Home » Games » Games para PC » EA não descarta Cross-Play no Titanfall 2

EA não descarta Cross-Play no Titanfall 2

Diretor do Titanfall 2 diz que a EA não descarta a possibilidade do jogo passar a aceitar partidas entre plataformas e para o produtor do FPS, o desequilíbrio entre jogadores usando controle e outros com teclado e mouse não seria um problema.

3 anos atrás

titanfall-2

No final de outubro a EA lançará o Titanfall 2 para PC, PlayStation 4 e Xbox One e uma dúvida que já deve ter passado pela cabeça de muita gente é se o jogo aproveitará a onda de partidas entre plataformas iniciada pelo Rocket League. Para os interessados, a boa notícia é que apesar desse possibilidade ainda ser pequena, ela não está totalmente descartada.

Não estamos planejando fazer isso para o lançamento,” declarou o diretor Steve Fukuda. “Por enquanto a resposta é não, mas não estamos fechando a possibilidade.

Tal opinião reforça um comentário feito pelo produtor Drew McCoy há alguns meses, quando este defendeu que a mistura de jogadores usando controles e teclado e mouse teoricamente não seria um problema, bastando o título organizar as partidas levando em consideração o nível de habilidade das pessoas.

Sendo assim, então porque a editora não implementa logo as partidas Cross-Play? Pois de acordo com o programador Jon Shiring, um dos problemas estaria no fato de os sistemas de conversa por voz e de criação de grupos ainda não funcionar muito bem entre plataformas diferentes.

Pode parecer história de pescador, mas já participei de várias partidas no primeiro Titanfall para PC usando um gamepad e em que fiquei entre os primeiros colocados, então acredito que não seria assim tão ruim fazer essa mistura entre plataformas, pelo menos não para aqueles que só querem se divertir.

Além disso, acho que existe uma maneira ainda mais simples de evitar um desequilíbrio entre os jogadores, que seria nos permitir filtrar as partidas por aquelas em que estejam apenas jogadores que estejam utilizando um controle, mas de qualquer forma, tal recurso deverá demorar um pouco para ser implementado.

Agora, uma coisa que não entendo é porque a EA cogita a possibilidade de partidas entre plataformas num FPS, mas nunca ouvi eles citarem algo assim para a sua franquia que talvez mais implora por isso, que é a FIFA. Isso sim seria uma novidade fantástica e que imagino, uma a que ninguém faria objeções.

Fonte: Shacknews.

relacionados


Comentários