Home » Games » Análises » Dirt Rally — Review

Dirt Rally — Review

Com gráficos muito bonitos, uma simulação de física precisa e um nível de dificuldade elevado (mas altamente recompensador), Dirt Rally é o jogo pelo qual os fãs da modalidade sempre esperaram. Leia nossa análise!

3 anos atrás

dirt-rally

Basta assistir qualquer documentário sobre a história do rally para entendermos o quão fascinante é essa modalidade do automobilismo e depois de muito esperar por um jogo sobre o esporte que se dispusesse a entregar uma experiência tão desafiante quanto recompensadora, eis que surge a Codemasters com o Dirt Rally.

Conhecido pela qualidade dos seus jogos de corrida, confesso que eu andava bastante decepcionado com o estúdio, principalmente pela abordagem espalhafatosa que vinha dando à categoria, o que começou após eles abandonarem o nome do multicampeão Colin McRae. A série Dirt passou então a deixar em segundo plano as provas mais tradicionais, preferindo adotar uma dinâmica voltada para um público mais novo e a partir dali eu perdi quase que totalmente o interesse por ela.

Aí veio o anúncio do novo jogo e com ele a promessa de que voltariam às raízes. Num primeiro momento eu não acreditei muito no que eles disseram e com o Dirt Rally tendo sido disponibilizado com acesso antecipado, preferi esperar para ver como o desenvolvimento seguiria. Pois para a minha sorte (e de todos que adoram corridas mais tradicionais), o título realmente conseguiu entregar o que havia sido prometido.

dirt-rally-3Sem toda aquela pirotecnia dos Dirts anteriores, o que fazia com que os jogos parecessem mais uma edição dos X Games do que propriamente o World Rally Championship, no Dirt Rally o foco está nas etapas dos rally e principalmente, em fazer com que os pilotos e os carros sejam o centro das atenções. No jogo até os menus serão os mais simples possíveis, mas não se engane, isso não quer dizer que você terá vida fácil ao iniciar uma corrida.

Na verdade, esse talvez seja o jogo de corrida mais exigente com o qual eu já tive contato, onde qualquer deslize poderá colocar toda a prova a perder e fazendo com que tenhamos que prestar total atenção aos mínimos detalhes. Isso também quer dizer que, como em uma prova real da modalidade, o copiloto será de fundamental importância durante as corridas e se você não está acostumado a prestar a atenção no que ele tem a dizer, pode se preparar para mudar de comportamento.

Porém, se tamanha exigência deverá fazer com que muitos não tenham paciência para dominar o jogo, ela também recompensará de de maneira impressionante os que persistirem. Para traçar um paralelo com outra franquia de sucesso, podemos citar o Dark Souls, pois assim como no RPG da From Software, obter êxito no Dirt Rally nos garantirá momentos de euforia inesquecíveis, mesmo sabendo que não haverá muito tempo para comemorar, pois logo adiante muito provavelmente cairemos numa armadilha — no caso uma curva fechada ou um obstáculo no canto da pista.

De fato, o ponto alto da criação da Codemasters está no enorme nível de tensão que ela consegue nos proporcionar, fazendo com que cada etapa seja extremamente difícil e não foram raras as vezes em que só após cruzar a linha de chegada percebi como minhas mãos estavam suadas e os músculos do pescoço endurecidos, tudo fruto do realismos proporcionado e do cuidado para não cometer erros que poderiam ser fatais.

Também contam pontos para essa maior imersão o espetacular trabalho feito pelo estúdio na parte técnica, seja nos gráficos belíssimos, na precisa simulação da física ou no quase irretocável design de som, que só perde alguns pontos devido a estranha dublagem em português (mas nada que desmereça o título).

dirt-rally-2

Contudo, algo que alguns poderão reclamar é da lenta progressão do modo carreira do Dirt Rally, o que nos fará disputar os mesmo campeonatos por diversas vezes para que assim possamos juntar o dinheiro necessário para adquirir carros mais poderosos. Porém, é importante dizer que quanto mais jogarmos, mais forte nossa equipe se tornará, inclusive desbloqueando melhorias para os automóveis que já possuímos e isso também pode ser apontado como uma decisão de design importante para um jogo tão difícil.

Penso dessa forma porque, assim como acontece no Dark Souls, no Dirt Rally a experiência será fundamental para obtermos sucesso, o que quer dizer que se no início mal conseguimos fazer uma curva decentemente, com a prática nos tornamos mais abusados e aos poucos começamos a sentir que os carros estão sob nosso controle. De qualquer forma, variedade não faltará, com o game oferecendo carros de 16 montadoras e uma grande quantidade de pistas, sendo que muitas delas demoram vários minutos para serem completadas.

Talvez o único ponto que eu criticaria seria a falta de um bom tutorial, pois apesar do jogo contar com várias videoaulas que serão muito importantes, acredito que seria muito melhor se ele nos oferecesse uma espécie de academia, assim como temos por exemplo no Gran Turismo.

Isso posto, eu arriscaria dizer que o Dirt Rally é o melhor jogo que a modalidade já recebeu, mas que justamente por tentar ser tão fiel a realidade poderá não agradar aqueles que não sabem o quão exigente pode ser uma prova de rally. Ainda assim, se você gosta de jogos de corrida, procura um bom desafio e gostaria de conhecer um pouco mais sobre esse fantástico esporte, recomendo fortemente sua aquisição. Só não vá atirar o controle na parede por frustração, principalmente no início.

O jogo foi cedido para análise pela Nuuvem e se você quiser comprar ele ou qualquer outro título disponível na loja com 10% de desconto, basta utilizar o cupom MEIOBITNANUUVEM.

relacionados


Comentários