo de R$ 1 mil.

O Android Go foi a solução que o Google encontrou pra tentar arrumar a zona que virou o mercado de aparelhos mais simples, com algumas regrinhas que ajudam a deixar o sistema realmente viável nestes celulares. Ele consegue rodar bem até em alguns com menos de 1 GB de RAM, quantidade irrisória e que é apenas o mínimo necessário pra foto ( ͡° ͜ʖ ͡°) chegar direitinho do zapzap.

Pra dar uma ideia da magia que o Google fez, ele promete que um Android na versão Go entrega duas vezes mais espaço interno livre para o usuário, quando comparado ao Android em sua versão normal.

Há uma penca de apps do Google com nome Go, que também ocupam 50% do espaço dos apps completos, mas sem cortar muito da experiência. Em alguns casos é até melhor, como a opção de download de vídeos do YouTube no YouTube Go, sem a necessidade de assinar o YouTube Premium.

Existem até algumas mudanças internas que ajudam no consumo de dados, como a compressão de páginas no Chrome ativada por padrão. O Google utiliza servidores que espremem a página até onde der, pra que o consumo de internet seja reduzido e o smartphone faz o trabalho de abrir novamente o “arquivo compactado” e exibir os dados para o usuário.

Ok, e os Galaxy?

A Samsung é uma das várias empresas que escolheram adotar um Android mais limpo, mais leve e que pode rodar em hardware bem modesto. Os dois primeiros são os Galaxy J2 Core e J4 Core, que são equipados com 16 GB de memória interna, 1 GB de RAM e câmera principal de 8 megapixels, com lente frontal de 5 megapixels e abertura f/2.2 – a mesma da traseira.

O que muda está nos detalhes e no visual. O J2 Core é mais simples e tem bordas muito mais visíveis, com tela de 5 polegadas e resolução de 960 x 540 pixels. Contra 6 polegadas no J4 Core, que vem com tecnologia IPS LCD e resolução HD, com 1480 x 720 pixels em proporção de 18.5:9, a mesma dos Galaxy S8 e S9. Até mesmo o visual do J4 Core é mais bonito, mas que abre mão da bateria removível.

Outra diferença fica no processador, que é um Exynos 7570 no J2 Core e um Snapdragon 425 pro J4 Core – o curioso é que o Exynos tem litografia de 14 nanômetros, contra 28 nanômetros pro Snapdragon e quanto menor, melhor.

As diferenças têm seu preço e ele começa em R$ 899 para o J4 Core, nas cores preta, bronze e azul. Já o J2 Core chega nas cores preta e prata, com valor sugerido de R$ 799. Tá caro? Ô se tá, mas vale lembrar que o dólar vem em uma subida descontrolada e mesmo com fabricação nacional, várias partes internas dos smartphones são importadas e o pacote é apenas montado por aqui. Isso pesa na balança.

Se mesmo assim você ainda está mastigando veneno nos comentários, senta aqui e vamos conversar: o Galaxy S9 foi lançado neste ano por R$ 4,3 mil em maio deste ano, com preço hoje, dia 5 de dezembro, batendo em R$ 2,7 mil em alguns varejistas. Sete meses e o valor quase que caiu pela metade.

A dica do fogacito é: espere um pouco, compre em janeiro (quando a nossa Black Friday de verdade acontece nos saldões). Certamente o preço cairá. Fechô?

relacionados


Comentários