Em 2017 a Activision faturou US$ 4 bilhões com microtransações

overwatch

Do ano passado para cá, o esporte preferido de muitos jogadores tem sido atirar pedras nas empresas que incluem microtransações em seus jogos (especialmente a EA). Adquirir um game e ver que parte do seu conteúdo só será liberado após gastarmos com compras menores é algo que tem irritado muita gente, especialmente quando o item está escondido atrás de uma roleta, as famosas loot boxes. Porém, está ficando cada vez mais claro que essa prática veio para ficar.

Ao divulgar seus ganhos em 2017, a Activision Blizzard revelou ter atingido a impressionante marca de US$ 4 bilhões oriundos das vendas de DLCs, loot boxes e jogos mobiles. Destes, cerca de metade foi gerado no PC e nos consoles, com a outra metade vindo da King, subsidiária da empresa e que é responsável principalmente pelo megassucesso Candy Crush Saga.

Entre os outros principais títulos que tem ajudado a encher os cofres da Activision graças as microtransações podemos citar o Hearthstone e a sua venda de cartas; o Call of Duty: WWII e as caixas que nos fornecem itens cosméticos para o multiplayer; o Overwatch, que também conta com as famigeradas caixinhas; e por fim, o World of Warcraft, que com os seus milhões de assinantes ainda gera uma boa renda através da venda de montarias e bichos de estimação.

Só para citar outra que teve um ótimo desempenho com as microtransações, temos a Take-Two. Recentemente o CEO Strauss Zelnick disse que 32% de todo o faturamento da editora no ano passado veio do que eles chamam de “gastos recorrente dos consumidores”, uma maneira bonitinha de dizer que o pessoal está torrando uma bela grana em jogos como o NBA 2K18 e GTA Online.

Tudo isso serve para mostrar que por mais que não gostemos dessa prática, a grana que as empresas de games tem recebido com as microtransações faz justificar o risco que elas tem corrido de irritar uma boa parte dos seus consumidores. Onde tudo isso irá parar é difícil prever, mas a verdade é que esse modelo de negócios parece muito distante de desaparecer.

Enquanto isso, algumas editoras tem tentado descobrir como usar as microtransações para aumentar seus lucros e a nossa torcida é para que os erros cometidos por alguns (alô Electronic Arts, estou olhando para você!) sejam aprendidos.

Fonte: The Gamer.

Relacionados: , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples