Firaxis promete ser um bastião no meio das microtransações

civ-6

Esta semana a Firaxis lançou um belo trailer para divulgar a primeira expansão do Civilization VI e numa época onde todo mundo parece querer aumentar seu faturamento através das microtransações, o estúdio preferiu continuar apostando na venda de DLCs, cobrando US$ 30 pelo Rise and Fall.

Como o mesmo já havia sido feito com o War of the Chosen para o XCOM 2 e com ambos os títulos contando com conteúdos adicionais menores, que em alguns casos servem apenas como itens cosméticos, era de se imaginar que a Firaxis também sucumbiria as loot boxes. Contudo, não isso não deverá acontecer.

Ao conversar com o pessoal do site Eurogamer, o designer chefe desta expansão para o CIV IV, Anton Strenger, explicou porque eles não pretendem seguir por este caminho:

Existem microtransações, existem pacotes de expansão e existem DLCs. Eu diria que sim, para todos no estúdio aqui na Firaxis: nosso amor e nossa experiência está nos pacotes de expansão. 

 

Uma das razões de pensarmos que funciona tão bem para nós é que com um sistema baseado em jogos procedurais como o Civilization e o XCOM, temos a oportunidade de adicionar não apenas conteúdo da maneira como outros jogos conseguem, mas também mudanças realmente profundas ao nosso sistema e regras.

A minha maior dúvida é sobre até que ponto a desenvolvedora terá liberdade para continuar resistindo às microtransações, sendo que a própria Take-Two Interactive já se mostrou favorável à prática e inclusive deixou claro que todos os seus futuros jogos deverão apelar para o “gasto recorrentes do consumidor”.

De qualquer forma, chega a ser engraçado perceber que chegamos em um ponto tão crítico que não ficarei surpreso caso aqueles que antes criticavam os DLCs até passem a achá-los um bom negócio. Afinal, antes pagamos um valor por algo que sabemos o que receberemos em troca, do que colocar alguns dólares em uma roleta que pode nos dar algo bom ou completamente dispensável.

Agora, a única coisa que faltava era aparecer uma janela num Civilization dizendo que se não pagarmos um determinado valor, nossa cidade seria detonada por uma explosão nuclear. Pensando bem, era melhor nem ter dado a ideia.


Sid Meier’s Civilization — Civilization VI: Rise and Fall Expansion Announcement Trailer

Relacionados: , , , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar
  • Ivan

    Me corrijam se eu estiver errado, mas Lol é dota 2 fazem dezenas de milhões só vendendo itens cosméticos?

    Vender personagem através de loot box é extremamente Sacanagem

    • Quando vendem lootbox só com item cosmético eu acho totalmente honesto. Estão fazendo dinheiro de quem quer mudar aparência e ao mesmo tempo não estragam a jogabilidade de quem não quer gastar.

      • Daniel

        Eu também acho totalmente honesto essa forma de monetização. E não me importo nem um pouco se o cara gasta $5 ou $5000, tanto que não altere a jogabilidade o grande problema é quando começa a virar um pay to win onde quem tem mais $$$ tem mais vantagens.

    • Helmut

      Exato. No Lol eu não sei como funciona, mas no dota é apenas mudanças cosméticas.
      Também tem os passes em época de campeonatos, que adicionam quests e mais recompensas durante algum período.

      Eu… to gasto muito dinheiro com isso…..

      • Daniel

        Eu não gosto do dota dois, mas amava o 1, quando surgiu o 2 e descaracterizou totalmente os personagens eu perdi a vontade de jogar, mesmo sabendo que eles eram IP da Blizzard.

    • ochateador

      LoL não sei dizer.
      Mas Dota2 até uns 3~4 anos atrás (quando parei de jogar) só vendia itens cosméticos e 0 itens que alterava o desempenho do jogo.

      • Danilo

        Acho que no LoL tem que comprar os “herois”.

        Logo, não é só cosmético, já que libera personagem.

        Alguém me corrige se eu estiver errado.

        • Gertrudes, a Lhama

          Quando o jogo é gratuito, não vejo problema. Não dá pra querer jogar de graça.

          Foda é quando tu já paga uma fortuna no jogo e tem que pagar mais ainda pra ter acesso às coisas.

          • Danilo

            Dota2 é mais justo. Mas concordo contigo

        • Daniel

          LoL se compra com IPs que se ganha jogando, assim como runas. Com dinheiro real, apenas boost para pegar xp mais rápido (subir de level para participar de campeonatos) ou para Riot Points comprar herois mais rápido ou itens cosméticos. No inicio eu fui meio contra essa coisa de ir liberando herois aos poucos, mas depois achei justo e vi bastante sentido, o que conta pra mim é que se no mês eu não gastar 1 real, estarei em igualdade com quem gastou 500, se eu jogo a muito tempo, tenho todos os personagens…

  • gfg2

    Quando eu olho os cinematics desse jogo e o gameplay eu acho que microtransactions é a menor das sacanagens.

    • Oloco hahaha é o civilization mais bonito até hoje 😛

    • dany myto

      o jogo exige muito processamento em mapas grandes é um jogo de estrategia estilo tabuleiro, não da pra ter grafico de gta 6 em um jogo desse estilo

  • Evandro

    Achei que nunca iria dizer isso sobre um game da série Civ mas Civilization VI é bem chato.

    • Bom, se comparar com o anterior, realmente perdeu algumas características. Entretanto ganhou outras muito boas, ficou com um gráfico muito melhor e ainda está sem expansões que prometem adicionar recursos antigos. Veremos como vai ficar isso aí.

      • Vinicius Zucareli

        Não sei se sou só eu, mas “expansões que prometem adicionar recursos antigos” me soa como uma prática de negócios não tão positiva.

      • André K

        Quase não joguei o V. Em que ele era melhor, na sua opinião?

        • Duas coisas que lembro agora de cabeça: parte diplomatica muito mais avançada, inclusive com ONU e o esquema de deixar os trabalhadores fazerem as modificações no terreno de forma automática (eu sei que agora tem o limite, mas enfim).

      • Helmut

        Acho que se comparar com o Civ V sem expansões não tem muita diferença.

      • Macedo

        como jogador desde o Civ II, gráficos não são relevantes pra este jogo ficar bom…

    • Thiago Casagrande

      Tenho 2000 horas no Civ V.
      Não tive a menor vontade de jogar o Civ VI.
      Vale a pena mesmo jogar esse CIV VI?

      • Evandro

        Tenho 300 horas no Civ V e continua instalado na minha maquina. Tenho 20h no VI e já deletei pra liberar espaço.
        Mas recomendo você testar, tem muita gente que acabou gostando dele, vai que você acaba gostando também.

  • Vinicius Zucareli

    Diz a empresa que foi obrigada a ressarcir jogadores por cobrar mais caro antecipadamente e em pacote na sua versão digital deluxe.

    https://youtu. be/wNietG2mJ40

    Infelizmente a mídia especializada no Brasil cobriu muito pouco.

    Mas a Steam me ressarciu mesmo com muitas horas de jogo pelo ‘scam’ cometido, reconhecendo o mal feito da firaxis. E comprei o jogo na pré-venda e tive todos (até o ruim beyond earth) desde Civ 2. Não compro mais Civ se não for em promoção de 70%+, não sou tão otário também

    • A mídia especializada no Brasil não tá nem aí pra falar bem a verdade. Basta ver os 0 posts até agora sobre a palhaçada que a EA fez com a última DLC do The Sims 4.

      • To por fora. Procurei online mas só achei sites reclamando que o custo da ultima expansao era muito caro ($40 Trumps)

        • O preço normal era R$80 (que eu já acho caro pra caralho), aí da noite pro dia mudaram o preço pra R$150.

  • André K

    “Pensando bem, era melhor nem ter dado a ideia.” Exatamente.

  • André K

    Não que eu queira, mas creio que para a Firaxis seria bem lucrativo cobrar microtransações para disponibilizar mais recursos estratégicos. Não tem urânio em suas terras e não há mais terras disponíveis? Não quer entrar em guerra por isso? Seus problemas acabaram! Compre aqui um recurso Urânio por X rodadas por apenas USD N.NN…

  • Helmut

    Até porque Civ é um jogo que você só compra depois que sai a primeira (ou segunda, ou terceira, ou um pacote com todas) expansão.

    • Humberto Jorge

      O CIV IV puro sem as expansões como Warlords e Beyond the Sword, é o melhor CIV.

      • dany myto

        uma dica joga o civ 4 com expansão rise of mankind com a versão mais atual ,
        é de longe o jogo mais daora q ja vi até hj

  • Raul Joaquim de Santana
  • Aldo Balbi

    Microtransações lembra o modelo de negócios dos fliperamas. Tem gente que curte a emoção de perder uma grana em apostas. Mas a sensação de pagar uma vez só pelo jogo e poder jogar infinitamente é muito boa. Ainda mais o civ em que as partidas duram dias. E você logo que termina, inicia outra, para jogar o próximo turno. Eu ficava frustrado quando a vida do candy crush acabava. É uma relação baseada em frustração. Para alguns funciona.

  • Gustavo B.

    Olha. Eu voto com meu dinheiro.
    Não compro jogos com microtransações, não compro jogos sem campanha single player…

    Claro que as minhas escolhas, sozinhas, não fazem a menor diferença. Mas espero que a coletividade também passe a votar mais sabiamente com seu dinheiro…

  • Meganegão

    Lembro quando isso começou, diziam: “Agora os jogos seriam assim, ou você compra o jogo para jogar ou joga de graça e compra os itens”. Agora pagamos pelos jogos e temos que comprar os itens.

    • Flávio Pedroza

      É um escalada. Antes pagávamos apenas pelo jogo. Depois vieram os DLCs, depois os DLCs já no dia de lançamento ou no próprio disco, em seguida os jogos de graça com micro transações. Agora estamos na fase dos jogos PAGOS e com microtransações. O que falta inventar agora?

  • Lui Spin

    Microtransação é um caminho sem volta.

    De qualquer maneira, para jogos onde vc já paga por ele, ou seja, “compra” o jogo, eu acho que eticamente deveriam vender só itens cosméticos.

  • Aquele momento em que passamos a achar DLC’s pagos (e que todo mundo reclamava) algo bom…

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples