Sem alarde mas a Melhor Coréia pode explodir uma bomba atômica e começar uma guerra sábado.

bestkorea

Uma velha maldição chinesa diz “que você viva em tempos interessantes”. Bem, estamos vivendo tempos mais interessantes do que seria saudável, e em breve ficarão mais interessantes ainda.

Leitores do MeioBit sabem que a gente odeia alarmismo, desprezamos matérias de asteróides assassinos e outras bobagens. Só acreditamos no apocalipse robótico pois Skynet é inevitável. Mesmo a Melhor Coréia e suas infindáveis ameaças só vale como piada, mas agora, agora pode ser diferente.

Sábado será comemorado o 105º aniversário de Kim Il Sung, fundador da Melhor Coréia e avô do Grande Líder. Até aí tudo bem, fazem isso todo ano, e quando dá tentam comemorar com uma demonstração bélica. Em 2012 foi o lançamento de um foguete, que não deu certo.

A coisa fica estranha quando os jornalistas estrangeiros na Melhor Coréia foram avisados para se preparar pois amanhã, quinta-feira aconteceria um “grande evento”. Como as festas pro Grande Líder são sábado, não faz sentido antecipar nada.

Aí surge a notícia de que fontes indicam que a Melhor Coréia estaria preparando a detonação de um artefato nuclear, provavelmente sábado.

Observações de satélite do campo de testes nucleares deles, em Punggye-ri indicam que estão nos preparativos finais, os túneis já foram escavados e a ogiva já estaria em posição.

fig1_punggye-upd-17-0412-990x742

Se ocorrer esse será o sexto teste nuclear deles. O primeiro foi em 2006, de lá para cá a potência só vem aumentando:

  • 2006 –  entre 0,7 e 2 quilotons
  • 2009 – entre 2 e 5,4 quilotons
  • 2013 – entre 6 e 16 quilotons
  • 2016 – entre 7 e 10 quilotons
  • 2016 – entre 20 e 30 quilotons

Claro que comparados com ogivas de gente grande essas bombas são só traques. Usando a média, 25 quilotons, uma bomba dessas explodindo em Brasília em cima do Planalto só leva alguns quarteirões.

byebyebsb

Fonte e para brincar de explodir os outros: Nukemap

Continuando assim a Melhor Coréia vai acabar desenvolvendo uma bomba de verdade, e isso é ruim. Mesmo uma dessas pequenas estragaria o dia do pessoal em Seul, se o Grande Líder resolver jogar uma por lá, ou em Tóquio.

Mesmo não confiáveis ele já tem mísseis que alcançam o Japão, e o tamanho das ogivas só depende de capacidade técnica. Aqui um zé ruela fazendo graça do lado de uma ogiva W87, com capacidade explosiva de 475 quilotons:

w87

A W87 foi desenvolvida em 1982, que quer dizer que só está uns 20 anos adiante da capacidade tecnológica da Melhor Coréia.

Que algo está acontecendo, está. Os EUA mandaram pra Okinawa o Constante Phoenix, este bicho aqui:

c507vzswaaaqmur

É um KC-135 adaptado para coletar e analisar amostras atmosféricas, identificando e determinando os detalhes de explosões nucleares. Ele foi usado nos testes da Melhor Coréia, Índia, Paquistão e Fukushima.

Sò que não é só o Constant Phoenix que os EUA estão enviando para a região. O USS Carl Vinson e sua frota de apoio já estavam a caminho da Melhor Coréia.

cv

O Japão, que normalmente fica de fora, vai mandar “vários” destroyers para acompanhar a frota americana.

A China, que costuma ficar do lado da Melhor Coréia, está lavando as mãos e, para fazer o Grande Líder abaixar a bola, cancelaram um carregamento de carvão melhor-coreano, mandaram os navios voltarem no meio do caminho. No lugar, importaram um carregamento… dos EUA.

NORMALMENTE o teatrinho funciona assim: a Melhor Coréia faz um teste nuclear, o mundo chilica, ameaça sanções. A ONU entra no meio, oferecem aumento nas doações de comida que a Melhor Coréia recebe constantemente, e em troca eles ficam alguns anos sem explodir nada.

Desta vez vão enfrentar um presidente dos EUA imprevisível, que talvez não compre a retórica vazia deles. Gente mais centrada não liga de ser xingado e ameaçado. Já Trump? Ele pode levar a sério a Melhor Coréia dizer que vai atacar o território continental dos EUA com armas nucleares, se sentir ameaçada.

A Melhor Coréia não está muito melhor de líder, chamaram de Grave Provocação e praticamente uma declaração de guerra o senador John McCain chamar o Grande Líder de gordinho maluco.


BANG!

O que acontecerá nos próximos dias? Ninguém sabe. A Melhor Coréia adora blefar, mas isso só funciona se os dois lados conhecem as regras do jogo. Trump pode muito bem responder a um teste nuclear com um ataque localizado como fez na Síria, mas e aí? O que fará o gordinho maluco?

Lançar ataques contra as forças americanas está fora de questão. Bombardear com sua artilharia a Zona Desmilitarizada? Isso implicaria em uma resposta, e a coisa só tende a escalar. Atacar Seul diretamente, como retaliação? Não funciona como resposta limitada, o governo, que já está enfraquecido, aproveitaria para contra-atacar com tudo.

Tudo pode acontecer e, se serve para acalmar, gostaria de lembrar de um incidente onde uma árvore derrubada na Zona Desmilitarizada resultou em dois americanos mortos e escalou para uma operação envolvendo DEFCON 3, 30 veículos, 60 homens de Forças Especiais, helicópteros de ataque e B-52 armados com ogivas nucleares.

Será divertido acompanhar esses próximos dias. Quem viver, verá.

Relacionados: , , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz e Calcinhas no Espaço.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis