Home » Meio Bit » Apple e Mac » iPhone XS, iPhone XS Max, iPhone XR e Apple Watch Series 4: as novidades da Apple

iPhone XS, iPhone XS Max, iPhone XR e Apple Watch Series 4: as novidades da Apple

Apple apresenta suas novidades: os novos smartphones topo de linha iPhone XS e XS Max, o “de entrada” iPhone XR e a nova geração do Apple Watch.

12/09/2018 às 16:03

A Apple não veio de sacolinha cheia de novidades nesta quarta-feira (12): foram apresentados apenas três novos iPhones e uma nova geração do Apple Watch, decepcionando quem queria um novo iPad Pro ou novos Macs.

Confira aqui tudo o que foi apresentado:

iphone-xs-xs-max

iPhone XS e XS Max

O carro-chefe da maçã, o iPhone XS (lê-se “10 S”) não veio sozinho: o modelo menor de 5,8 polegadas agora é acompanhado pelo iPhone XS Max (lê-se “10 S Max”), com tela também OLED de 6,5″ (2.688 × 1.242 pixels, contra 2.436 × 1.125 pixels do XS mas ambos com 458 ppi, o que a Apple chama de “Super Retina”) e ambos com direito a HDR10, Dolby Vision, taxa de atualização de 120 Hz e Touch 3D, para uma melhor qualidade de imagem e usabilidade.

Se você já achava a comparação da tela do iPhone X com a do iPhone 8 Plus, com apenas 5,5″ injusta, saiba que o design quase sem bordas (afinal, há o notch) permite que o iPhone XS Max seja do mesmo tamanho do antigo smartphone, mas com uma tela de uma polegada maior. Nada mal para quem por anos relutou em lançar smartphones grandes.

O processador é o novo Apple A12 Bionic, o primeiro do mercado desenvolvido em um processo de litografia de sete nanômetros, com uma CPU hexa-core e GPU hexa-core; ele contém um motor neural dedicado, um co-processador octa-core capaz de realizar cinco trilhões de operações por segundo, contra 600 bilhões do Apple A11.

iphone-xs-camera

O conjunto principal de câmeras traz dois sensores de 12 megapixels, com aberturas ƒ/1,8 e ƒ/2,4 com zoom óptico de 2×, ambas com estabilizador óptico de imagens, lentes de seis elementos e Flash True-Tone. Os sensores  são precisos o suficiente para permitir o ajuste de profundidade de uma foto, destacando ou desfocando o fundo de acordo com o gosto do usuário. E como manda a regra da moda, ela possui recursos de IA para reconhecer elementos facilmente.

Já a câmera selfie possui 7 MP e trabalha junto com a câmera infravermelho e o projetor de pontos do Face ID, que segundo a Apple está ainda mais preciso; de qualquer forma, ambos conjuntos foram suficientemente melhorados para permitir uma boa captura de fotos e vídeos em qualquer situação.

Ambos os novos dispositivos contam com certificação IP68, garantindo proteção contra poeira e mergulhinhos acidentais e som estéreo, ideal para ouvir músicas e jogar com qualidade sonora, sem a necessidade de fones de ouvido. Por fim, a bateria (capacidade não informada) dura “uma hora e meia a mais do que o iPhone X”.

Confirmando os rumores, a Apple enfim se rendeu à tecnologia “mágica, inovadora e revolucionária” do Dual-SIM, que ela chama de DSDS (Dual-SIM, Dual Standby). Vai funcionar assim: em países em que houver disponibilidade os novos modelos serão equipados com uma entrada para cartão SIM e suporte a um eSIM, o chip digital adicional; em outros, como na China (e talvez Brasil), os iPhones XS e XS Max terão duas entradas físicas.

Os preços começam em US$ 999 (iPhone XS) e US$ 1.099 (iPhone XS Max); ambos possuem versões de 64, 256 e 512 GB de espaço interno e estarão disponíveis no dia 21 de setembro em mercados selecionados. Para quem deseja comprar um modelo anterior, as linhas iPhone 7 e iPhone 8 foram reajustadas para preços a partir de US$ 449 e US$ 599 respectivamente, enquanto os iPhones 6s, 6s Plus, X e SE foram descontinuados.

iphone-xr

iPhone XR

A Apple desistiu completamente do antigo design do iPhone, logo a nova versão de entrada bebe direto da fonte dos atuais topos de linha da companhia. O iPhone XR (lê-se “10 R”) possui uma tela LCD com notch de 6,1″ e resolução de 1.792 x 828 pixels, mantendo a proporção Retina de 326 ppi (com um nome próprio, é claro: “Liquid Retina”), mas com o mesmo A12 Bionic presente nos irmãos maiores.

A câmera principal é a mesma de 12 MP, com abertura ƒ/1,8 e estabilizador óptico de imagens presente nos iPhones XS e XS Max, faltando apenas a teleobjetiva. A autonomia também é similar, deixando claro que este não é um iPhone 5c repaginado: sob todos os aspectos ele é a evolução direta do iPhone 8 e 8 Plus, que pega emprestado o design da linha X e acrescenta mais opções de cores.

Os preços do iPhone XR começam em US$ 749, com modelos de 64, 128 e 256 GB de espaço interno; ele estará disponível em mercados selecionados no dia 26 de outubro.

apple-watch-s4

Apple Watch Series 4

O novo smartwatch da maçã chega com melhorias interessantes: o display consegue ser 35% maior do que o presente no Series 3, graças ao novo design sem bordas o que lhes permitiu contar com um corpinho de 40 e 44 mm. Todo esse espaço permitiu a adoção de um novo mostrador, capaz de exibir até oito informações de fontes diferentes, como relógio global, app Bolsa, temperatura e etc.

Por dentro, o processador S4 é um dual-core de 64 bits com uma nova GPU, que promete entregar o dobro de desempenho se comparado com a geração anterior. A bateria é similar, mas mesmo sendo mais fino, as novidades permitem que ele dure mais tempo ligado, além de acelerômetro e giroscópio melhorados; já a Digital Crown (o botão seletor) recebeu feedback háptico.

Há também melhorias consideráveis em termos de bem-estar pessoal: os novos sensores podem detectar uma queda e caso você permaneça imóvel por mais de um minuto, ele dispara automaticamente um alerta para serviços de emergência. O sensor de batimentos cardíacos também está mais preciso, sendo capaz de detectar até o nível de oxigênio no sangue.

apple-watch-s4-001

O destaque, entretanto é a capacidade do Apple Watch Series 4 ser capaz de realizar até mesmo um eletrocardiograma, contando inclusive com homologação da FDA e consultoria da America Heart Association. Todos os dados dos usuários, como de costume ficam arquivadas e protegidas no app Saúde, que pode gerar um arquivo PDF com o histórico do usuário com todos os dados coletados e análises realizadas.

O Apple Watch Series 4 começam em US$ 399 (Wi-Fi) e US$ 499 (LTE); ele estará disponível em países selecionados a partir do dia 21 de setembro (a Series 3 foi reajustada para a partir de US$ 279).

iOS 12, watchOS 5, tvOS 12 e macOS Mojave

As novas versões do iOS, watchOS e tvOS estarão disponíveis para os usuários no dia 17 de setembro; já a atualização para o sistema operacional dos Macs sai uma semana depois, no dia 24.

As novidades que cada sistema trará foram apresentadas no Keynote da WWDC 2018.


Leia mais sobre: , , , .


relacionados


Comentários