Home » Mercado » Snapdragon Wear 3100, o novo processador para smartwatches da Qualcomm

Snapdragon Wear 3100, o novo processador para smartwatches da Qualcomm

O Snapdragon Wear 3100 é a nova versão do processador para smartwatches da Qualcomm, com maior duração de bateria. Os relógios chegarão até o final deste ano.

1 ano atrás

A Qualcomm Technologies apresentou hoje em um evento em San Francisco, Califórnia, seu novo processador Snapdragon Wear 3100, criado especialmente para smartwatches e outros dispositivos vestíveis, que chega para substituir o Wear 2100, apresentado no começo de 2016.

O foco do novo processador é aumentar a duração da bateria dos aparelhos, algo que é essencial para relógios, então quem estiver pensando em comprar um smartwatch, melhor esperar pelo seu lançamento, que não vai demorar muito. Os consumidores terão vários smartwatches equipados com o novo Snapdragon Wear para escolher no final deste ano, em relógios a serem lançados por Fossil Group, Louis Vuitton e Montblanc, que são as empresas confirmadas pela Qualcomm até agora.

 

Snapdragon Wear 3100

A plataforma Snapdragon Wear 3100 foi pensada especificamente para o uso em relógios, nos quais o usuário interage apenas 10% do seu tempo com o relógio, mas precisa que ele continue monitorando tudo com seus sensores. A Qualcomm diz que usou técnicas para economizar bateria em várias funções básicas do relógio como GPS, processamento de sensores, buscas de voz em Wi-Fi ou Bluetooth, playback de arquivos MP3, com uma melhoria de 4 a 12 horas em relação ao Snapdragon Wear 2100, segundo informações da empresa. De acordo a Qualcomm, um usuário esportista poderá usar seu relógio por até 15 horas (em um exemplo de um aparelho com bateria de 450 mAh) usando GPS e sensor frequência cardíaca.

O mercado de smartwatches não é menosprezado pela Qualcomm, muito pelo contrário, e a empresa conta com orgulho que já existem mais de 200 aparelhos wearables equipados com seus processadores. Apesar do ciclo de lançamentos de dois em dois anos, a Qualcomm já está equipando 80% dos aparelhos com o sistema Wear OS do Google, o que é bem significativo. O Snapdragon Wear 2100 nós já conhecemos de outros carnavais, pois foi lançado em aparelhos como o Zenwatch 3 da Asus, mas a Qualcomm também já lançou o Snapdragon Wear 1200 e o Snapdragon Wear 2500, apresentado este ano, mas que não era uma verdadeira evolução.

Saiba mais na Qualcomm sobre o novo processador que irá equipar a próxima leva de relógios inteligentes Wear OS.

relacionados


Comentários