Home » Meio Bit » Zoox Smart Pass usa reconhecimento facial para agilizar o check-in em hotéis

Zoox Smart Pass usa reconhecimento facial para agilizar o check-in em hotéis

Quem já perdeu tempo pra fazer um cadastro enorme ao se hospedar em um hotel vai gostar do Zoox SmartPass, que faz o check-in com reconhecimento facial.

02/10/2018 às 18:15

Sempre que eu viajo para cobrir um evento ou feira de tecnologia e fico em um hotel que nunca fiquei antes, tenho que perder tempo preenchendo uma ficha enorme só pra conseguir pegar a chave e poder subir pro meu quarto. A tecnologia Zoox Smart Pass foi criada para tentar facilitar esse processo com reconhecimento facial, além de deixar o usuário fazer o check-in com antecedência, como no aeroporto.

Estive na semana passada na sede da Zoox aqui no Rio de Janeiro, e conversei com o CEO da startup, Rafael Albuquerque (foto abaixo) sobre as novidades da empresa, especialmente o Smart Pass, que tem o potencial de evitar muitos minutos perdidos na hora de fazer o check-in no hotel.

CEO da Zoox Rafael Albuquerque no escritório da empresa no Rio de Janeiro.

O Smart Pass cria um banco de dados comum a várias redes de hotéis (e também lojas ou shoppings), e serve para liberar o acesso do cliente a locais específicos de forma bem simples, reconhecendo o rosto do cliente com uma câmera, sem que ele precise preencher nada. Indo além, o sistema também guarda as preferências pessoais e hábitos de consumo dos clientes, permitindo que o hotel faça ações personalizadas como deixar o chocolate que ele gosta em cima da cama, por exemplo.

O serviço é uma evolução do SmartCheckin, produto da Zoox que tem a proposta de usar um app ou a web pra fazer o check-in em hotéis, mas sem o uso de reconhecimento facial para fazer a autenticação. Indo além do uso em hotéis, a ideia da Zoox é criar muitos hotspots espalhados pelo Brasil e até pelo mundo, nos quais o usuário poderá se conectar automaticamente usando o Smart Pass, oferecendo em troca o seu perfil, que a Zoox vai complementar com informações sobre compras feitas pelos hóspedes, para que os funcionários do hotel possam atendê-lo de forma individual.

Neste ponto, o Smart Pass lembra o Zoox Cloud, outro produto da empresa criado para que hotéis, lojas ou centros comerciais ofereçam conexão Wi-Fi gratuita para seus clientes, e no processo saibam mais sobre eles, através da coleta de seus dados pessoais e das informações que compartilham. Como acontece em outros produtos da empresa, o hotel pode personalizar como quiser a tela de login e tem acesso a um painel com todas as informações coletadas dos seus hóspedes, todas devidamente trabalhadas e “enriquecidas” pela Zoox.

Tanto no Zoox Smart Pass quanto no Cloud, existem preocupações sobre a segurança e a privacidade dos dados dos usuários cadastrados nos serviços. Perguntei ao CEO como a empresa faz para manter os dados dos clientes seguros, e ele garantiu que os usuários do Zoox SmartCheckin e do Zoox Cloud contam com controle total sobre tudo o que quiserem compartilhar, e o que preferem manter anônimo.

Como a Zoox surgiu como uma empresa que oferecia um sistema pago de conexão Wi-Fi para hotéis, eles têm muitos contatos com o ramo hoteleiro, então a adesão ao Smart Pass tem sido grande, mas Albuquerque acredita no potencial da sua tecnologia para lojas e também para ambientes públicos, citando o aeroporto do Galeão, um dos clientes do Zoox Cloud.

Outro dia mesmo postei aqui no MB sobre o Shiru Café, uma rede de cafeterias que tem um modelo de negócio diferente do que estamos acostumados, por não cobrar nada dos seus estudantes, além da suas informações pessoais, é claro. No caso do Zoox Cloud, os hotéis oferecem a conexão gratuita para os hóspedes, e a empresa cobra deles pela sua análise dos dados dos clientes. Pra uma empresa que começou justamente vendendo internet, pode-se dizer que a Zoox se reinventou totalmente.

O CEO da Zoox mora em Atlanta, Geórgia, onde está trabalhando para entrar no mercado dos Estados Unidos. Apesar de terem o mesmo nome, a Zoox brasileira não tem nenhuma relação com a empresa homônima americana, que tem o projeto de criar táxis autônomos, e da qual você pode saber mais aqui.

Saiba mais sobre o Smart Pass no site da Zoox.


Leia mais sobre: , , , , .


relacionados


Comentários