Home » Games » Games para PC » Imagens vazadas da Engine Source 2 mostram protótipo next-gen de Left 4 Dead 2

Imagens vazadas da Engine Source 2 mostram protótipo next-gen de Left 4 Dead 2

Vazamento de apresentação do PowerPoint exibe imagens de cenários de Left 4 Dead 2 recriados utilizando supostamente a Engine Source 2 da Valve

6 anos atrás

l4d2-source-2

Enquanto a equipe de game developers frustrados do #SciCast tenta definir qual a melhor engine de jogos, a Valve dá novos indícios da existência da Source Engine 2, cujas primeiras informações surgiram em 2012.

Tudo começou quando um usuário do NeoGAF (sempre eles) conseguiu sabe-se lá como colocar as mãos numa apresentação em PowerPoint (o que houve Gabe? Você não tinha declarado guerra à Microsoft?) voltada a desenvolvedores exibindo o que a Source 2 é capaz de fazer. As imagens que aparecem são cenários recriados de Left 4 Dead 2 utilizando o novo motor gráfico, o que levou a diversas especulações (clique na imagem abaixo para ampliar).

source-2-leak

Diversos cenários do game teriam sido recriados na Source 2 com grande quantidade de detalhes, de modo a chamar atençaõ para desenvolvedores e investidores para o que pode ser a nova fase da Valve com games de qualidade ímpar.

Evidentemente que alguém em algum lugar viu as imagens, anexou posição da grama, iluminação e outras coisas, jogou uns búzios e declarou "Half-Life 3 confirmado", mas é bom ir devagar com andor. Não seria nem um caso de remake de L4D2 ou mesmo de L4D3 para o futuro, pois não seria a primeira vez que uma empresa utilizaria um game antigo para apresentar um novo motor gráfico ou as capacidades técnicas de uma plataforma ou console, até para causar impacto na pessoa que conhece o antigo. Por exemplo:

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=cv8cYrGG220]

Em novembro a Source completará dez anos, sendo seus primeiros games CS: Source e Half-Life 2. Ainda há resquícios da Quake Engine que Gabe Newell utilizou para desenvolver Half-Life e criar a Valve, portanto já está mais do que na hora de utilizar um novo motor, ainda que a empresa tenha tirado leite de pedra com Portal 2. Entretanto tudo tem limite, e não dá para manter a Source com bengalinha para sempre. A única coisa que a nova Source não garante é se a Valve vai aprender a contar além de dois.

E não deixe de ouvir a segunda parte do #SciCast com Caio Corraini do podcast Games On The Rocks sobre Game Engines, onde discutimos qual o melhor motor, qual o mais simples de trabalhar e discutimos um pouco sobre jornalismo de games e o cenário indie, principalmente o brasileiro.

scicast-014-mp3

Fonte: PCG.

relacionados


Comentários