Quando o assunto é Star Wars, Disney não é nada boazinha com donos de cinemas

star-wars-darth-vader-lando-calrissian

O fim do ano está chegando, Star Wars Episódio VIII: Os Últimos Jedi estreia no Brasil no dia 14 de dezembro e todos os envolvidos esperam fazer muita grana com a película, desde a Lucasfilm aos donos de salas de cinema. Só que estes sentem a mão pesada da Disney no que tange à divisão da renda, e na posição de empresa que mais faz dinheiro com a Sétima Arte ela se dá ao luxo de impor regras duras e claro, reverter mais grana para si do que o normal.

Desde Star Wars Episódio VII: O Despertar da Força a Disney impõe condições severas para que os proprietários de salas de projeção sejam qualificados como aptos a exibir os filmes passados há muito tempo atrás numa galáxia muito, muito distante, e a principal diz respeito à fatia que cada uma das partes embolsa: é prática normal a distribuidora ficar com 55% da bilheteria, enquanto as salas embolsam os restantes 45% mas no caso de Star Wars, a Disney morde um pedaço maior. Tanto no filme de 2015 quanto em Rogue One: Uma História Star Wars a companhia ficou com 64% da renda bruta, deixando 36% para seus parceiros comerciais. Não obstante ela exige a reserva das maiores salas para a exibição dos filmes por quatro semanas, dessa forma garantindo que os filmes da franquia recebam o melhor tratamento possível.

Só que agora a Disney alterou o acordo (e os donos de salas que rezem para que ela não o altere ainda mais): não apenas a gigante do entretenimento irá embolsar 1% a mais com Os Últimos Jedi, ficando com 65% da renda como estipulou uma cláusula em que caso haja descumprimento das regras, será aplicada uma multa adicional de 5% sobre a renda com os ingressos.

Isso aí, se algum dono de cinema pisar na bola o Mickey embolsa 70% da bilheteria do filme.

Cenas Exclusivas – Star Wars: Os Últimos Jedi – 14 de dezembro nos cinemas

Falando francamente, não há nada que os donos de salas de cinema possam fazer para reverter essa situação: hoje a Disney é a companhia que mais lucra com projeções no cinema, só no ano passado ela ficou com 26,3% do market share nos Estados Unidos e, desnecessário dizer, ainda que com tais regras a franquia Star Wars rende muita grana às salas de projeção. Há uma geração inteira que está descobrindo a série agora, os fãs de longa data e o capricho que a Disney tem com as novas obras da franquia é total, o que leva a excelentes produções e sucessos arrasadores de bilheteria.

Resultado: O Despertar da Força rendeu US$ 2 bilhões e Rogue One, US$ 1 bilhão. Não é bonito, mas é totalmente compreensível a Disney querer mais grana e por ela estar em uma situação de controle total da situação, tendo a faca, o queijo, o Mickey e o gato na mão ela ditará as regras do jogo e quem não quiser jogar, é só não exibir os filmes. Só que quem em sã consciência vai fazer isso? Ainda que reverta uma fatia menor da bilheteria, Star Wars ainda é uma mina de ouro para as salas de cinema.

No fim das contas, negociar é fácil quando você é o estúdio de cinema mais poderoso e lucrativo do momento ou como o Cardoso diz, um gorila de 800 kg.

Fonte: The Wall Street Journal (paywall).

Relacionados: , , , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Será que os cinemas apoiarão a torresmagem como projeto?

    • Vin Diesel

      tem alguns filmes q não deixo de ir ver em imax. mesmo que caro. já que só vou ao cinema para ver aqueles que eu acho que valham em tela gigante e bom som. mas em geral nem torresmo vejo mais. tô mais no streaming em sites do tipo gatoflix.

      • Gato Rabugento

        Assisti Thor no iMax essa semana, valeu a pena <o/

        • Zalla

          puta filme…mas tem 10 razões para não ver Thor, mó sucesso no face

          • Thiago

            10 razões estas que a galera acreditou piamente hahahahaha

            Jessicão mostrando como fazer um bait de ouro

          • Zalla

            sim, esse lacrou..kkk…

          • Teclado sem acento

            Eh um bait de ouro pq eh exatamente o q o discurso feminista marxista esquerdista prega em praticamente qqr producao nacional

          • Daniel Plainview

            kkkkk Os comentários da galera lá no facebook sobre esse post são um retrato da falência do nosso sistema educacional. As pessoas não conseguem captar uma simples ironia, incrível…

      • kleber peters

        Gatoflix… kkkkkkk… quase cai da cadeira.

        • Vin Diesel

          entra no ponto com e veja.

  • Monstro Medieval

    Ela precisa espremer essa vaca até a última gota de leite e quanto mais do leite ela beber melhor.

  • Vin Diesel

    35% de muito é melhor que 90% de sala vazia…

  • Gato Rabugento

    E como a Disney consegue fiscalizar se as salas de cinema estao realmente repassando a bilheteria conforme as regras do acordo?

    • Lá fora acho que nem precisa se preocupar muito com isso.
      Aqui deve ter todo um esquema de caixa dois, imagino.

      • Oberaldo Gilmentoo

        o exibidor tb teria que tentar passar a perna no shopping, e o shopping certamente consegue ter uma boa noção do movimento… Dificil imaginar shopping e exibidor se juntando para passar a perna na Disney.

    • Alvaro Carneiro

      aí já é outro problema, dependendo do país.

      por via das dúvidas ela pede 60% para garantir pelo menos 40 a 50%.

    • Zalla

      é fácil fazer um robozinho pra fiscalizar isso, pois as programações estão na internet..tudo em xml

    • José Lages

      os filmes passam como se fosse “streaming”. O distribuidor sabe de cada cópia que está sendo reproduzida.

  • E é incrível também como os filmes da Disney nunca vazam antes, né? Afinal, os hackers são ótimos para pegar filmes de todas as produtoras, mas nunca da Disney, que demoram meses para aparecer na Locadora. Todo mundo é incompetente, menos Disney

    • 🦊 RaposaDoida 🦊

      Custa caro, proteger os filmes de vazamento, milhares de pessoas assistem o filme antes do lançamento, ter um controle em cada uma dessas etapas é punk.

  • Davos, o lord cebolito!

    “Estou alterando o acordo, reze para que eu não altere-o ainda mais”
    Quem disse essa frase, Disney ou Darth Vader? hehehe

    • Faz diferença hoje em dia? :p

    • Jefferson Viana

      cara lembrei disso ahahahah

    • Oberaldo Gilmentoo

      Darth Vader não esqueceria a próclise.

  • Germano

    Não curti o Ep. VII nem Rogue One, achei o enredo fraco e forçado. Esse ai vou deixar para pegar na locadora. Pronto, falei.

    • Zalla

      tb não achei lá essas coisas, mas vale o ingresso, que aliás estou pegando essa semana…cinema ilimitado por um ano, carteirinha vip que valeu a pena cada centavo gasto, acho que já recuperei o dobro

      • Germano

        Como é esse esquema de carteirinha vip?

        • Zalla

          tem em varias redes, eu comprei a do cineflix…que tem duas salas em sp..na granja viana e na zona norte…paguei 760 reais…e tem um ano de cinema ilimitado para voce e um acompanhante, chega, apresenta a carteirinha e pega dois ingressos….isso por mes dá uns 65 conto, gasto muito mais que isso no cinema…e fora que ganhei camiseta, um boneco daqueles cabecudos, etc…valeu muito a pena, normalmente vou no cinema toda semana.. em uma ida já vale o vip…

          • Marcelo

            Cara…como vc conseguiu pegar essa carteirinha?

            Tô atras dela um tempinho, mas não acho em lugar algum informações sobre ou contato (ok, não perguntei direto no cinema..kkk)

            O cine da granja é do lado de casa, e pra mim vale muito a pena ter esse vip…nem que seja pra gastar em filme tosco…kkk

          • Zalla

            realmente é uma falha deles, não tem informação em quase lugar nenhum…pra achar eu apanhei…aparece no anuyncio lá embaixo bem pequeno como fazer..e lá só fala para entrar em contato com o gerente do cinema, vai lá no granja, a gerente é a Talita, daí ela faz pra você, só pode pagar no cartão de crédito ou dinheiro…vale muito a pena..tem dia que vou em dois filmes seguidos…e fora que eles guardam alguns lugares pra quando vc chega em cima da hora…fila preferencial…é muito bom…

          • Marcelo

            Ahh… de fato no “comercial” mal e porcamente explica o que é, e nem mostra um contato

            Vlwww mesmo cara…tava atras já fazia um bom tempo… ultimamente estou escolhendo bem o que assistir no cine…deixei passar varios filmes que queria ver…mas não tava rolando gastar tanto em cine, ainda mais dobrado com a patroa junto…

            abração…

          • Lui Spin

            É realmente um dinheiro bem gasto.

            Perto de casa tem um cinema, que custa 9 reais de segunda a quinta. Não pago estacionamento, então também vou quase toda semana.

            9*4*2 = 72 reais (que seria eu e mais um acompanhante).

    • Alberto Prado

      Filmes que eu considere fraco mas que sou “obrigado” a assistir eu vou na segunda-feira. Aí pago meia da meia.

    • Marcelo Rodrigo Gadelha

      Apesar de Rogue One ter tido seus problemas, gostei bastante dele, achei melhor que Force Awakens, inclusive. Se importa em compartilhar o que o desagradou no episódio 3,5?

      • Germano

        Aviso aos incautos: seguem spoilers (tem uma tag que eu poderia usar aqui?)
        No Rogue One: a guria não quer nem ouvir falar da rebelião, que ela odeia, porque todo mundo que ela amava morreu por causa dessa. Dai ela ve o pai morrer nos braços dela por conta da rebelião, e passa a defender a rebelião (!) para no final tambem morrer lutando pela rebelião (!!) junto com o outro protagonista.
        No Force Awakens: Jedi Miojo (instantaneo)

        • David Matheus

          Existe a tag spoiler.

          Ficará assim:

          Este é um spoiler

          Ignore o ponto.
          Para ver o conteúdo da mensagem passe o mouse ou toque em cima da faixa cinza.

          • Germano

            Vlw!

          • Anayran Pinheiro

            Agora corrige o spoiler, carai!

          • Germano

            Não, não vou. Editar comentarios é um saco, as edições ficam esperando aprovação… Ademais, convenhamos, qualquer um que se diga no minimo razoavelmente fã de Star Wars não tem desculpa para ainda não ter assistido.

          • Oberaldo Gilmentoo

            1) Esse negocio de spoiler é frescura;
            2) Rogue One era o filme 3,5; todo mundo que viu os filmes IV em diante sabe que aqueles personagens não existiam depois (antes); então era óbvio que iria morrer todo mundo (meu filho de 10 anos me falou isso lá pela metade da sessão);
            3) De todo modo, veio o “final feliz” tão esperado: conseguiram cumprir sua missão e morreram com honra.

        • Chama-se Jornada do Herói.

          E ela sempre começa com o herói se recusando a participar da tarefa

          • Adriano Martins

            Cara, esse papo de jornada do Heroi não cola com a Jyn. Concordo com o Germano, a desenvolvimento da personagem dela foi extremamente forçado e mal feito.

            Ela é uma personagem totalmente inútil para a trama. Sem ela, tudo ainda aconteceria, ela não teve influência alguma. A única função dela era dar um toque pessoal à missão (ain, papai projetou a falha na estrela da morte, eu mesma vou pegar os planos!! Uhuu!). Sinceramente, o protagonista do filme era pra ser o Cassian.

          • Tire o personagem Indiana Jones do filme Caçadores da Arca Perdida. Tudo teria acontecido da MESMA maneira. O mesmo acontece com Templo da Perdição, Última Cruzada e naquele quarto filme que dizem ter existido, mas há controvérsias

            Ergo. O personagem é ruim e mal construído. Certo?

          • Adriano Martins

            Rapaz, não sei te dizer porque eu nunca assisti Indiana Jones. Mas pelo pouco que eu sei da franquia, ela não se leva tão a sério. Já Rogue One existe unicamente para tapar um plot hole em um filme de orçamento relativamente baixo dos anos 70, plot hole esse que nem é significativo assim, os fãs já até ignoravam. Não tem como querer ser mais sério do que isso. se a Jyn tivesse os planos desde o começo, faria mais sentido. Mas a mensagem do pai dela estava com o Saw Guerrera. Se a Jyn tivesse alguma informação confidencial, faria mais sentido. Mas o Cassian, usando de espionagem, descobriu tudo o que precisava sem precisar dela. Cara, a influência dela no filme é tão pífia que a morte dela nem é o momento emocionante do filme, e sim a morte do cego que usa a Força. É ridículo. O filme tem mais de duas horas de duração, sendo que a primeira metade inteira é dispensável, chata e cheia de diálogos expositivos.

          • Oberaldo Gilmentoo

            “desenvolvimento da personagem”…
            Cara, é cultura pop, não é filme de arte e o roteiro não veio de autor que ganhou Nobel de literatura. “desenvolvimento da personagem” é feito com duas ou três pinceladas e chega.

    • Lui Spin

      O Episódio 7 é uma cópia descarada do 4.

      Sem falar que ele “estraga” tudo que aconteceu no 6.

      Mas esse novo tem tudo para ser bom, pq acho que agora eles vão partir pra uma história nova.

      • Zalla

        sim…ap4 remake, e os sabres de luz sendo usados como tacos de baseball, deu até saudasdes do episodio 1

    • Zalla

      Rogue é legalzinho…um bom filme de guerra, ambientado em Star Wars, tipo os doze condenados

    • Felipe Lino

      Ver a Rey com o primeiro contato com a força ganhar de um cara que treina desde criança pra mim foi extremamente forçado, espero que deem um jeito de consertar isso no VIII, pq nem o Anakin nascido da força tinha esse poder todo.

      • Teclado sem acento

        Qualquer pessoa que faz mesmo que 2 ou 3 meses de luta jah sabe que eh praticamente imposivel um completo novato vence-la em um combate.

        Quem dira alguem com anos de treinamento. Foi forcado mesmo.

        • Rodolfo Oliveira

          Acho que eles nem se preocuparam muito com isso, e acho que pela fato dela lutar pelo lado branco da luz meio que A Força deu uma super nerfada nela pra conseguir bater de frente com o vilão. Isso é muito comum em anime ( o que acredito que os produtores ocidentais hoje em dia devorem, sinceramente, tem tanta coisa parecida), o vilão é um Deus, um guerreiro de elite, um super assassino ou o que quer que seja, mas pelo fato do herói estar lutando do lado “do bem” mesmo sendo um iniciante ele ganhar um power-up absurdo e bate de frente com o vilão. Isso acontece demais em Cavaleiros do Zodíaco, em Bleach…

          • Ivan

            Cdz é classico nisso, bleach nem tanto, só a luta do Ichigo contra o Aizen, se bem que ele se transformou e tals.

          • Rodolfo Oliveira

            DBZ foi bem nesse sentido porque o Super Sayajin foi muito bem trabalhado, mesmo sendo um Power-up absurdo o efeito dramático foi muito bom. Ele se enquadra na lista de power-ups pra fazer o mocinho conseguir vencer o inimigo, mas como ele foi muito bem feito ao longo do arco inteiro e causando um impacto imenso na história e passando mesmo aquela sensação de milagre eu deixo passar. Já os do Seiya não dá pra relevar mesmo… A primeira vez vá lá, mas na 06528555 não…

          • Ivan

            DBZ sempre falou do super sayajn, então nisso não foi um deus ex machina, já viu fairy tail? poder do protagonismo é o que mais tem, tiram poder da bunda pra derrotar gente 100x mais forte.

    • Foi de fato um roteiro bem conservador e controlado. Como se os fãs de SW precisassem de algo assim para irem assistir.

  • Claudio Roberto Cussuol

    Eu vi uma entrevista com o responsável pelo Grupo Severiano Ribeiro certa vez. Ele dizia que o que sustenta um cinema não é o ingresso e sim a PIPOCA.
    Considerando o valor que eles cobram e o quanto o custo de um saco de pipoca deve ser baixo, provavelmente é verdade.

    • Germano

      True. O preço de qualquer coisa na bomboniere é irreal, mas vai convencer as crianças…. quando eu vou sozinho ou só com a patroa não compro nem uma bala ali.

      • Zalla

        Adoro shopping com lojas americanas, com metade do valor que vc gastaria vc leva muito mais snacks.ehehe..não que seja necessário pra assistir

        • João Ribeiro

          um shopping da minha cidade, a americanas fica praticamente do lado do cinema, a gelera fazia isso, o cinema resolveu proibir permitindo apenas coisas da bomboniere, levaram uma voadora de dois pés do procon e liberaram de novo.

          • Zalla

            aqui em sp também tentaram isso…tinha placa de “proibido entrar com comida” daí trocaram para “sugerimos”, procon tem hora que funciona…mas eles ainda podem proibir algumas coisas que eles não vendem na lojinha deles, como bebidas em lata ou garrafas…daí se eles não vendem pode…então sempre levo umas pipocas…e os refris escamoteados na bolsa…umas garrafas de 600…

          • João Ribeiro

            lata e garrafa acho que podem proibir sem problemas, questão de segurança etc, mas permitir só alimentos que eles vedem não pode. ou não entra nada ou entra tudo

          • PugOfWar

            uma vez quis entrar com um copo de ovomaltine e não deixaram, copo que é igual aos de refri que eles vendem

          • Lui Spin

            Esses dias entrei com dois BK na jaqueta. kk
            As vezes vou de mochila só por causa disso.

          • Zalla

            no shopping metropole de sbc, tem até promoçao em uma lanchonete, vc apresenta o ingresso do cinema e ganha desconto para comprar aquees baldes de frango

          • Eu já entrei com um burger do Fifties. Calcule a fome.

          • Lui Spin

            Muita fome. kkk

          • Marcelo

            Cinemark costumava encher o saco com compras fora da bomboniere… mas já faz um tempo que eles não estão nem ai

            No cinemark granja e raposo, sempre pego refri e salgadinhos e uns doces por fora, e entro com a sacola na mão mesmo de boa… nunca falaram nada…

          • Zalla

            O cinemark levou uma enquadrada dupla, do procon e do ministério publico, pq eles eram bem chatos, e isso caracterizava compra casada

          • tuneman

            aqui em Passo Fundo tem mercado Zaffari no mesmo shopping que o cinema.
            Loja Americanas é só pro sem noção que quer gastar dinheiro a toa, pois é tudo mais caro.

        • Por isso que eu levo mochila. XD

        • Felipe Lino

          No cinema aqui da minha cidadezinha eu já vi cara entrando com bandeja de pastel no cinema.

          • Zalla

            Daqui a pouco entram com prato de feijoada

          • Já vi entrarem com bandeja de comida japonesa. Com shoyu e tudo.

        • Vira e mexe eu entro com lanche do McDonald’s na cara dura. Já minha noiva é cara de pau, ela leva a bolsa e se tiver Lojas Americanas ela faz o rapa na loja (pagando, claro) e leva um monte de guloseima pro cinema sem dó.

          Mas eu não consigo ficar sem a pipoquinha do Cinemark, sempre compro nem que seja a menor (que acaba em 5 minutos, e ainda faltando pelo menos 15 minutos de trailers).

      • Lui Spin

        É engraçado, mas parece que tem pessoa que só vai no cinema pra comer pipoca.

        Eu nunca comprei para mim, só para os o outros.

        • Vitor L.

          Já ouvi comentários assim: “Só venho aqui por causa da manteiga na pipoca”. Chega até ser engraçado, achava que o povo ia pra ver o filme. Kkkkk

      • gfg2

        Nunca entendi essa tara por pipoca. Não mata a fome, faz barulho, e tu tem que ficar tirando casquinha que gruda no dente.
        É igual tomar chimarrão quando tá fazendo 35º, não faz sentido nenhum, a não ser o cultural.

        • Zalla

          ah..pipoquinha é bom por isso, é pra dar mais sede e vc beber mais.ehehe..
          mas realmente só compro quando vou com as crianças, vou no cinema pra assistir o filme, mas a cultura de cinema = pipoca já tá implantada

          • Germano

            E ainda tem esses combos que eles oferecem. Da ultima vez que cai nessa armadilha, alem de ter desembolsado em pipoca, um copão de refri e umas balas o preço de um lanche no Madero, perto do fim do filme eu estava suando frio e rezando para os creditos chegarem logo – por culpa do copão de refri.

          • Zalla

            bem por aí, prefiro chegar cedo e ir em alguma lanchonete, gasta-se a mesma coisa

          • Xultz

            Nunca tomo refri em cinema por causa disso. Eu costumo ficar algumas horas antes do filme sem nem tomar água. Minha bexiga tem um dispositivo especial que faz dar vontade de ir no banheiro exatamente 5 minutos depois de começar o filme. E isso só acontece em cinema, em casa em posso tomar uns 3 litros de Coca e não acontece nada.
            Por consequência, também não como pipoca. Minha bexiga vai levar os cinema à falência…

          • tuneman

            tamo junto. minha mulher implica, mas me recuso a ter que sair no meio do filme pra mijar.

        • Marcelo

          Cara…queria pensar assim…kkkk

          Mas ir no cine e não comer um balde de pipoca, é como não tomar uma cervejinha num churrasco…
          Parece que algo não está certo…kkkk

        • Ivan

          E quando gruda no fundo da garganta pqp, é uma agonia que dura dias

          mas sempre compro quando vou ao cinema

      • Vitor L.

        Depois as pessoas perguntam porque alguns cinemas fecham. Se o cinema não lucra com ingresso, só pipoca, logicamente ele não recebe nada. E meu amigo, energia, água, salário de funcionários, férias, INSS, impostos, aluguel, manutenção não são de graça. A pipoca e bebidas e snacks são caros pois eles precisam pagar por tudo isso pra você poder usufruir do serviço de exibição. Você não assiste filme na rua. Você assiste o filme em um ambiente climatizado e fechado, estrategicamente montado pra seu conforto e segurança, com atendimento de funcionários qualificados em várias áreas e conservação pra manter tudo limpo e organizado. Nada disso é de graça. Reclamar é muito fácil, mas o lado das exibidoras é “foda-se”, neh? Vamo pensar mais um pouco antes de sair críticando os preços das coisas se vocês não se informam antes o “porque” de ser tão caro. Fica a dica!

        • Germano

          Credo. Tu é ou foi dono de cinema, isso? E nem foi meu o primeiro comentário nesse sentido…

          • Vitor L.

            Trabalho em um. Ouço todos os dias comentários como esses. Muitas pessoas tiram sarro dos funcionários, e que nem são os culpados pelos preço. Muito apenas julgam e tiram chacota. Quase nenhum pergunta o porquê de ser tão caro. Criticar é muito fácil. Mas ninguém se interessa em entender que uma exibidora é uma empresa e todo empresa precisa lucrar pra se manter. Coloquem isso na cabeça de vcs: CINEMAS NAO LUCRAM COM INGRESSO.

          • DP4K32B

            Qual empresa tu trampa? Na Azul, Vermelha ou Amarela? (Supondo que sejá em um dos 3 maiores players).

          • Vitor L.

            The Red Capes are coming UhU

        • ElGloriosoRangerRojo™

          Vamos abraçar os donos de cinemaa! Uaaaahhhhhhh! [unicórnios voandoooo]

          Não me interessa porque é caro. Se é caro eu não pago e pronto.

        • DP4K32B

          Trabalho na projeção de um cinema e sei como funciona.

          Da hora que abre até a hora que sobe a última linha de crédito, tem pelo menos cinco projetores ligados com lâmpadas de xênon 4000W ou 6500W a pino.

          Não importa se tem um ou trezentos clientes, a sessão roda nos dois casos.

          Tem hora que dá uma agonia olhar lá de cima e ver duas ou três cabeças numa sala com 400 poltronas.

          • O maU elementaU

            Uma vez eu fui ao cinema com a namorada e o moleque dela. So tinha nos 3 🙁

          • Rodolfo Oliveira

            Eu acho que por isso que os cinemas metem a faca em fim de semana, eles tem que manter uma estrutura todos os dias da semana pra praticamente faturar só durante sexta a noite e no fim de semana. Mesmo em filmes tipo Star Wars e Marvel as sessoes sao relativamente vazias durante a semana. É a mesma lógica de boate, tem que se manter todos os dias uma estrutura que de fato só gera receita por dois.

          • Ivan

            Fico triste quando vejo isso também.

          • Ivan

            5 projetores por sala?

          • DP4K32B

            As últimas cinco sessões geralmente acabam com minutos de diferença.

          • Ivan

            então é um por sala né?

            E os custos do ingresso, fazem aquele calculo, a meia é o preço verdadeiro?

          • Vitor L.

            Xenon é muito caro o W/H, ainda bem que dá pra investir nos novos a laser, que são mais caros, porém tem uma durabilidade menor e quase não requer manutenção

        • Felipe Rafael

          Suponha que os cinemas lucrassem horrores com a exibição.
          Ok.
          Você acha, sinceramente, que a pipoca ia custar o preço da pipoca de igreja?

          • Vitor L.

            Se eles lucrarem somente com exibição eles não cobrariam um valor tão alto em produtos no Snack Bar.

        • Ivan

          Mas ai fico pensando se fosse mais barato iriam vender mais? quantas pessoas pagam 10 reais em um diamante negro de 70g?

          • Vitor L.

            Com certeza. Mas tudo isso depende de muitas coisas e principalmente do nosso governos e os altíssimos impostos em cima da indústria exibidora.

          • Ivan

            Acho que não tem muito a ver, se vc compra por 2 reais no mercado mas no cinema ta 10, poucas pessoas irão comprar, ainda mais se der pra comprar na americanas dentro do shopping

          • Vitor L.

            Tem tudo a ver. No mercado pode estar 2R$ e no cinema 10R$ pelo simples motivo de “taxas disso, taxas daquilo”. Em shoppings tudo é mais caro, principalmente un producto que é principal de uma empresa. Se ela tem aquilo como sustento, é óbvio que ali dentro vai sair mais caro. Mas isso não aconteceria se fosse em um “cinema de rua”. É só porque é shoppings mesmo que tudo é mais caro.

          • Ivan

            Comparei 2 lojas dentro do mesmo shopping.

      • Jorge Dondeo

        Meu pai falava não, e fim de papo.

    • 🦊 RaposaDoida 🦊

      Muitas pizzaria tiram o lucro da Coca-Cola.

      • Ivan

        Acho que não custo de produzir uma pizza é muito pouco, cobram 35 numa pizza que mal custou 10.

  • Vou escrever um pouco sobre minha experiência observando a forma de trabalhar da Disney in loco.
    Por coincidência, o Facebook me avisou ontem que faz dois anos que visitei os parques de Orlando.
    Os parques da Universal (Harry Potter, Jurassic Park, etc.) são magníficos, disparados os melhores parques que já visitei na vida. Mas, aí então, você começa a visitar o Magic Kingdom, o Epcot e o Holywood Studios – ou seja, entra no mundo da Disney e…
    Não tem como explicar em pioucas palavras, mas vou tentar: eles são de uma eficiência absurda nos mínimos detalhes. Não tem concreto rachado ali, não tem pintura fosca, não tem uma sujeirinha no chão, você não fica nem dois minutos com cara de “estou perdido” que logo aparece um atendente para te levar pela mão para onde você quiser ir. É tão acolhedor que você se sente de volta à infância, livre para apenas brincar e com aquela sensação que, se você cair, vai ter uma mão ali para aparar a queda. Só no fim do dia, vendo a queima de fogos, é que entendi porque tanta gente usa a palavra “magia” para definir aquilo lá.
    Enfim: eles tem produtos excelentes e sabem cobrar bem caro por isso: seja na distribuição dos filmes, seja no preço de ingresso dos parques. Eles SABEM que o sucesso está garantido e, quem quiser uma parte do lucro, terá que respeitar a parte do Rei Leão.

    • É a regra de ouro da Disney: “não quebre a magia”. Nos parques dela você não vê cabos, engrenagens, nada disso. Ande cinco passos e sempre, SEMPRE terá uma lixeira perto. Os atendentes sempre sorriem, não importa a situação. Você não vê reposição de itens, não vê carros de manutenção.

      É assim que a Disney trabalha, e para ela dá certo.

      • Ivan

        Vi que é expressamente proibido dexiar o publico ver os personagens só com metade da fantasia

        • Exatamente. Pelos relatos que me deram. É IMPOSSÍVEL vc ver quem está dentro da fantasia. Ao menor sinal de desconforto (aquela bagaça é quente bagarai), é imediatamente substituído. Segundo uma amiga minha falou: É o lugar que faz vc querer ir depois de morrer, porque nem o céu é tão legal

      • Eu sempre digo: Disney não faz (parque/cinema/filme/whatever). Disney te vende uma experiência mágica. Ela lhe promete magia. Ela lhe entrega magia.

  • Helio Parente

    VOLTA, GEORGE LUCAS

  • Convidado

    E se reclamar, quer 10% da pipoca da bomboniere.

  • Robert Melo

    Simples, o cinema aumenta o preço do ingresso para cobrir o aumento do repasse ao estudio e a fulga de público.
    O cinema lucra igual nos termos de outros filmes, o estúdio embolsa o esperado e todo mundo saí ganhando (menos o seu madruga que ia vender o ferro de passar e trocar todas aquelas “figurinhas repetidas” do chaves com aquelas que ele comprou. Ah, menos o público também).

  • Brunno KicKer
    • Anayran Pinheiro

      Qual o nome desse episódio, plz?

      • Brunno KicKer

        the ring

    • Jefferson Viana

      sempre afirmo isso: south park é o melhor analista socio-economico-cultural dos ultimos 20 anos

  • Lui Spin

    Chora menos quem pode mais.

  • Luiz

    Quanto chororo, Apple fica com 60% e os desenvolvedores de iPhone tão lá felizes de bobos.

  • Raphael Goettenauer

    Cade a UNE indo lá mandar a Disney cobrar meia dos cinemas.

    • Ivan

      UNE e a briga com a realidade….

  • RHC

    De quem é o filme? Quem gastou pra criar, produzir, divulgar?
    As salas e distribuidoras sempre se especializaram em meter a faca, principalmente no pequeno produtor. Quem cria e produz deve receber sim a maior parte do bolo.
    A publicidade recebe apenas 20% do que cria. 80% vai pra TV, que produz conteúdo que efetivamente atrai audiência. Perto desse número a Disney é uma criança.
    E fotógrafos? Suas obras são roubadas, republicadas, etc, etc. Os bancos de imagem ficam com a maior parte, o fotógrafo, quando muito 35%. Na média, um fotógrafo recebe 50 centavos por cada download de um cliente que paga mensalidade.
    Escritores então? Esses se lascam nas mãos das editoras.

    Dito isso, espero que a motivação por uma matéria como essa diminua. Valorizam o autor, o criador e o produtor. 🙂

  • Macaco Infinito

    Um dos textos mais mal escritos que já li, meus parabéns.

  • Ednei P. de Melo

    Quero ver é ela tirar as séries da Marvel no Netflix… &;-D

  • Daniel Plainview

    Não estou animado pra ver esse suposto remake de “O Império contra ataca”…

  • Henrique Crivelli

    35% do lucro de star wars é bem melhor do que 100% do prejuízo por aquele filme lacrador quebrador de paradigmas destruidor do patrircado que o povo sustentado por globo filmes e lei rouanet costuma fazer…

  • 🦊 RaposaDoida 🦊

    O que mata o cinema do Brasil hoje em dia é o 3D!!!
    Morte aos filmes em 3D!

  • Zaaboo

    O que nego vai vender de pipoca e refrigerante superfaturado nessas salas totalmente cheias paga essa conta aí tranquilamente.

  • Uriel Dos Santos Souza

    Quem consegue mudar uma lei de direitos autorais sempre que precisa.
    Manda em cinemas é simples d+!

  • Firmo

    Claro que tem, é se se unirem e dizer, obrigado não vamos passar este filme, boa sorte.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis