Home » Games » Executivo da Warner revela: o PS4 Pro é e não é um console 4K

Executivo da Warner revela: o PS4 Pro é e não é um console 4K

Executivo da WB revela: o PS4 Pro possui ajustes que só aproximam a qualidade dos games do 4K

3 anos atrás

Há dois anos, a Sony apresentou o PS4 Pro, a versão revista e ampliada de seu console de mesa com uma GPU mais potente e compatibilidade a HDR e 4K, este último algumas vezes reforçado durante a apresentação. O console seria poderoso, saindo na frente do Xbox One S e, em teoria, equiparável ao Xbox One X. Mas será que o PS4 Pro roda jogos em 4K mesmo?

Errado. Marketing é uma coisa, realidade é outra. Agora que a poeira baixou e as especificações reais do console são conhecidas, a empresa veio a público esclarecer os principais pontos a respeito do novo console, jogando um balde de água fria nos empolgados.

Sinceramente, eu achei a apresentação do PS4 Pro, na época, deveras estranha. Anteriormente, quando ele ainda era conhecido como PS4 Neo todas as declarações apontavam para um console capaz de reproduzir vídeos em 2160p, mas não games. Essa é a atual capacidade do Xbox One S, por exemplo. O antigo Scorpio, atual Xbox One X, esse sim é uma plataforma capaz de verdadeiramente executar games em 4K.

E, de repente, a Sony sai com o PS4 Pro batendo na tecla de games em 4K e HDR. O segundo não é problema, mas o primeiro levantou algumas suspeitas de que havia uma marmotagem, já que os prazos eram apertados demais. E não deu outra.

Em entrevista ao Engadget, o SVP de Produção e Desenvolvimento da Warner Bros. Interactive, Peter Wyse, jogou no ventilador e desmascarou a gambiarra da Sony com o PS4 Pro: ele possui um modo de upscaling avançado, chamado "Quality Mode" que escala a resolução de acordo com a performance do game. Segundo o executivo, é possível chegar a uma qualidade de vídeo de cerca de 90% do 4K, mas não a real.

Já outro recurso, chamado de "Resolution Mode" trava a qualidade do game em uma resolução acima do Full HD, mas novamente não chegando ao 4K. É possível que seja em 2K/Quad HD (1440p), o que é uma qualidade elevada, porém já experimentada, presente em diversos smartphones Android e que muitos games para PC suportam.

As demos de The Lord of the Rings: Shadows of Mordor e Rise of the Tomb Raider estavam lindos, com um nível de detalhes e quantidade de elementos superiores aos vistos no PS4 "vanilla", mas ainda assim não chegariam a 2160p real. E a Sony já revelou que Horizon: Zero Dawn também não rodará em 4K real.

Não que, em teoria, o PS4 Pro não suporte renderização em 4K. Ele é plenamente capaz disso, a demo de Mass Effect: Andromeda, rodando já deixou isso bem claro (detalhe: ele rodará em 30 fps em ambos consoles; The Last Guardian também), mas não veremos o recurso em todos os games, em princípio. Suportar games em 4K é difícil, consome recursos do hardware em excesso e só com muita otimização veremos títulos totalmente compatíveis.

Vale lembrar também que para jogos antigos será preciso um patch de atualização para que eles possam gozar da alta resolução, o que ficará a cargo de cada desenvolvedora. Ao mesmo tempo, a Sony cortou gastou e preferiu não incluir um player Blu-ray Ultra HD, e nisso o Xbox One S está em vantagem.

Em suma: o PS4 é sim um console 4K, mas a resolução não será um recurso que veremos em todos os games daqui para a frente. Ele é mais poderoso pero no mucho que o Xbox One S e não tinha competidor direto até o lançamento do Xbox One X. Por enquanto, a vantagem dos games em altíssima qualidade será um gimmick bem restrito.

Com informações: Engadget

relacionados


Comentários