Mobile
Mobile
Digital Drops Blog de Brinquedo

Google adquire Motorola Mobility por U$ 12,5 bi e mostra que #mimimi pode ser uma eficiente técnica de distração

Por em 15 de agosto de 2011
emInternet Meio Bit Mobile relacionados            
Mais textos de:

  • Rubens Rogatti

    claro que teremos Android … para os “parceiros”… e Android+ para os “Grola”.

    ainda advogo um levante “racker” e o advento de um smart multi-boot… chupem e engulam big players mobile…

  • Rubens Rogatti

    claro que teremos Android … para os “parceiros”… e Android+ para os “Grola”.

    ainda advogo um levante “racker” e o advento de um smart multi-boot… chupem e engulam big players mobile…

  • http://twitter.com/MaxTrollPower Max Power

    O Jobs deve estar passando por um surto psicótico neste momento…

    Contagem regressivas para as paródias com A Queda…

    • Marco Mugnatto

      Ballmer é que deve estar igual ao Hitler daquelas paródias do Youtube. Já o Jobs já está acostumado ha anos a ser “segundo lugar”, ou “grife dos frescos”. Se a Apple estivesse realmente esperando ser algo além disso ela abriria o iOS para outros fabricantes.

      • Fábio[portuga]

        “segundo lugar”, ou “grife dos frescos”….

        Em que mundo você vive? A Apple passou a ser recentemente a empresa mais valiosa do mundo! passando um grande petrolifera americana que era a primeira…

        Qual outro smartphone vende mais que o iPhone? qual tablet vende mais que o iPad?

        • http://twitter.com/mau_mesquita Maurilio Braga Mesquita

          Provavelmente ele está se referindo a época onde conjunto Wintel dominou completamente o mercado de PCs e produtos da Apple passaram a ser usados só por designers e outros artistas, sempre em segundo no pensamento no mercado geral. Ela agora é a empresa mais valiosa do mercado e pela segunda vez é a empresa de tecnologia mais falada, mas nada garante que ela caia de novo. E não estou criticando, só comentando.

          • http://twitter.com/MaxTrollPower Max Power

            Detalhe que o Wintel ainda domina.

            Ps.: Você estava falando dos telefones com Windows. Pensei que se referiu a Windows + Intel. :o)

          • http://twitter.com/mau_mesquita Maurilio Braga Mesquita

            Não, não, eu estava me referindo a Windows+Intel, mesmo. :) E exato, Wintel ainda domina, tanto que praticamente virou eletricidade ou água encanada: só se lembra que existe quando falta.

        • Anônimo

          A Exxon já retomou a liderança…

          Volatilidade do mercado e um pouco de especulação faz milagres :)

          Sobre os smartphones, a Apple tem 24% do mercado só (e caindo), o Android (como um todo e subindo) 35%. Obvio como smartphone “único” a grife é maior, mas não também não está com essa bola toda não, não é lider de mercado nem aqui nem na china.

          iPad já caiu de 94% para 61%….

          Em fim. A historia se repete. Apple tem excelentes produtos, mas assim como no desktop logo fica a um nicho restrito de pessoas.

          • http://twitter.com/MaxTrollPower Max Power

            Da última vez que li, no Gizmodo Br, o iPad estava com pouco mais de 50%. É verdade que o restante do mercado está pulverizado entre diversos fabricantes e que mesmo a soma dos xing-lings tem uma fatia considerável, mas mesmo assim foi uma queda e tanto pra quem tinha tudo.

            Ps.: Aqui está o artigo.

        • RoadMaster

          Numa era de liberdade sexual, de casamentos homoafetivos, de paradas GLBTs, não me surpreende que a Apple seja a empresa mais valiosa do mundo.

          • http://twitter.com/MaxTrollPower Max Power

            Na verdade ela passou a Exxon durante alguns minutos.

        • http://twitter.com/MaxTrollPower Max Power

          Passou a ser recentemente, mas durante anos ela viveu mal das pernas e quase foi a falência e até foi salva pela Microsoft. O público da Apple era basicamente de designers e outros tipos de frescos.

          Por isso ele disse está certo.

  • http://www.facebook.com/rafhabass Rafhael Marsigli

    Confesso que quando acordei e vi essa notícia fiquei espantado, afinal nem imaginava nos sonhos dentro de meus sonhos que isso poderia acontecer.
    Acredito que esse ano vai ter um mercado preparativo interessante para mim, como expectador.

  • carlitus

    Será que no meio de todo esse zumzumzum sobra um tempinho pro Google matar o maldito do Motoblur? :P

    • T E Lawrence

      Agora Googleblur: “Hello Google!”

      ________
      42

      • http://sanpicciarelli.co.cc/resume sanpicciarelli

        Ahahahahah, sensacional!

    • T E Lawrence

      Agora Googleblur: “Hello Google!”

      ________
      42

    • Marco Mugnatto

      Acho que só eu gosto do Motoblur. Bonito e agradável.

      • http://sanpicciarelli.co.cc/resume sanpicciarelli

        Isso é. Eu também curti a ‘facilidade’ quando vi.

        Mas o que todos odeiam é a marmotagem à coletar dados dos usuários na surdina, as péssimas práticas de venda desses dados, sem falar na falta de ética.

      • carlitus

        Bonito eu concordo. Agradável eu também achava pelo Defy ser o primeiro celular com Android que usei. O problema é que eu conheci uma coisa chamada CyanogenMod, aí sim vi como a Motorola é capaz de f*d*r com o Android. Até então eu sempre achei um pouco de exagero quando falavam mal do Motoblur, mas não é.

        O CM faz você pensar como pode uma empresa gastar tando com P&D para entregar um negócio tão mal otimizado, enquanto 2 ou 3 hackers conseguem fazer um sistema MUITO melhor. Meu Defy com CM7 é mais rápido, mais estável, com pelo menos O DOBRO de autonomia de bateria. E isso que o CM7 não tem uma versão estável ainda, o último RC foi lançado tem 1 mês, mas estou usando o build do último dia 5, já com Android 2.3.5.

        • http://twitter.com/la_gomes Luis Antonio Gomes

          A rom que você está usando seria a MIUIandroid Defy 1.8.5? Meu medo em usar uma Custom Rom é pegar uma que ferre o aparelho, pois no XDA existem muitos projetos pra ele

          • carlitus

            Não, eu estou usando o port oficial direto do CM7, sem nenhuma alteração posterior. A instalação é feita a partir de uma ROM Froyo stock rooteada.

            O nome do tópico lá no XDA é “[DEV][ROM] CyanogenMod 7 (Android 2.3.4)”, aberto pelo usuário Quarx, esse cara é o responsável pelo port oficial do CM7 pro Defy.

            É trabalhoso, mas o risco de brickar o telefone aparentemente é pequeno, pois basta ter a ROM original salva e flashear via RSD Lite se der tudo errado. No meu telefone deu tudo certo. Só fazer com a bateria totalmente carregada pra não ter erro.

      • http://twitter.com/MaxTrollPower Max Power

        Sim e é melhor você não expressar mais essa sua opinião.

      • Antonio Carlos da Graça Mota D

        O problema não é o Motoblur ser bom ou não. O ódio veio por ele ser o argumento da Motorola para não atualizar o Android.

    • Marco Mugnatto

      Acho que só eu gosto do Motoblur. Bonito e agradável.

  • Hugo Cardoso

    Será que a compra foi decidida tão rápido assim msm? Eu fiquei com a impressão que meses atrás quando a motorola se dividiu em 2 eles já planejavam a venda de uma delas…

    E agora “Google + Motorola + google voice” e “Microsoft+Skype+Nokia” eles não estariam em posição de vender seus smartphones com software próprio totalmente livres de operadoras? Afinal, com um skype bem integrado no Windows Phone, quem vai querer Claro Controle? hahaha

  • http://meiobit.com/author/max_laguna Emanuel Laguna

    Poxa vida, se o consórcio de 6 empresas (Motorola inclusa) que foi comprar as 6.000 patentes da Nortel faria bom negócio por US$ 4,5 bilhões; imagina a Google comprando 25.000 patentes por 12,5 bilhões de dólares?

    Notícia tecnológica do ano! ô.0

    • Beco

      achei que as empresas do consorcio seriam: Ericsson, Apple, EMC, Microsoft, Research In Motion (RIM) e Sony.
      Pode me informar fonte onde inclui motorola nesse consorcio?

      • http://meiobit.com/author/max_laguna Emanuel Laguna

        Opa, desculpa, faltou um ‘não’ no meu comentário. Corrigido!

        =¬/

      • http://meiobit.com/author/max_laguna Emanuel Laguna

        Opa, desculpa, faltou um ‘não’ no meu comentário. Corrigido!

        =¬/

      • http://meiobit.com/author/max_laguna Emanuel Laguna

        Opa, desculpa, faltou um ‘não’ no meu comentário. Corrigido!

        =¬/

    • http://twitter.com/MaxTrollPower Max Power

      Tio Laguna, essas 17.000 patentes são todas da divisão mobile, que foi a que o Google comprou?

      • http://twitter.com/MaxTrollPower Max Power

        Sua topeira! Se você tivesse se dado ao trabalho de entrar no link que o linkador postou veria que isso está respondido logo no início.

      • http://meiobit.com/author/max_laguna Emanuel Laguna

        Seriam 25 mil patentes se a Google tivesse levado toda a Motorola, acho. ;¬)

        • http://twitter.com/MaxTrollPower Max Power

          Eu acho que a parte móvel já é uma dor de cabeça suficientemente grande para o Google. :-)

          Até leitor de código de barras da Motorola, e estou me referindo a aparelhos novos, são um lixo. Diga, se de passagem que eles usam windows.

        • http://twitter.com/MaxTrollPower Max Power

          Eu acho que a parte móvel já é uma dor de cabeça suficientemente grande para o Google. :-)

          Até leitor de código de barras da Motorola, e estou me referindo a aparelhos novos, são um lixo. Diga, se de passagem que eles usam windows.

    • http://edulacerda.tumblr.com/ edulacerda

      É pra se pensar se realmente é bom negócio comprar uma divisão de uma empresa pelo equivalente a metade de seu faturamento anual.

  • Anônimo

    Curioso que tal email é sobre o caso da Novell, e o Google reclamava por causa da Nortel (Novell não tinha patentes mobiles)… Parece coisa de politico essa defesa da MS. Você vem com um caso, e ele se defende com outro.

    Já sobre a compra… Pode parecer ingenuidade, mas acho que sim foi algo feito as “pressas” e não fruto de uma estrategia genial. O Google queria sim as patentes, porém 4,5bi é algo muitoooooo acima do que o Google ofereceu (900mi se não me engano). E no caso era só pelas patentes. Calculadora aqui, calculadora ali, e em algum momento se tocaram (até sabiam antes é claro, mas acho que só caiu a ficha depois) que a Motorola tinha patente a doidado… E um marketshare que “cabia no bolso”, e com uma proposta de valorização de quase 63% nas ações, permanência no mercado, fazendo possivelmente melhor o que já faz, já que o principais produtos da empresa depende do Android que é justamente do Google, os investidores devem ter dado um “SIM” na hora.

    Afinal, se o Google não comprasse a Motorola, nessa tal guerra de patentes a Motorola só iria perder mercado, mesmo não sendo processada diretamente, indiretamente iria sofrer com as taxas para licenciar o Android. Desde o inicio do ano a Motorola estava perdendo valor de mercado, e a Motorola sozinha não tinha como se defender, tinha as patentes mais não tinha o controle do seu principal produto. Ela dependia do Google para defender o Android, acho que por isso a concorrência “agradeceu”, mesmo sabendo que o Google poderia produzir um SuperNexus os benefícios são maiores.

    Apple e MS comprariam a Motorola? Porque a Apple faria isso? Colocar o iOS no Milistone que não é. Seria só pelas patentes, mas nesse caso os investidores da Motorola iriam fazer biquinho. Afinal, seria o fim da Motorola. Ela teria que pagar o “preço” para fechar a empresa, ou seja, teria que pagar uma grana alta que incluiria o lucro da venda mais a projeção do lucro para mercado futuro… A MS quase a mesma coisa, mesmo que o WP7 pudesse entrar na linha da Motorola, ela fez um acordo com a Nokia justamente nesse segmento a pouco tempo, não sei ao certo os termos desse acordo, mas certamente seria péssimo para a Nokia, que poderia pular fora, e a Motorola Mobility não parece ter a mesma competência da Nokia.

    O que podemos ver como “contra ataque” seria a MS comprar a Nokia de vez, o que não deve ser fácil. Ou a Apple… Bem, acho que a Apple ficaria na dela fazendo o que sempre fez melhor, terceirizando o processo de produção para “Foxcons” da vida e investindo pesado na atualização do campo de distorção da realidade.

    • Marcoantoniosb

      melhor comentário que li hoje sobre esta aquisição, mas afinal o que envolve especificamente esta compra do google e o que resta da “outra” parte da motorola?

    • Marcoantoniosb

      melhor comentário que li hoje sobre esta aquisição, mas afinal o que envolve especificamente esta compra do google e o que resta da “outra” parte da motorola?

      • Anônimo

        Sinceramente? Não sei.

        Acredito que seja sim por causa do portfólio de patentes, porém ao adquirir a empresa toda, parte do lucro da empresa pode ser usado a médio/longo prazo para pagar o investimento. Fora que o know-how que torna ainda mais estreita as relações entre Google e Motorola, que já eram parceiros comerciais no segmento. Fica mais fácil para ambas as empresas lançar um bom produto no mercado.

        É bom lembrar que o Google é uma empresa do ramo de publicidade. O Android nada mais é que um “meio” que o Google usa para lucrar com publicidade mobile. Se o Android começar dar prejuízo para o Google ele certamente vai chutar o balde. Agora com a Motorola ele pode recolher um pouco do lucro do Android em sí, coisa que até agora ele não fazia.

        Já o resto da Motorola, deve continuar na mesma, fabricando modens e outros devices para empresas. Agora quem sabe não rola um Nexus M de brinde não é? :)

        • Maicon Faria

          Será que vão atualizar o nosso spice ? hehehehe !

          • Anônimo

            Hahaha! Sei lá, o novo eu não sei. Mas bem que poderiam fazer isso com o “antigo”. Ao que parece tem uma GPU adreno 200 mas sem driver.

            Mais alguma coisa hehe?

          • http://twitter.com/MaxTrollPower Max Power

            Sim, vale a pena comprar ações do Google/Motorola neste momento?

          • Maicon Faria

            eu ouvi que o google caiu e a nokia subiu… então acho que vale… a fragmentação… pior problema do android deve ser resolvida depois dessa jogada!

        • Maicon Faria

          Será que vão atualizar o nosso spice ? hehehehe !

        • http://twitter.com/MaxTrollPower Max Power

          Será que matam o Motoblur?

          • Anônimo

            É…. cansei….. :)

          • http://twitter.com/MaxTrollPower Max Power

            Você é nosso oráculo sobre o Google! :-)

        • Fernando Costa

          O que menos importa para motorola é o mercado de mobiles, em verdade será um alivio para ela, era uma pedra no sapato da empresa, essa divisão vinha dando prejuizo a algum tempo, e culminou numa mega reestruturação na empresa, já a algum tempo a Motorola havia separado o seguimento mobile do restante da empresa, e para quem não sabe, a divisão mobile já estava a venda , faltava um interessado em assumir o papel de comprador, realizado pelo google hoje, mas, que desde o lançamento do Xoom,(super protegido pelo google) já havia dado alguns sinais de que este “namoro” acabaria em “casamento”, o curioso no entanto, é que o mercado recebeu com certa “surpresa” esta aquisição, talvez porquê o momento vivido pelo mercado americano não fosse o mais propício para esta realização.

        • http://sanpicciarelli.co.cc/resume sanpicciarelli

          Wallacy, meu caro, a compra envolve apenas a divisão de Mobility da Motorola, não a companhia toda – o que custaria a multiplicação de mais algumas fortunas.

          A divisão comprada pelo Google inclui o objeto principal da aquisição – como mencionado – que são as patentes. Mas não apenas isso. A Mobility da Motorola tem mais de 30 anos de know-how com tecnologias portáteis. Na realidade, eles foram os primeiros a colocar um celular no mercado.

          Há um portólio de opções de infra-estrutura brutamontesco embedado nessa aquisição, que coloca à disposição do Google ferramentas, metologias, protocolos, algoritmos, etc etc etc à disposição de uma mescla com a infra de mobile do Android.

          Isso pode provavelmente converter o projeto do Android OS – que é essencialmente descentralizado ao melhor estilo Open Source – em algo cuja categoria ainda não viu. Ou seja, a ‘institucionalização ‘aberta’ de um projeto de código livre’ que, paradoxalmente, papou milhares de patentes do setor, licencia-se a si próprio e atua directamente junto a fabricantes que vão além da Motorola (mas que dependem profundamente do seu portfolio de patentes para subexisitirem e manterem suas operações).

          Pode incluir aí a Sony Ericsson, a Samsung (inimigo mortal da Apple agora), a HTC, a LG e outros titãs dor retalho e da distribuição, como a Best Buy e toda uma curriola deles.

          Sem contar, que amanhã de manhã os executivos e VPs do Google vão começar a ganhar caixas com trufas da Birmânia, chocolates Godiva e passagens de primeira classe para as Bahamas de praticamente todas as operadoras de telefonia que, sem ‘nenhum’ motivo, virarão seus melhores amigos de infância até a morte.

          Com uma paulada só, o Google não só fincou bem os pés no terreno onde ocorre a peleja pelo licenciamento de patentes e assim calou o “Consórcio”, como também fez-se cair nos bons olhos (cobiçosos) de operadoras, distribuidoras e fabricantes… numa paulada só.

          Essa aquisição e todas as suas implicações e desdobramentos é possivelmente a grande notícia de tecnologia do ano.

          PS: interessantes as tuas colocações, como sempre. Cheers.

          • http://www.facebook.com/victorgpserrao Victor Serrão

            San, não sei se concordo com todo esse valor que a Motorola teria. Sim, ela tem know-how e tradição. E teoricamente possui tecnologias que podem ser incorporadas ao que o Google já aprendeu nesses anos de Android. Mas também é fato que a Motorola contemporânea é uma empresa que conseguiu sabe-se lá como fazer de um tablet similar em especificações e software ao da Samsung, por exemplo, um vexame.

            Acho que a Motorola se perdeu no tempo. E continuo insistindo que a turminha que hoje apóia o Android está na mira da Microsoft, e pode virar a casaca a qualquer sinal de favorecimento da Motorola nessa história toda.

          • http://sanpicciarelli.co.cc/resume sanpicciarelli

            Entendo. E é um argumento.
            É que nesse caso em particular, a questão é pouco opinativa. Basta olharmos o valor das ações da Motorola na bolsa e a quantidade disponível. Vai ver que não é uma empresa barata.

            Alem disso, existem outros milhares de ativos. O que acaba determinando o valor de uma cia Sao estes e outros factores, como por exemplo não ter dividas, emprestar tecnologias, ser confiável e boa pagadora, relações com fornecedores, índices nas agencias de risco, etc etc etc.

            Acredite, seu argumento não esta equivocado sobre o posicionamento, mas a quantidade de conhecimento, licenças, patentes e todas essas outras coisas faz da Motorola (e outras) uma empresa bem cara de se comprar.

          • Anônimo

            Quando eu disse empresa “toda” me referi só a divisão mobile, que é de um certo modo “outra empresa” :)

            Realmente se fosse para comprar “toda” a Motorola a coisa seria muito mais cara, beirando os 50bi chuto eu.

        • http://edulacerda.tumblr.com/ edulacerda

          “O Android nada mais é que um “meio” que o Google usa para lucrar com publicidade mobile. Se o Android começar dar prejuízo para o Google ele certamente vai chutar o balde.”

          Exatamente, 12 bilhões é mais da metade do faturamento do Google no ano passado. E, salvo engano, é mais que o lucro que a empresa obteve. Agora se do faturamento do Google retirarmos só a porção correspondente ao Android, veremos que ao menos no curto prazo é um negócio não muito bom pelo aspecto puramente financeiro.

      • Humberto Henrique

        Proteção contra os ataques da MS, afinal a Motorola praticamente inventou o celular e tem um portfolio gigante de patentes.

    • RoadMaster

      Muito bem colocado. Mas acho que o alvo da Microsoft deve ser a RIM. Aliás, não me surpreenderá em nada se nos próximos dias o próprio Google anunciar a compra da RIM.

    • http://edulacerda.tumblr.com/ edulacerda

      900 milhões foi o lance inicial, mas o lance final foi bem maior. Até saiu que começaram a fazer lances bizarros como o Pi e outros.

      • Anônimo

        Sim sim, parece que o Lance final do Google foi 3.12bi. Realmente me equivoquei.

        De qualquer forma, ainda bem que não compraram. Os 12bi da Moto foi bem melhor investido.

    • Thiago Franco Martins

      Parabéns pelo comentário !!!
      Melhor do que todas as matérias que eu li a respeito …
      Parabéns novamente.

  • http://meiobit.com/author/max_laguna Emanuel Laguna

    Acho que a Google faria pressão oposta: quem não usar Android levaria fumo nas patentes!

    =¬) =¬D

    • http://sanpicciarelli.co.cc/resume sanpicciarelli

      E-xa-to!
      Mate, há tanta coisa para se falar desse movimento da Google.
      Quanto mais apuro, mais acho dooka a resposta dada.

    • http://sanpicciarelli.co.cc/resume sanpicciarelli

      E-xa-to!
      Mate, há tanta coisa para se falar desse movimento da Google.
      Quanto mais apuro, mais acho dooka a resposta dada.

  • http://twitter.com/rbicalho Ricardo Bicalho

    Guerra de Patentes – Fight
    Google compra Motorola: K.O.
    Google Wins!

  • http://twitter.com/MaxTrollPower Max Power

    Como o Google vive de publicidade os parceiros venderem bastante e continuarem usando Android é lucro pra ele.

    Acho mais provável que ele siga o esquema de troca de patentes. Você tem uma patente que eu quero e eu tenho uma que vocês querem…

    • Vinícius Pozzebon

      Max. Acho que agora a frase ficaria mais bem colocada assim:

      “Você tem uma patente que eu quero e eu tenho todas as que vocês quiserem…”

  • Junior Predador

    Que venham os Motorolas com Android puro e com atualização rápida! Quero ver qual vai ser a desculpa agora. Já estou vendo as concorrentes reclamando de concorrência desleal.

  • Junior Predador

    Que venham os Motorolas com Android puro e com atualização rápida! Quero ver qual vai ser a desculpa agora. Já estou vendo as concorrentes reclamando de concorrência desleal.

  • http://www.facebook.com/victorgpserrao Victor Serrão

    Eu estava pensando aqui, depois da notícia esfriar na minha cabeça… Enfim, acho que viveremos dias interessantes no mercado de smartphones nas próximas semanas. A pressão da Microsoft sobre o ecossistema Android tem objetivo claro e definido, que é o de tomar para si os parceiros que hoje apoiam o Android, tentando transferir para o mundo mobile a dominação ampla do Windows dentre os fabricantes de PCs. Com a morte já anunciada deles, é o movimento que garante a subsistência da Microsoft – nada mais natural e característico da turma do Ballmer.

    O movimento do Google mostra na verdade mais desespero do que exatamente força nesse momento. Eles abarcaram 17 mil patentes, é verdade. Mas também compraram um baita de um abacaxi – uma empresa de hardware mobile cujo último real sucesso foi o Razr, e cujo único mercado onde é líder é o moribundo mundo iDEN. E ainda assim, ganhando de WO.

    E é uma empresa que guarda em si o potencial real de desestabilizar todo o ecossistema Android. Como empresa autônoma, a única salvação da Motorola nesse momento é começar a desovar no mercado ótimos aparelhos, sejam smartphones ou tablets, sempre apoiados obviamente no Android. Ganhando no mercado, quantos segundos leva para Samsung, HTC & Cia começarem a acusar o Google de favorecer a Motorola?

    Do lado de lá, a Microsoft estará sempre de braços abertos. E aí quem entraria na linha de tiro é a Nokia – mas aí são outros quinhentos. And it’s not personal, it’s only business… Duvido muito que a turma do Ballmer teria o menor remorso de mandar a finlandesa para a vala, se isso significar dominar o fornecimento de sistemas operacionais para os maiores players do mercado.

    A única saída da Google é assumir o portfolio de patentes e dar um rápido fim à Motorola. No editorial do Engadget sobre a compra falaram que uma das coisas que interessariam ao Google na Motorola é a sua infraestrutura de suporte, então algumas áreas poderiam migrar para a estrutura do Google. Mas a Motorola como fabricante de aparelhos precisa morrer, ou ser rapidamente vendida.

    Fato é que o Google nunca esteve tão acuado. Mesmo as 17 mil patentes têm importância relativa na guerra das patentes. Do contrário era a Motorola que estava por aí dando tiros e comprando empresas.

  • http://ceticismo.net André

    Vamos ao que interessa: Os aparelhos ficarão bem mais baratos? Não? Ok, próxima!

    • Anônimo

      Na verdade, é provável que sim. Isso pode eliminar as sobretaxas que o Android havia tendo. Alguns aparelhos chegava a ter $40 de sobretaxa por guerra de patentes.

      • http://ceticismo.net André

        Estou me referindo aqui no Brasil. Não compro nada “lá”.

        • Anônimo

          Dai já não sei dizer. É provável (só provável) que exista alguma influencia no preço praticado no varejo “lá” e no preço final aqui. Entretanto não sei como essas “multas” por patentes são aplicadas.

          Mas ao que me parece, é um valor que a empresa tem que pagar pelo “numero” de Androids vendidos, assim que sai o balanço (mensal/anual/whatever). Nesse caso acho que não importa muito se ele é vendido aqui ou “lá”, ele vai sofrer um ajuste no preço.

          Agora se é uma taxa “local”, presumo que a única importância para os Brasileiros é a esperança de que a Motorola Brasil melhore seus serviços (cof, cof..).

        • Anônimo

          Dai já não sei dizer. É provável (só provável) que exista alguma influencia no preço praticado no varejo “lá” e no preço final aqui. Entretanto não sei como essas “multas” por patentes são aplicadas.

          Mas ao que me parece, é um valor que a empresa tem que pagar pelo “numero” de Androids vendidos, assim que sai o balanço (mensal/anual/whatever). Nesse caso acho que não importa muito se ele é vendido aqui ou “lá”, ele vai sofrer um ajuste no preço.

          Agora se é uma taxa “local”, presumo que a única importância para os Brasileiros é a esperança de que a Motorola Brasil melhore seus serviços (cof, cof..).

      • http://ceticismo.net André

        Estou me referindo aqui no Brasil. Não compro nada “lá”.

    • Anônimo

      Na verdade, é provável que sim. Isso pode eliminar as sobretaxas que o Android havia tendo. Alguns aparelhos chegava a ter $40 de sobretaxa por guerra de patentes.

  • http://ceticismo.net André

    Vamos ao que interessa: Os aparelhos ficarão bem mais baratos? Não? Ok, próxima!

  • http://profiles.google.com/pedroprt Pedro Oliveira

    agora a briga vai ficar mais justa, afinal são 17 mil patentes que agora são propriedade do Google e isso vai dar uma força enorme para processar a apple por quebra de um monte delas

  • http://sanpicciarelli.co.cc/resume sanpicciarelli

    Puwrra,
    alguns comentários aqui saíram quase-quase como uma matéria opinativa.
    E boas! Parabéns lads. E obrigado.
    Mean it.

  • http://sanpicciarelli.co.cc/resume sanpicciarelli

    Puts, mas aí o Android acabaria ou seria comprado por eles.
    Ainda bem que não rolou por aí. Melhor para nós consumidores…

  • Pingback: Motorola anuncia Milestone 3 e mais dois Androids no Brasil « Meio Bit()

  • Pingback: [opinião] Samsung ameaçando dar uma de louca: Ministro sul-Coreano fala em desenvolver OS proprietário em meio à plena guerra mobile contra Apple e Googlerola. « Meio Bit()

  • Pingback: Passaralho do Google chega na Motorola Mobility. 4000 cabeças e mais de 30 escritórios vão rodar – Meio Bit()

  • Pingback: Kodak [ainda não] morreu, mas Apple e Google já pediram juntas o cadáver no cardápio « Meio Bit()

  • Pingback: BREAKING NEWS: o Google vendeu a Motorola Mobility para a Lenovo por apenas US$ 2,91 bilhões()

  • Pingback: Motorola: sucessores do Moto X e Moto G vão rodar Android quase puro()

  • Pingback: Kommentar und Hintergründe zur Übernahme von Motorola durch Google()