Home » Games » Games para PC » Battlefield 1 e uma viagem pela Primeira Guerra Mundial

Battlefield 1 e uma viagem pela Primeira Guerra Mundial

EA anuncia o Battlefield 1 e um dos principais destaques do jogo promete ser a sua ambientação, a Primeira Guerra Mundial.

3 anos atrás

battlefield-1

Na semana passada a Electronic Arts anunciou o novo capítulo da série Battlefield e assim como alguns vinham especulando, dessa vez ela nos levará até a Primeira Guerra Mundial, conflito que tirou a vida de tanta gente, mas que nunca ganhou na indústria do entretenimento um espaço parecido com aquele que costuma ser dado à guerra que a sucedeu. Pois na minha opinião, é justamente essa ambientação que promete ser um dos destaques do jogo.

Ao conceder uma entrevista para o site GamesBeat, o designer chefe Daniel Berlin falou um pouco sobre a campanha principal do Battlefield 1 e explicou porque eles optaram por este período da história.

Quando ambientamos esse jogo, queríamos descrever não apenas a visão comum do que é a guerra. Queríamos desafiar alguns preconceitos. Queríamos nos aprofundar em alguns desconhecidos da primeira Guerra. Talvez as pessoas não saibam que aquela pessoa lutou ou que pessoa lutou, que aquele exército esteve envolvido.

Algumas dessas pessoas a quem Berlin se refere são os Harlem Hellfighters, um grupo de infantaria do exército dos Estados Unidos que ganhou esse apelido dos alemães devido ao comprometimento e as vitórias que conseguiu na Europa. O detalhe é que numa época em que os brancos não queriam nem mesmo estar perto de negros, essa unidade era formada basicamente por afro-americanos e porto-riquenhos, tendo sido de extrema importância para o avanço das tropas no território.

Porém, apesar do jogo até trazer uma estátua de um desses soldados na edição de colecionador ou sua imagem na capa do Battlefield 1, ele não girará apenas em torno dos Harlem Hellfighters. Segundo Berlin, a campanha abordará a guerra pelo ponto de vista de diversos personagens, incluindo aí uma guerreira beduína que pode ser vista no primeiro trailer, numa clara tentativa de levar diferentes histórias aos jogadores.

O jogo ainda tentará mostrar que a Primeira Guerra serviu para que muitas armas novas fossem testadas, por isso tínhamos até soldados usando rifles automáticos e semiautomático (ao contrário do que muitos pensam), além de tanques causando muita destruição e aviões sobrevoando os campos de batalha. Porém, os combates a curta distância também estarão presentes e isso talvez possa fazer deste o capítulo mais sangrento da franquia.

O difícil por enquanto é saber até que ponto o enredo do jogo será fiel aos acontecimentos, mas mesmo que ele esteja repleto de pura ficção, acho que o importante aqui é o espaço que a EA está abrindo abrindo para um conflito tão interessante e infelizmente tão ignorando tanto pela indústria do cinema quanto pela dos games.

Como sempre digo, os games tem um potencial enorme para levar um pouco de cultura para as pessoas e fazê-la se interessar por assuntos que elas nem sabiam que poderiam gostar. Neste sentido acho que o Battlefield 1 parece bastante promissor e por isso não vejo a hora de chegar o dia 21 de outubro, quando o título chegará ao PC, Xbox One e PlayStation 4.


Battlefield™ — trailer oficial de apresentação de Battlefield™ 1

relacionados


Comentários