Rumor — Apple pode fazer do iPad original um tablet de entrada, mais barato

ipad

Fato: o iPad original deixou de ser o queridinho da Apple no que tange a tablets. A maçã hoje prefere vender o iPad Pro como uma solução poderosa para quem deseja utilizá-lo como uma ferramenta de produção, embora mantenha seus delírios de que ele seja poderoso o bastante para substituir qualquer PC em todas as situações (nem a Microsoft se atreve a vender o Surface dessa forma).

Assim o iPad, outrora campeão de vendas da categoria e em outros tempos referência para experiência em tablets foi posto de lado. Foram quase três anos entre o lançamento do iPad Air 2 e o modelo atual, que não só perdeu prestígio (ele deixou de ser anunciado em eventos) como não é mais vitrine de novos componentes: o modelo atual foi equipado com o Apple A9, o mesmo SoC encontrado nos iPhones 6s, 6s Plus e SE. Os processadores Apple da sub-categoria foram reservados exclusivamente para os iPads Pro, sem contam que o modelo “vanilla” conta com a metade da memória RAM (2 GB contra 4 GB).

A bem da verdade a Apple prefere oferecer o iPad original como uma alternativa para quem não quer ou não pode morrer numa grana preta com o iPad Pro, por outro lado não é mais tão interessante vendê-lo como uma ferramenta de produção e dessa forma, Cupertino o oferece como uma opção de consumo de mídia mais acessível com preços a partir de US$ 329 (por aqui, a partir de R$ 2.499). O iPad mini, que não é atualizado desde 2015 vai na mesma vibe porém só é vendido na versão com 128 GB, apenas Wi-Fi ou com 4G/LTE.

O problema dessa estratégia é que o iPad deixa de ser interessante frente a concorrentes tão ou mais poderosos, que oferecem recursos extras e preços mais em conta na maioria das vezes e de modo a não perder mais terreno (até porque todo mundo está vendendo menos tablets), a Apple estaria disposta a vender o iPad “vanilla” no esquema da baciada: segundo informações apuradas pelo DigiTimes a companhia estaria disposta a oferecer já em 2018 um modelo mais barato do tablet, que teria um preço sugerido inicial de US$ 259.

As características desse novo modelo no entanto são desconhecidas: não se sabe se a Apple pretende introduzir um novo tablet de hardware inferior e vendê-lo ao lado do iPad original ou (mais provável) atualizar a linha com especificações mais recentes pero no mucho (talvez equipando-o com o Apple A10 Fusion) e de fato brigar no preço e performance com seus principais concorrentes como Samsung, LG e correndo por fora a chinesa Xiaomi, com sua linha Mi Pad de tablets potentes com preços agressivos. Num cenário onde o iPad fosse convertido um um produto de entrada ele poderia facilmente esmagar a concorrência, desde que seu hardware não seja muito fraco e posteriormente serviria como uma vitrine para o iPad Pro, incentivando o usuário a fazer um upgrade posteriormente.

De qualquer forma, tudo isso não passa de rumores e é bom manter o pé atrás. Segundo informes a montagem do novo iPad ficará a cargo da taiwanesa Compal Electronics, que por acaso possui uma fábrica em Jundiaí; o novo iPad pode vir a ser lançado no segundo trimestre de 2018, casos as informações se confirmem.

Fonte: DigiTimes.

Relacionados: , , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Vin Diesel

    a principal utilização dos tablets é acessar a internet. como foi um grande produto que vendeu bem, dos mais antigos aos mais novos, continuam cumprindo seu papel. Esse é o tipo de produto que é difícil vender várias vezes para as mesmas pessoas…

    • Roberto

      E só faz sentido trocar quando o hardware é muito ruim e não permite mais usar os principais APPs, como Chrome, Facebook, Instagram e players de vídeo.
      Como o desempenho dos IPads ainda são satisfatórios para o uso leve, realmente não faz sentido a atualização.
      Por outro lado, o mercado Android, ao menos no Brasil, está uma merda: Ou você paga 500 conto num tablet fodido da Samsung ou paga 1500 num melhorzinho da Samsung…
      Não tem nenhum meio termo… a Samsung acaba de lançar por aqui um modelo de 2 anos atrás rs

      • Vin Diesel

        passei por isso esses dia ao procurar um novo ou caro como iPad ou nada. aí um camarada me indicou um Lenovo p8 q custa uma miséria e resolve o problema.

        • Zalla

          comprei esse…muito, mas muito bom mesmo…full hd, 16 gb armazenamento, 3GB ram, snapdragon 626, duas saidas de alto falantes, sistema dolby atmos de audio, etc..etc…bom demais..foi 475 reais no gear best..mais 200 conto de taxa…

          • Vin Diesel

            do dia da compra até o dia na sua mão quanto levou?

          • Zalla

            25 dias, curitiba deixou de ser buraco negro, mas agora no final do ano a sobrecarga deixa lento mesmo, mas durante o ano minhas encomendas tem chegado rápido, taxadas ou não

      • Zalla

        comprei um lenovo de 8 polegada com snapdragon 626 por 500 conto,,mais 200 de taxas..valeu a pena, desempenho de tablet de 1200 ou até mais…

        • EmuManíaco

          com o mesmo dinheiro vc compraria um ipad mini 2 de segunda mão, com experiencia superior.

          • Zalla

            depende pra quem..pra mim não poder assistir um mkv facilmente se transmite em uma experiência porca…hoje no meu lenovo tenho varias temporadas de algumas series..coisa simples para android e deveras complicado para ipad.

            E assim, comprar algo usado com alguns anos de uso?
            Prefiro algo novinho….e mais rápido…a experiencia não é tão superior assim não…

          • EmuManíaco

            Bom atualmente só assisto netflix, crunchyroll e de vez em quando algum “megafilmes” então… Essa coisa de acumular não é mais comigo. Fiz isso muito durante anos noventa e meados do 2k. Hoje passo.

          • Rafael Gil

            Só um parêntese, Assistir MKV no iOS é ridiculamente simples! Não precisa nem do iTunes (nem de cabo pra ligar no PC aliás, rsrs).

          • Zalla

            mas mesmo assim é gambiarra, e por não precisar de cabo pra mim já é algo ruim pq transfiro coisa de 20 ou 30 GB de uma vez…e já uso microSD de alta velocidade pra deixar isso rápido…e isso hoje, antigamente era um parto, era aplicativo que era banido da applestore, etc…e ainda não é algo acessível ao usuário leigo, nada é tão fácil como ligar um cabo ou colocar um pendrive daqueles que se ligam no pc e no tablet…aliás esse pendrive é o que mais uso…USB 3.0, copia rapidinho, um lado usb normal e o outro lado microusb….perfeitão..32GB….cabe muita coisa pra transferir…depois dá pra ir consumindo por várias semanas….a unica coisa que me deixou menos dependendo do pendrive, foi o offline do netflix, que felizmente tem pra todos, mas aí o android também leva vantagem em alguns casos pq a memória é mais barata, e tem muitos aparelhos em que vc configura o microsd como memória interna, daí vc joga um de 64Gb (acabei de comprar 1 na black friday por 70 conto)

          • Rafael Gil

            Gambiarra pq? Não to falando de app obscuro não, mas sim de app confiável da App store (vc pode usar o VLC, por ex). Não tem nada complicado em baixar um app na App store e assistir os vídeos nele.
            Não precisar de cabo é diferente de não poder usar. Pode usar o cabo se quiser, ué.
            Mas blz, se vc gosta do android, só usar e ser feliz.
            Só deixei o comentário pq ainda tem muita gente que acha que não dá pra fazer nada no iOS (tem gente que ainda acha que não dá pra colocar mp3 nele, rsrs).
            Dá pra assistir os MKV sim, sem jailbreak nem nenhuma gambiarra. Dá pra gerenciar arquivos, comprimir/descomprimir os “.rar” e etc.
            E os apps pro iPad são bem melhores que os de tablets android. Mas se vc só precisa de uma tela pra ver seus MKV, talvez realmente não precise de um iPad.

          • Zalla

            Tem uma coisa que o Ipad faz muito melhor que o android, aliás é basicamente impossivel do android fazer, mas que quase ninguem utiliza pra isso, e é basicamente um recurso esquecido, menos para quem os utiliza, todo o resto é feito em pé de igualdade…desafio aqui alguém tentar adivinhar que recurso é esse…é integrado ao hardware da Apple, possibilita a conexão a hardwares dedicados a isso,e que o android pelo que eu saiba não tem nada similar…pois nem capacidade para processar isso tem…e a grande maioria nem sabe disso…o resto…se equivalem…ambos são ótimos equipamentos…atendem a todos…e só reclamo quando vem com esse papinho de “ter uma experiência superior” pois a Apple que vem cagando em atualização a uns 3 anos já deixou de ser aquela experiência, limpa e sem bugs, faz tempo..mas faz tempo mesmo…

          • Rafael Gil

            Não é só uma coisa não, rsrs.
            Vou deixar aqui só 2 exemplos de coisas que são muito melhores de se fazer no iPad ou impossíveis de se fazer no android:

            Desenvolvimento de software: O senso comum nos faz imaginar que o android seria ideal pra isso, né? Mas não é. O iOS tem editores de texto bem melhores e mais completos que o android. Além de integração com sistemas de controle de versão, acesso a terminais Unix via SSH, sincronismo via FTP/SCP e etc. Da até pra fazer app para iOS dentro do iOS.

            Música: O iOS possui uma latência baixíssima. O que permite que você o utilize para, por exemplo, tocar instrumentos musicais ao vivo com o áudio processado por ele (mesmo em iPads bem antigos, como o 2).

            Ou seja, para uso profissional ou usar o aparelho como meio para produzir algo o iOS que roda nos iPads ainda é uma solução bem melhor que os tablets android. E isso não é por incompetência do google, mas sim pq os devs desse tipo de app preferem o iOS aparentemente.
            E sim, a Apple vem pisando na bola com as atualizações do iOS, mas o problema é que a concorrência ta parada no setor de tablets. Aí complica.

          • Zalla

            é exatamente o de música, e é o que menos gente comenta, acho maravilhoso os hardwares que existem, tem até pedaleira para enviar o ipad dentro, acho fantástico…android nunca se preocupou com isso…quanto ao desenvolvimento…ainda acho não muito produtivo usar telas pequenas para trabalhar, hoje trabalho com dois monitores de 26 pol…quando uso só o meu notebook de 15.6 acho ridiculamente pequeno, tanto que normalmente conecto ele a algum outro monitor…não peguei um note de 17 pq esbarra na portabilidade…mas é isso aí, pelo menos pra musica o ipad é uma máquina fantástica…e os
            “entendidos” daqui acho que nem sabem disso…

            o de Desenvolvimento….acredito em vc, pq acho que tanto pra ios quanto pra android é tudo uma gambiarra só, não dá para comparar a elegância do C# com a confusão que são essas linguagens para móveis que ainda não tiveram tempo de amadurecer…me lembra muito o java no inicio..é tudo na raça…

          • Rafael Gil

            Sim, a produtividade de um PC para desenvolver ainda é bem maior, mas vou te dar um exemplo que aconteceu aqui no trampo:
            Fomos fazer uma reunião para demonstrar um app que estamos desenvolvendo. O app é feito em React Native, que permite que eu faça alterações na interface sem ter que compilar todo o projeto de novo.
            O cliente ia vendo os problemas na TV que estava com o celular espelhado e eu já ia arrumando direto no código pelo iPad. Tudo alí, rápido e na cara do usuário.
            Legal né?
            Poderia usar um note tb, mas aí ia ter que ficar com aquele trambolho na mesa, cabo pra carregador e etc (tinha bastante gente na reunião e pouco espaço).

            No dia a dia eu uso um PC mesmo, mas quando preciso editar coisa rápida (como ajustar alguma coisa no aplicativo que controla as lâmpadas lá de casa via raspberry pi) eu posso fazer direto no iPad/iPhone sem ter que ligar o note.

          • Zalla

            legal, eu tava fazendo mó torcida pro windows phone vingar e programar pra ele só usando um adendo pro visual studio e ele perde vergonhosamente….cheguei a fazer algumas coisas pra android, usei uma plataforma que vc faz um sistema só e compila tanto pra ios quanto para android, acho que o futuro é por aí….ter duas equipes pra fazer o mesmo aplicativo é custoso..

          • Rafael Gil

            Eu até comprei um Windows phone, kkkkk. Tb tava na torcida, mas não deu…
            Tb acho que o futuro é por aí. Muita gente tá apostando no React Native (é feito pelo facebook, aliás) justamente por que vc não precisa de 3 equipes pra desenvolver web, mobile ios e mobile android.
            O react é igual nas 3 plataformas e vc pode aproveitar a mesma equipe. Um puta adianto!

      • Superpato

        O problema é o mesmo fora do Brasil. Fui pesquisar um tablet Android para substituir meu iPad e desisti. Os baratos são muito ruinzinho e os caros estão mais caros que os iPads.

  • DiMais

    iPad SE

  • Magnosama

    Viria em boa hora,
    pra trocar meu iPad Mini.

    • Lucas Timm

      E eu pra entregar, definitivamente, o iPad Air pra minha coroa.

    • Nathan

      Meu iPad mini está nas últimas, bateria tá uma porcaria e vive travando.
      Problema é o preço desses iPads “novos”.

      • Magnosama

        O meu não está lá essas coisas tbm,
        vou aguentar o quanto puder,
        mas já me programando pra uma troca.

  • Maom

    Ipad é disparado o melhor presente para uma criança de 0 a 10 anos. A appstore com aplicativos para ipad fazem uma enorme diferença com os tablets android que não tem uma loja tão organizada e com os aplicativos específicos para tablet.
    Já para qualquer outro uso (que não seja jogos touch, you tube e netflix) os laptop fininhos sejam windows ou mac são muito melhores hj em dia. Ipad (tablets) foi “mágico” em 2010 onde laptops pesavam 2 kg ainda e tinham 2 cm de espessura no mínimo e os smartphones tinham no máximo 3,8 polegadas. Hj em dia vc compra um laptop leve com menos de 1 cm de espessura, win completo ou mac osx, tela touch, teclado retroiluminado, bateria que aguenta não mais as 2h horas de 2010 mas sim tb umas 7h de uso contínuo por quase o preço de um ipad pro.

    • A segurança e atualização a longo prazo são os dois argumentos matadores pra mim…
      Minha mãe na casa dela, meu guri em casa… tudo usando a anos, nunca tiveram uma dificuldade…
      É instalar pra ela uma vez um app do Laboratório de analises dela, o app do banco, as fotos compartilhadas da família toda, o facetime com os netos, a coroa nunca mais pediu ajuda. Resolve a vida toda dela, pior que é real, sem o tablet, ela não faz mais nada. E me dá o respaldo de ser seguro, sem fraude bancária, sem ransomware e não trava, não me dá dor de cabeça.

      • EmuManíaco

        Fora que com o valor de um New Ipad vc só compra notebook meia boca.

        • E sem contar que a coroa nunca usaria um notebook, nem meu guri.

          • EmuManíaco

            fora a falta de fluencia que um notebook de 33O dolares tem. Pois geralmente nao tem dual channel, mmc lento e etc… Serio entre um ipad, chromebook e notebook windows prefiro os dois primeiros nessa faixa de preço.

          • Zalla

            get a room

      • Maom

        Sim, pra crianças e idosos é o melhor dos mundos mesmo. Ipad é altamente intuitivo e seguro. E os jogos da moda pra molecada ele tem tudo. Depois que passa dos 10 ou um pouco antes que a molecada quer coisa mais refinada e não o fifa mobile e sim o fifa do ps4 e por aí vai.

        • Que bom que o meu não é do FIFA, impressionante, mas não curte tanto, por isso prefere mil vezes o Switch do que PS4 só pra jogar Fifa.

          • Maom

            O meu tb não, mas ele tem só 6 anos ainda… Ele ta curtindo Call Of Duty agora no single player pq no online ele não sabe nem de onde veio o tiro. Aí baixei pra ele o Rules of Survival no ipad (um batle Royale da vida)… Tá viciadasso. E as vezes jogo com ele pelo meu celular em dupla. Moleque fica maluco que ajudo ele. Ele até arranha o switch e tal… Mas o negócio dele é ipad pq ele joga 10 min muda pra um filme no youtube, joga 10 min de outra coisa, volta pro youtube, joga outra coisa e assim vai… Nenhum videogame supera em agilidade pra essa molecada que não tem foco. Essa geração joga tudo e não joga nada ao mesmo tempo. Não terminam nenhum jogo.
            Mas logo mais vai ser como todos de uns 10 a 15 anos só jogar fifa, cod, GTA, fifa, cod e GTA… ou evidentemente o sucessor espírita para esses jogos.

      • Antonio Meirelles

        Por favor. De que forma voces estao compartilhando as fotos? Estao usando o Google Photos? Dropbox?

        • Como estava falando de iOS e iPad, a melhor forma é pelo compartilhamento do próprio álbum de fotos da Apple. Faço isso desde 2012, tenho 5 anos de fotos, álbuns e mais álbuns com centenas de milhares de foto, acaba que fica só as melhores selecionadas.

          É uma mão na roda, pois não precisa instalar nada a mais, está integrado ao iOS, é o próprio app de fotos. Eu bato uma foto é só marco ela para ir para o meu álbum tal da família, automaticamente pipoca no ipad da minha mãe, na sogra, sogro, nos iphones dos cunhados, cunhadas, tias… é bem legal, o povo já curte, já comenta em cima das fotos. Numa viagem, não fico montando álbum depois, qdo tiro uma foto já marco pra ir pra um álbum. Passam-se os anos e ficam lá os registros, os comentários, até de gente que já morreu, fica a recordação da foto e do que a família conversou em cima…

          O Dropbox e Google Photos também são bons, mas teria que todo povo instalar, fazer conta, configurar… não é tão integrado. Whatsapp também é ruim, pq fica poluído fotos no meio das conversas do grupo. O álbum de fotos do próprio iOS é uma mão na roda… e passa automático no Apple TV na TV no descansa tela…. bem legal.

          • Antonio Meirelles

            Muito legal. Eu nao tinha essa ciencia do IOS em relacao a fotos. Eu tenho um iPad mas o meu uso eh basico nele.

            Agora, para o album compartilhado funcionar significa que preciso adquirir mais espaco na iCloud? Porque o seu compartilhamento deve estar ocupando um bom espaco, nao?

          • Vai em compartilhamento, como marquei na riscalhada abaixo kkkkk

            Basta dar um add, colocar as pessoas (telefone ou e-mail da conta da Apple) e todo mundo começa a receber… Obviamente todo mundo tem que ter algo Apple pra receber, de relógio, iPad, iPhone até Mac ou Apple TV, tudo recebe. E fica armazenando na nuvem da Apple. Sem precisar contratar espaço a mais no iCloud. Tu formata o iPad e volta tudo

            https://uploads.disquscdn.com/images/59ee3a1837ee4aef61ad3595b10b5dc517c18dec79b24c480d5db75970b62885.jpg

          • Danilo

            O Google Fotos é integrado sim.. mas no Android.

            E também funciona bem.. a vantagem é pra quem tem o Pixel, que pode mandar as fotos sem compressão alguma. Pros demais aparelhos (quase todos os Android), o espaço pra fotos com qualidade “alta” é ilimitado.

            No Fotos do iOS, o compartilhamento é feito em qual qualidade, sabe dizer? Imagino que seja em qualidade “alta” (igual ao Google Fotos nos demais aparelhos, exceto Pixel), mas posso estar enganado. Demora mais pra enviar no modo “sem compressão”, mas a qualidade é a melhor possível (não precisa salvar o original caso queira imprimir um dia em papel maior). Pra ver no celular, acho que tanto faz!

          • Imago que seja integrado no Android, não disse nada que não, apenas que no iOS é pior pois precisa abrir o APP do Google, criar conta e tudo mais.

            Nunca entrei no detalhe da compressão, tu compartilha e nem tem um detalhamento que está enviando e progressão do envio. Só sabe-se que alguma hora do dia vai pipocar no celular da parentada o aviso que tem foto nova em algum álbum. Os álbuns abrem na minha TV que é 65 polegadas e fica perfeito, não noto perda. Eu tb mando fotos para o Google fotos, só pra preencher o descansa tela do Chromecast ultra que tb tenho nessa TV e tb não percebo perda, fica muito bom em ambos.

          • Rafael Gil

            no iOS vc tem 2 opções: Usar sempre a imagem original (melhor qualidade possível) ou otimizar para o celular.
            Na segunda opção ele manda a imagem original para o iCloud e mantém uma cópia com resolução mais baixa pra economizar espaço no seu celular/iPad.
            De qq forma, o que vai pra nuvem é sempre “sem compressão”.

          • Danilo

            Ponto pra Apple então. 🙂

    • EmuManíaco

      Se compra isso com 33O dolares?

      • Zalla

        um lenovo pad 8 sai por menos de 500 reais no gearbest….e vale muito a pena…principalmente para consumo de midia, em dolares acho que sao 145..

        • EmuManíaco

          Conheço o tablet. Tive dezenas de tablets androids e nenhum se comparar ao uso do ipad. com esse valor do tablet + valor de importação eu compro um ipad mini 2 usado que te garanto que é muito mais interessante.

      • Maom

        Mas não falei que isso. Falei que em 2010 foi uma explosão pois era um “computador” extremamente leve, portátil com excelente autonomia, etc… Hj, os smartphones ocupam esse lugar com suas telas de 5 a 6 polegadas. E para atividades mais refinadas onde se faz necessário um teclado ou uma tela maior, as pessoas vão atrás de laptops. A experiência “mágica” de um tablet não existe mais ao passo que a portabilidade dos laptops ficou muito maior os tablet não aumentaram em nada sua capacidade e funcionalidade. No uso são exatamente iguais o que eram e limitados da mesma maneira.

    • Metalmacumba

      Pois é.
      Meu filho tinha tomado meu jurássico iPad 1 pra ele fazia tempos.
      Aí, cansado de ver o bichinho jogando jogo velho comprei um iPad 2 usado (considere que eu não moro no br hue senão ele ia tá brincando com um caderno). Tão logo eu percebi que a Apple sugou aquele iPad ao máximo, sendo mais lerdo que o primeiro e também depois de conseguir estragar o mesmo peguei um iPad 2017 pro moleque.
      Nunca senti um pingo de dor no bolso, até por que sai por apenas 40 mangos no plano da operadora e eu posso trocar de ano em ano e até que o moleque, por ter 4 anos cuida bem.
      E não sinto dor também por que, como digo a todos:
      Não é dinheiro que tá indo embora, é sossego que eu to comprando, e isso praticamente não tem peço.

      • Maom

        Sossego não tem preço! kkkk Falou tudo. Vai vir aquelas pessoas que não tem filhos ou não tem espelho em casa falando que faz mal para as crianças, afinal uma criança tem que brincar de bola de gude na rua de terra… Sendo que nem a pessoa que nasceu 30 ou 40 anos atrás fez isso e sabe de cor todos os filmes que passaram na seção da tarde. Mas, enfim, a hipocrisia reina.

        • Metalmacumba

          Eu cresci em prédio da cohab que pasmem nem asfalto e muro tinha. O que tinha era um puta de um morro que acima tinha um campo de futebol onde a marmanjada jogava bola e a gente ficava renegado ao morro.
          Todo dia que eu voltava pra casa, voltava cor de barro, branco mesmo só os dentes e olha lá por que até o catarro seco ficava cor marrom.
          Povo que não tem filho é cheio dessas aqui:
          -Quando eu tiver um filho vou conversar com ele, falar a verdade, não vou criar ele num ambiente ruim, vou ser um pai/mãe que leva as teorias de Piaget a sério e só vai comer coisas saudáveis.

          Realidade:
          ARRUMA ESSA BAGUNÇA AÍ SENÃO EU VOU LIGAR PRO PAPAI NOEL NÃO TRAZER PRESENTE!!!
          E COME LOGO ESSE MIOJO COM MINI CHICKEN!

          Esse negócio de comida então é de lua, meu filho larga a comida na mesa no almoço e 3 horas depois come ela fria. Às vezes não come nada saudável e só come tranqueira, outras vezes come dois tomates e duas maçãs em seguida.

          Cara, não tem como, pelo menos eu e minha mulher não conseguimos. Criança pensa diferente e tem uma hora que pai e mãe, que cuida de criança 24/7/365 não aguenta mais. O stress do dia a dia toma conta.

  • Gaius Baltar

    Sou um ponto fora da curva, mas o iPad atualmente é para mim o “computador” principal tanto no trabalho quanto no entretenimento.
    Explico: trabalho na área da saúde, com praticamente 100% de sincronização na nuvem e com necessidade de visualização de fotos e radiografias. O Office para iPad funciona bem para as eventuais planilhas e relatórios, e o excelente teclado portátil Microsoft Wedge supre qualquer necessidade de texto mais longo.
    Fora do trabalho o iPad é o meu jornal/revista/quadrinho, é minha tela preferencial para You Tube e Netflix do dia dia, além das redes sociais e web.
    Hoje só utilizo o PC para jogar e para filmes/séries que ficam melhor numa televisão e num som surround. Por isso pretendo sim trocar meu velho iPad Air de guerra num futuro próximo por outro tablet da Maçã.
    Mas como falei, sou ponto fora da curva.

    • EmuManíaco

      Pior que não é. PC ja deu o que tinha que dar pra muita gente. Isso pq vc ainda joga em pc, imagina pra quem tem console ou nao joga?

      • Zalla

        pra mim que desenvolvo em C# meu notebook tá bem vivo…e ainda comprei um acer gamer…daí por 25 reais comprei unjustice, mortal combat e batman….

        • EmuManíaco

          Com o valor desse acer game vc comprava um console, um portatil e um new ipad e ainda sobrava uns 55O de troco. Mas como vc desenvolve… nada alem de um pc serve pra vc.

          • Zalla

            paguei 3500 preço normal uns 4 e tantos, nem da pra um iphone

          • EmuManíaco

            new ipad 16OO, Nintendo 3ds 5OO, xbox/ps4 12OO. Ou seja ainda sobraria grana hehe

      • Estou ouvindo isso há décadas

        • EmuManíaco

          Não disse que o mercado morreu ou esta em declínio. Só que muita gente hoje não usa o PC mais como plataforma base. Eu só ligava meu pc mal e mal pra jogar. Hoje nem tenho mais. Basicamente faço tudo em meu chromebook. Celular por exemplo eu uso bem pouco então pra mim um ipad 4g é mais viavel que comprar um iphone.

          • Esse “muita gente não usa” implica em ter mais e mais pessoas (adolescentes, principalmente) usarem celulares. Numa família poe ter um PC/Notebook, mas acabará ter 3 a 4 pessoas com celulares. Por isso que parece que tem mais pessoas sem usar PC

          • EmuManíaco

            Em nenhum momento me referi a vendas. Me referi a pessoas como eu que hoje não tem mais tanta paciência em ser “micreiros”. Um PC/notebook de certa forma sempre vão existir em uma casa. Mas o uso principal não será mais pra todos.
            Hoje eu prefiro uma coisa mais fechada, rodando apps mobile e com uma boa fluencia.

      • André Lima

        Tenho console, não jogo pc games (só emuladores, mas até ai uso o controle bluetooth do PS4 e ta otimo), e não troco meu PC por nada. iPad tem suas utilidades (como o @disqus_3GH8WsQZle:disqus mencionou), mas pra mim, o teclado fisico (mesmo que o dos macs novos faça um barulho esquisito, hahahaha) de um notebook é insubstituível (e o terminal <3).

        • Gaius Baltar

          Eu tenho PS4 para os exclusivos, mas prefiro PC para o restante. Também uso o controle no desktop por Bluetooth e estou contente assim. Como falei, sou ponto fora da curva no que toca a trabalhar com o iPad, mas o fato é que no meu caso funciona bem, com teclado físico incluso.

        • EmuManíaco

          mas vc pode usar teclado fisico num ipad. troco o terminal por fluencia e nao ter que me preocupar com configuraçoes mais.

          • André Lima

            É que infelizmente eu sou um babaca e tenho uns scripts pra fazer algumas coisas aqui (e tem o MAME que eu nao consigo largar e jogo com frequência =/). Mas acho que é gosto mesmo, pq tem amigos que fazem tudo com o iPad tambem…

      • Gaius Baltar

        Só posso falar da minha experiência. Para mim funciona, mas não significa que funcione para todos. Uso aquilo que resulta para mim, independentemente de marcas. Uso Windows 10 e iOS, serviços Google, hardware Microsoft e Apple, etc. Eu compartilho minha experiência, mas não evangelizo ninguém.

        • EmuManíaco

          Sim exatamente. Não tem como falar que é a solução é perfeita pra todos. Mas pra muita gente é.

    • Firmo

      Comprei um tablete a uns anos, pra mim foi a coisa mais inútil que já tive… hoje celular e PC

      • Gaius Baltar

        Pois é, cada um tem seu perfil de usuário. O que funciona para uns não funciona para outros, e vida que segue.

  • jgwasner

    Não abro mão do meu desktop, mas um iPad para passear na net, ler livros/HQs e outras tarefas simples, é muito, MUITO útil. Mais ainda, é uma plataforma recheada de jogos bem interessantes e RPGs complexos. É um especial prazer ter os CRPGs da Infinity Engine (Baldur’s Gate, Icewind Dale, Planescape: Torment) em uma plataforma móvel, podendo usufruir deles em uma viagem. E para todas essas tarefas, o ipad básico dá e sobra. Uma redução de preço é muito bem vinda.

  • HAHAHAHUSHAUSAHUHSAUHSUAHSAUHUSAHUAHASHSHAA
    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA
    HAHAHA… COF… COF… COF… AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHA
    HAHAHAHAHAHHAHA

  • Superpato

    Mas isso não ficou óbvio com o lançamento do iPad Pro de 10”?

  • Firmo

    Eu ainda me pergunto, pra que eu quero um tablete ???

  • Henrique Crivelli

    Tenho um iPad Pro 12″, comprei recentemente inclusive, e por enquanto estou achando maravilhoso, substituiu perfeitamente (pro que eu uso) o meu MacBook véio de guerra (embora não pretende me desfazer do MacBook tão cedo) por ser mais leve, ter mais autonomia e uma tela melhor e mais confiável. O teclado da capa dele é surpreendentemente confortável, mesmo não tendo o teclado numérico ou as teclas de função dedicada (coisa que a capa/teclado da Logitech tem), e oferece uma digitação tão boa quanto a do teclado do próprio MacBook, com o bonus de não precisar de conexão bluetooth ou de bateria própria (já tive um asus transformer 101, aquele primeiro modelo. O teclado era bom, retroiluminado, adicionava uma entrada pra cartão SD e duas portas USB, fora a bateria fantástica, porém o sistema android nele não era muito fluido, e pra variar quase não tinha atualizações. O tamanho dele o tornava um tanto desconfortável também). Agradeço imensamente por não terem feito a mesma cagada do iPhone de tirar o conector p2 dele, e o sistema de som com os 4 falantes foi um avanço bem-vindo, o som é de qualidade boa e não tem distorção quase, mesmo no volume máximo. Outro ponto positivo é que, mesmo no colo, o balanço da capa/teclado original dele é muito bom, então ele não tomba pra trás com facilidade. O split view é bem interessante, como a tela dele tem resolução suficiente, e agiliza bastante pra digitar e pesquisar referências ao mesmo tempo.

    Logicamente, nem tudo é perfeito. A stylus da apple (que eu acho um tanto estranho chamar de Apple Pencil) tem uma forma de carregar estranha, minimizada pelo adaptador que permite carregar ela com o cabo lightning do próprio iPad, e inconvenientemente não tem onde deixar. Não tem um clip pra prender ela no bolso da camisa, ou uma case com suporte pra encaixar a stylus lá. Essas limitações parecem desaparecer, no entanto, a partir do momento que você espelha a tela do notebook com o astropad, e magicamente ganha uma coisa próxima à uma Wacom cintiq, pagando uma fração do preço.

    O iPad Pro foi a melhor alternativa que encontrei à pegar um MacBook novo (e como um modbook é proibitivo, tive de ficar com o iPad mesmo), e por enquanto tem me satisfeito perfeitamente. Pra jogos, claro, ainda tenho o desktop em casa, mas raramente uso agora que tenho mais praticidade com o tablet.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis