Novidades Apple — MacBook Pro com Touch Bar e Apple TV com Guia da TV reinventado

apple-001

Em evento realizado hoje, a Apple enfim introduziu novidades que todo mundo já sabia há semanas: uma Touch Bar em seus novos MacBooks Pro e um TV-Guide reimaginado na Apple TV.

Falemos pelo mais básico, a Apple TV. O último microconsole da Terra com o qual alguém ainda se importa já possui uma lista de mais de 2 mil títulos (de um total de 8 mil apps), e acaba de ganhar mais um para a alegria de muita gente: Minecraft, já presente no Mac e iGadgets logo será lançado também para o set-top box, basicamente a última plataforma que faltava. Ele chega à Apple TV até o fim do ano.

O Twitter também recebeu um gás no dispositivo. O app terá uma maior integração com o que você estiver assistindo, exibindo a timeline em tempo real com tweets relacionados. O tipo de ação que já fazemos com nossos smartphones ou tablets em mãos, mas agora a Apple quer que a segunda tela se resuma a uma só. Eu vejo como uma opção a mais que pode vir a ser interessante, e além disso o Twitter precisa mesmo chamar atenção para longe da situação que enfrenta no momento (mais em breve).

Mas a novidade do dia em relação à Apple TV foi mesmo a confirmação dos rumores acerca da interface integrada, um guarda-chuva comum para conteúdos de diversas fontes. E ela fez isso introduzindo um novo app, chamado apenas de… TV.

apple-tv

O TV se comporta como a opção padrão para assistir conteúdos de vídeo na Apple TV, sendo a primeira opção já selecionada no tvOS. Ele exibirá os programas principais, sugerirá o que assistir a seguir baseado no que você já executou e terá a opção de sugerir conteúdos ao vivo, com a Siri sendo aprimorada para facilitar a busca. Claro que essa função específica é voltada ao mercado norte-americano, mas nada impede que a opção apareça em outras regiões com o tempo.

O funcionamento do TV é simples. Se você selecionar um programa que pertence a um app que não está instalado, ele se encarregará disso e você só terá que autenticar uma vez; os demais sequer serão executados, você verá apenas o que quer assistir e não terá que migrar de um serviço para outro. O TV, segundo a ideia da Apple é o único que você utilizará. E isso vale tanto para a Apple TV quanto para iPhone e iPad (mas esqueça, como era de se esperar os apps mobile não conversam com o Chromecast).

Na prévia vimos várias plataformas integradas ao TV, mas uma em especial não foi vista: a apresentação da Apple não exibiu nenhum conteúdo original da Netflix e segundo informes, o serviço está fora da proposta.

A previsão é que o TV seja liberado num futuro update de graça para Apple TV, iPhone e iPad até o fim do ano nos Estados Unidos.

macbook-pro-002

Dito isso vamos ao prato principal, o MacBook Pro. A linha de notebooks de ponta da Apple foi renovada e estão menores, mais finos, mais leves (o modelo de 13 polegadas consegue ser menor que o Air e pesar a mesma coisa) e igualmente potentes. Porém a novidade mesmo (que todo mundo já conhecia) é a Touch Bar.

The new MacBook Pro featuring Touch Bar – So much to touch – Apple

A ideia da Touch Bar, uma tela touch de LCD logo acima do teclado é prover uma experiência de uso mais orgânica, de modo que as teclas legadas Funcion não podem. Segundo o VP de marketing da Apple Phil Schiller, as teclas de F1 a F12 desempenharam um papel importante no início da computação pessoal, mas hoje elas são basicamente inúteis. Você pode mapeá-las para realizar diferentes funções mas elas são basicamente um espaço morto, que é melhor aproveitado com a Touch Bar.

E de certa forma a Apple está certa. Como a Touch Bar é contextual ela irá exibir diferentes tipos de controles de acordo com o programa em execução: desde um teclado de Emojis com o Telegram aberto à timeline de um programa de edição de vídeo, como o Final Cut Pro (que será atualizado). Photoshop? Também recebe controles mais intuitivos, que podem ser botões a slides. O ESC ainda vive, mas também foi transformado em botão digital. E a Touch Bar permitiu que o MacBook Pro se tornasse compatível per se com o Apple Pay, sem depender de um iGadget.

Embora a Microsoft tenha pensado no Surface Dial como um incremento da experiência touch para profissionais, a Touch Bar é uma ferramenta que muda completamente a interação com o computador para todo mundo. E não duvido que em breve periféricos de diversas empresas aposentem as teclas Function em prol de soluções semelhantes.

Na parte do hardware, a linha Macbook Pro conta com processadores Intel Core i5 ou i7 de sexta geração, a partir de 8 GB de RAM, GPU Radeon Pro 450 ou 455 no modelo de 15″, SSD mais rápido (taxa de transferência de até 3,1 GB/s), bateria de até 10 horas de duração e… quatro portas Thunderbolt 3, compatíveis com USB 3.1 ao utilizar o conector Type-C.

macbook-pro-003

Cada uma das portas pode ser utilizada tanto para dados como para alimentar o MacBook Pro, e as especificações lhes permitem encadear até dois monitores 4K ao mesmo tempo, seja HDMI ou DisplayPort. Claro que isso teve um custo: a Apple abandonou o leitor de cartões de memória, quem precisar que arranje um adaptador externo.

The new MacBook Pro — Design, Performance and Features — Apple

Precinhos: o modelo mais básico, com 13″ e sem Touch Bar (sério?) custa US$ 1.499 ou R$ 11.499; já o de 13″ com Touch Bar sai por US$ 1.799 (R$ 13.899) e o de 15″, US$ 2.399 (R$ 18.499). E claro, todos são customizáveis. A pré-venda nos Estados Unidos já está disponível, aqui ainda vai demorar um pouco.

https://www.youtube.com/watch?v=gL2Dh4_F2-M

Apple – Accessibility – Sady (with Audio Descriptions)

A Apple não esqueceu da acessibilidade, na verdade ela abriu o evento falando dela. Tim Cook acredita que permitir o acesso a todos é essencial para promover a evolução tecnológica e da humanidade como um todo, e para isso apresentou uma nova página totalmente acessível para lembrar das iniciativas da maçã em inclusão social. Vale a conferida.

Relacionados: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Profissional de TI auto-didata, blogueiro que acha que é jornalista e careca por opção. Autor do Meio Bit e Portal Deviante, podcaster/membro fundador/Mestre Ancião do SciCast e host/podcaster do Sala da Justiça.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples