Home » Mobile » Samsung revela sua tela dobrável, mas nada muito além disso

Samsung revela sua tela dobrável, mas nada muito além disso

Samsung faz mistério e revela muito pouco sobre seu gadget dobrável, que terá dois displays; Google confirma suporte às novas telas para o Android

07/11/2018 às 18:30

Foram anos de especulações e promessas, mas a Samsung finalmente deu um primeiro gostinho sobre o tão falado gadget com tela dobrável. No entanto, contrariando todas as expectativas e previsões, a companhia sul-coreana deu apenas uma palhinha do que pretende anunciar num futuro próximo.

Samsung / flexible display

A revelação foi feita durante o primeiro dia da Samsung Developers Conference 2018, que está sendo realizada em San Francisco. A empresa chama a nova tecnologia de “Infinite Flex Display”, mas o aparelho em si, que até onde se sabe é real não foi revelado. A Samsung escondeu os detalhes sobre seu design em um grande case, portanto não dá para saber o quanto de área as telas ocupam.

Sim, telas. A Samsung bolou uma solução bastante esperta, para permitir que o usuário utilize o dispositivo como quiser: quando dobrado, um display Super AMOLED tradicional permite que ele seja usado como um smartphone; aberto, a tela de 7,3 polegadas assume o controle e ele vira um tablet.

A Samsung também cuidou para que a interface do novo gadget fizesse bom uso das telas. Um app aberto na tela externa ou interna poderá ser utilizado do ponto onde o usuário parou se ele resolver alternar o modo de uso, e a chamada Janela Multi Ativa permite que até três apps possam ser utilizados ao mesmo tempo.

Além disso, a empresa lançou uma interface gráfica completamente nova, chamada OneUI, que estará presente neste aparelho e em outros da família Samsung compatíveis com o Android 9 Pie, novos ou que receberem o update de sistema em 2019.

Segundo a Samsung, a tecnologia do Super AMOLED teve que ser toda repensada para que o Infinity Flex se tornasse real: no lugar do vidro há um polímero flexível, que confere movimento sem desgaste e alta resistência; o polarizador ficou 45% mais fino e passou a filtrar luzes externas, para diminuir os reflexos; e para laminar as camadas, foi empregado um adesivo dobrável.

Não obstante, a companhia sul-coreana mencionou novos tipos de displays, cada um com uma finalidade e design diferentes: o New Infinity seria uma tela que ocupa todo o espaço do smartphone, o Infinity-U traria um spot em forma de gota muito similar ao do Essential Phone (não deixa de ser um notch, afinal), e o Infinity-V traria um furo na tela, conforme já visto de relance no Galaxy A8s. A fabricante também prometeu para o futuro displays esticáveis e enroláveis, mas avisou que segue um cronograma de lançamentos até 2021.

Para completar, o Google confirmou vazamentos anteriores:o Android vai dar suporte completo a displays dobráveis, e vai trabalhar junto com a Samsung para viabilizar o lançamento deste produto em particular. É uma boa notícia, especialmente porque há várias empresas perseguindo o ideal de smartphones e tablets mais compactos, como a Lenovo e a Xiaomi, sendo que esta última já colocou o FlexPai no mercado.

De qualquer forma, não veremos um dispositivo dobrável da Samsung tão cedo: segundo o SVP de Marketing de Produtos Móveis Justin Denison, a Samsung iniciará a produção em massa dos novos displays Infinite Flex Display “nos próximos meses”, logo é possível que tenhamos maiores informações quando muito durante a MWC 2019, que será realizada entre os dias 25 e 28 de fevereiro em Barcelona.

Com informações: SamMobile, The Verge.


Leia mais sobre: , .


relacionados


Comentários