Home » Entretenimento » Série Seinfeld continua rendendo milhões 30 anos depois

Série Seinfeld continua rendendo milhões 30 anos depois

30 anos depois de ter sido lançada, a série Seinfeld continua rendendo muito, com novos contratos com Netflix (em streaming) e Viacom (em TVs a cabo)

28/09/2019 às 23:19

30 anos depois da sua estreia na TV, e 21 anos depois de ter seu último episódio exibido na NBC, a sitcom Seinfeld continua a ser um verdadeiro fenômeno, e o negócio que licenciou os direitos globais de streaming da série para a Netflix deixou ainda mais prósperos seus criadores, Larry David e Jerry Seinfeld, que devem estar rindo à toa.

Série Seinfeld ainda rende milhões, 30 anos depois de lançada

De acordo com informações do The Wrap, o lucro de Jerry Seinfeld e Larry David no acordo com a Netflix foi bem significativo, e uma fonte diz que cada um deles teria ganho de US$ 100 a 125 milhões, embora outra garanta que as cifras são bem mais elevadas do que isso. Vale lembrar que falamos sobre a possibilidade de Seinfeld ir pra Netflix aqui no MB uns 3 anos atrás.

Depois de ter perdido Friends e The Office para a concorrência, a Netflix resolveu investir forte na melhor sitcom de todos os tempos, Seinfeld, pagando US$ 500 milhões por um contrato de 5 anos de exclusividade na exibição mundial da série, válido a partir de 2021).

Esse foi o praticamente o mesmo valor pago pela NBCUniversal pra tirar The Office da Netflix, e não é muito maior do que os US$ 425 que a Warner pagou por Friends, então dá pra ver que a Netflix resolveu correr atrás do prejuízo. Outra sitcom amada pelos fãs é How I Met Your Mother, mas como essa série é uma produção da 20th Century Fox, é bem possível que ela continue no Hulu, ainda que exista a possibilidade de ir parar no Disney+.

Por falar em produtoras, Seinfeld é da Castle Rock Entertainment, que atualmente pertence a Warner Bros., e assim é bem curioso que eles não tenham se esforçado para colocar a série no serviço de streaming unificado da empresa, o HBO Max, mas negociações são assim, quem oferece mais, leva.

Até outubro de 2021, nada muda para os espectadores assíduos de Seinfeld, entre os quais me incluo. Nos Estados Unidos, a série segue sendo exclusividade da Hulu até esta data, quando passará para o catálogo da Netflix. Aqui no Brasil a série segue sendo exibida no Prime Video da Amazon.

Esse negócio com a Netflix não foi o único rendimento recente da antiga série, que teve seus direitos licenciados para TV a cabo nos Estados Unidos pela Viacom, em um negócio com cifras ainda não reveladas, também a partir de 2021. Pelo acordo, Seinfeld poderá ser exibida nos canais Comedy Central, Paramount Network e TV Land, e em breve também no canal Pop TV da CBS.

É impressionante como a série Seinfeld continua sendo relevante e engraçada até hoje, o que não é nada mal para uma sitcom que fala sobre... nada. Os méritos são do Jerry Seinfeld e do Larry David, que criaram essa maravilha de série que nos diverte até hoje, além dos incríveis atores Jason Alexander, Julia Louis-Dreyfus, Michael Richards e grande elenco, sem esquecer dos roteiristas e produtores.

Além dos dois, quem deve estar comemorando (e muito) todos esses lucros é a Sony Pictures Television, que tem em suas mãos uma verdadeira mina de ouro, e já deve estar pensando na próxima rodada de negociações, quando vencerem os contratos que começam em 2021.

 

 

relacionados


Comentários