Steam e a perigosa tentativa de se tornar uma loja mais aberta

Ultimamente Gabe Newell tem dado diversas declarações sobre a preocupação da Valve em tentar adaptar o Steam as mudanças do mercado, algo que ele afirma ser necessário para que o serviço não perca sua liderança e durante uma interessantíssima palestra aos estudantes da Universidade do Texas o executivo falou um pouco sobre como eles pretendem facilitar o processo de publicação através da loja.

Neste momento o Steam é essencialmente uma loja controlada. É um monte de outras coisas, mas você pode pensar nele como uma loja controlada por nós. Nós temos essas pessoas que trabalham duramente recebendo telefonemas de outras companhias dizendo, ‘Ei, vocês podem colocar meu jogo no Steam’, e elas respondem ‘Oh, sabe, nós publicamos três jogos hoje…’.

Essencialmente – querendo ou não – nós nos tornamos um gargalo em termos de conteúdo se conectando ao usuário… Ao invés de ter esse loja controlada queremos dizer, ‘Ok, se você pensar sobre isso corretamente, seria algo como uma rede API.’ Deve ser esse modelo de distribuição – e sim, você precisa se preocupar com vírus, malwares e coisas desse tipo – mas essencialmente qualquer pessoa deveria ser capaz de publicar qualquer coisa no Steam.

Tal comentário provavelmente agradará algumas desenvolvedoras, já eu imagino que algo tão anárquico seja um tanto perigoso e a única coisa que consigo pensar é no Steam se transformando em alguma coisa parecida com o canal indie da XBox Live ou o Google Play e não tenho a menor dúvida de que não gostaria de ver isso acontecer.

É evidente que dar mais liberdade aos pequeno criadores poderia fazer surgir diversos jogos interessantes e abriria muitas possibilidades, mas por outro lado, tente imaginar o inferno que seria tentar encontrar algo que preste no meio de milhões de porcarias ou títulos que tentem simplesmente nos roubar e para ter uma noção de como seria, lembre-se do início do Steam Greenlight ou mesmo das reclamações que inundaram a internet na época do lançamento do The WarZ.

Relacionados: , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples