Home » Games » Pokémon Let’s Go e a dúvida cruel entre Pikachu ou Eevee

Pokémon Let’s Go e a dúvida cruel entre Pikachu ou Eevee

Temos que pegar! Mas nem todos podem ter os dois jogos, então vamos as diferenças

21/11/2018 às 13:38

Quando Pokémon Let’s Go foi anunciado pela Nintendo como o primeiro jogo da franquia para o Switch, alguns fãs ficaram receosos pelas mudanças no gameplay – especialmente com a adaptação da mecânica de capturar monstrinhos, inspirada em Pokémon Go. Também não é novidade a Big N trazer duas versões do mesmo jogo, nesse caso, Pikachu e Eevee. Algo assim já havia sido feito em, por exemplo, Ruby e Sapphire, Black e White, e etc.

pokemon lets go / Vivi Werneck

Basicamente, as diferenças são os pokémon exclusivos disponíveis em cada versão, e isso pode valer para os lendários. Há versões em que regiões podem variar também. Assim, Pokémon Let’s Go chega ao mercado em edição “irmão gêmeo”: bem parecido, mas não 100% igual. Dá uma olhada nas diferenças.

Lembrando que este artigo não é um review, mas um comparativo entre as versões.

A essência Pokémon é a interação entre os jogadores

Para entender o porquê da Nintendo ter um fetiche por lançar “jogos duplicados” da série, é importante ter em mente que o ponto alto da franquia, por trás de capturar não sei quantos monstrinhos (sinceramente, já perdi as contas), é a interação entre seus jogadores.

Pokémon é competição em sua essência. É só dar uma olhada nos próprios campeonatos de card game do jogo. A questão é que se essa disputa fosse restrita apenas às batalhas, o game seria uma espécie de multiplayer (local ou online). A ideia genial de ter duas versões de um mesmo título, além de dar mais gold para a Nintendo (não sejamos inocentes aqui), é criar bichinhos exclusivos em cada edição.

pokemon lets go / Reprodução

“Tobias” é o nome do meu Eevee

Dessa forma, se você tem o Let’s Go Pikachu e quer um Ekans, por exemplo, é só encontrar um amigo que tenha a versão Eevee para trocar com ele. Sim, eu sei que você pode resgatar monstrinhos que já havia capturado no Pokémon Go, mas isso não pode ser feito de imediato e é necessário recapturá-los no Go Park, o antigo Safari.

Trocar com amigos pode te ajudar a ter monstrinhos de outras regiões bem mais rápido também. Ou mesmo te ajudar ajudar a completar a Pokédex. Quem gosta de álbum de figurinhas sabe bem o que é desespero para completar a coleção, faltando só uma mísera figurinha. Não adianta comprar mais. Tem que trocar com quem tenha.

Ah, vale lembrar que não adianta algum amigo te passar um Charizard nível 50, por exemplo, se você ainda não venceu líderes de Ginásios suficientes para controlar pokémon mais poderosos. A troca até será possível, mas ele simplesmente não irá te obedecer em batalhas. Muito provavelmente, o Charizard vai te torrar numa baforada e comê-lo no almoço. Essa última parte foi forçada, mas bem que seria engraçado.

pokemon lets go / Vivi Werneck

É possível fazer trocas pela internet através de uma “senha pokémon” combinada entre amigos

Seu parceiro Pikachu ou Eevee são incríveis (e super fofos)

Tenho que confessar. O maior impasse inicial que tive entre escolher uma das versões foi a fofura envolvida nessa decisão. Os dois são adoráveis e eu queria muito apertá-los até seus olhinhos pularem das órbitas (momento Felícia). Mas voltando a analisar de uma forma racional, independentemente de qual escolher, ambos serão companheiros incríveis na sua aventura.

Assim como cuidamos do nosso cavalo em Red Dead Redemption II como se fosse um filho (mesmo o ingrato morrendo, às vezes), você se pegará em vários momentos brincando e interagindo com seu Eevee (a minha escolha) ou o Pikachu (capturei depois, então está tudo bem).

Se o seu pokémon parceiro estiver feliz, ele poderá até te trazer presentes (o jogo imitando a vida). Outra sacada interessante com o Let’s Go é que o gameplay usando os joy-cons nas mãos é um pouco diferente de quando eles estão acoplados ao console. Com o joy-con independente é possível, às vezes, dar super golpes especiais, durante as batalhas, com o seu Eevee ou Pikachu parceiros. As animações desses momentos são dignas da série Street Fighter, só que mais fofas.

pokemon lets go / Reprodução

Os pokémon parceiros também têm status melhores em todas as seis categorias (HP, Ataque, Defesa, Ataque Especial, Defesa Especial e Velocidade). No entanto, eles não evoluem. Porém, ambos podem aprender movimentos únicos e exclusivos, ensinados por tutores encontrados em Pokémon Centers pelas cidades, sendo o primeiro encontro já em Cerulean. Mas vamos ver essa parte, em mais detalhes, adiante.

Os movimentos para eliminar barreiras, nadar, iluminar cavernas ou voar, por exemplo, não mais precisam que você “esqueça” algum golpe de um bichinho da sua party. Eevee ou Pikachu ganham essas “técnicas secretas” sem precisar substituir nada aprendido antes.

O seu rival, também conhecido como seu amigo de infância e vizinho, pode usar pokémon diferentes para lutar contra você (esses encontros são bem eventuais), dependendo se tiver um parceiro Eevee ou Pikachu. Faz sentido.

Uma curiosidade: você não é obrigado a manter seu monstrinho parceiro na sua party para batalhas. Ele pode ser substituído, como qualquer outro pokémon. Mesmo assim, ele vai continuar te seguindo, ou na sua cabeça ou no ombro.

pokemon lets go / Vivi Werneck

Quais golpes únicos Pikachu e Eevee podem aprender?

Como foi dito antes, existe um “treinador de movimentos” dentro de alguns Pokémon Centers de algumas cidades, sendo Cerulean a primeira delas. Esses treinadores geralmente ficam no canto direito do Centro Pokémon, para quem entra no local, e têm um pirulito na mão (não estou aqui para julgar ninguém).

Eles irão ensinar alguns movimentos únicos para seu parceiro Eevee ou Pikachu. Abaixo, segue a lista com o nome de cada golpe e o seu efeito.

Para o Pikachu:

  • Zippy Zap (elétrico)
  • Splishy Splash (água)
  • Floaty Fall (voador)

Para o Eevee:

  • Bouncy Bubble (água)
  • Buzzy Buzz (elétrico)
  • Sizzly Slide (fogo)
  • Glitzy Glow (psíquico)
  • Baddy Bad (dark)
  • Sappy Seed (grama)
  • Freezy Frost (gelo)
  • Sparkly Swirl (fada)

Há mais opções de movimentos exclusivos para Eevee. Por um lado faz sentido, já que ele (ou ela) é um pokémon do tipo normal, ou seja, tem golpes mais comuns e genéricos.

pokemon lets go / Reprodução

Quais os pokémon exclusivos de cada versão Let’s Go

Aqui está, talvez, o divisor de águas entre escolher a edição Pikachu ou Eevee. Lembrando, novamente, que essa escolha é mais uma questão de gosto mesmo. É possível completar a Pokédex não importando qual versão jogar, como foi dito anteriormente.

Exclusivos para Let’s Go Pikachu:

  • Sandshrew
  • Sandslash
  • Oddish
  • Gloom
  • Vileplume
  • Mankey
  • Primeape
  • Growlithe
  • Grimer
  • Muk
  • Scyther

Exclusivos para Let’s Go Eevee:

  • Ekans
  • Arbok
  • Vulpix
  • Ninetales
  • Meowth
  • Bellsprout
  • Weepinbell
  • Victreebell
  • Koffing
  • Weezing
  • Pinsir

pokemon lets go / Vivi Werneck

Agora a escolha é sua!

Pokémon é amor e, por isso, não importa qual versão você irá escolher. Vai muito do gosto pessoal mesmo. Como o game não te impede de ter os monstrinhos da outra edição (só é necessário encontrar amigos para trocar), qualquer uma das experiências promete ser bem divertida tanto para fãs antigos, para quem torceu o nariz com as mudanças, e para os recém chegados à franquia. Até porque, convenhamos, as regras do jogo foram “simplificadas” um pouco com a intenção clara de atrair os novatos.

Não acredito que isso tenha prejudicado a série. Ainda é Pokémon, só que um pouco diferente. E o diferente, às vezes, assusta aos mais tradicionalistas. Mas quanto a isso, a Nintendo deve lançar, em 2019, um título no antigo formato. Mesmo assim, acredito que vale a pena sim dar uma chance ao Let’s Go. Na minha humilde opinião, se é viciante é Pokémon.

relacionados


Comentários