Home » Games » Miscelâneas » Gypsum, o jogo de fantasia que a Bungie cancelou

Gypsum, o jogo de fantasia que a Bungie cancelou

Ex-compositor da Bungie revela que estúdio estava desenvolvendo um jogo de fantasia no início dos anos 2000, mas que o sucesso do Halo acabou fazendo com que o projeto fosse cancelado.

3 anos atrás

minotauro

Fundada em 1991 e sendo conhecida principalmente pelos vários jogos de ficção científica que criou, especialmente os da série Halo e mais recentemente o Destiny, a Bungie por pouco não se arriscou no mundo da fantasia no início da década 2000 e quem fez tal revelação foi Marty O’Donnell, compositor e design de som que por muitos anos trabalhou na desenvolvedora.

Conhecido internamente como Gypsum, o projeto estava sendo desenvolvido por duas pessoas que haviam criado uma modificação para o Myth: The Fallen Lords, jogo que a empresa lançou em 1997. Segundo ele, o desenvolvimento começou depois do lançamento do Halo: Combat Evolved e também utilizava a mesma engine do jogo de estreia do Master Chief.

De acordo com O’Donnell, o título de ação em terceira pessoa seria uma mistura de fantasia com mitologia e nos colocaria no controle de um Minotauro que utilizaria um enorme martelo e muita magia para derrotar seus inimigos. O interessante é que o compositor afirma que o desenvolvimento chegou a avançar bastante, inclusive com um protótipo jogável sendo criado e que já contava com músicas e efeito sonoros.

Contudo, o projeto acabou sendo cancelado para que a Bungie pudesse trabalhar no Halo 2, o que devido ao sucesso que o primeiro jogo fez e a provável pressão que a Microsoft colocou sobre o estúdio, é plenamente compreensível.

O engraçado nessa história é que embora o Gypsum não seria a primeira vez em que a desenvolvedora lançaria um título de fantasia, ele poderia ter ajudado a diminuir a impressão de que a Bungie só sabe criar games futurista, mas o Halo ter se tornado o carro chefe do Xbox dificultou esse processo e por isso só podemos tentar imaginar o que eles poderão desenvolver se um dia decidirem optarem por explorar outros caminhos.

Já pensou algo nos moldes do Destiny, mas ambientado num mundo de fantasia? Acho que seria bem interessante.

Fonte: GameInformer.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários