VR Monkey e Catavento Cultural trazem os dinossauros brasileiros de volta à vida

album-surpresa-dinossauros

Intacto, porém incompleto. ?

Não sei como é hoje, mas ao menos na minha época o assunto dinossauros não era prioridade no ensino, apenas uma menção nas aulas de ciência. Muita coisa do que aprendi na época foi lendo livros extracurriculares, enfurnado na biblioteca municipal. Ainda assim algo era notório: poucos eram os materiais que mencionavam os grandes lagartos brasileiros.

O álbum de figurinhas do chocolate Surpresa acima (que vai voltar em forma ovo de Páscoa mas como a ordem é faturar, dividiram o álbum entre três versões da guloseima e você vai ter que morrer em R$ 150 para ter tudo. Malditas Memberberries) trouxe alguns exemplares de dinos brasileiros, mas isso foi em 1993. De lá para cá poucas foram as iniciativas voltadas para o público geral a fim de apresentar tais criaturas.

É por isso que a exposição de Realidade Virtual Dinos do Brasil, instalada no Catavento Cultural em São Paulo é tão importante: é uma forma de revelar para a criançada (e para muitos adultos) as fantásticas criaturas que habitaram nosso território há milhões de anos.

A demonstração, um passeio de 30 minutos pelo Brasil da Era Mesozóica foi concebida pela VR Monkey, uma startup fundada em 2015 por Keila Matsumura e Pedro Kayatt, ambos engenheiros de computação formados na USP. A ideia por trás da empresa é utilizar a Realidade Virtual para a criação de conteúdos interativos educacionais, principalmente voltados para as crianças. E se tem uma coisa que todas elas, sem exceção, adoram são dinossauros. Logo, por que não juntar o útil ao agradável e demonstrar quais criaturas povoaram nosso país no passado?

dinos-do-brasil-001

A exposição ocupa uma sala de 100 metros quadrados e acomoda os visitantes do museu de maneira bem confortável. Cada um terá um Oculus Rift à disposição e uma vez iniciada a apresentação, irá visitar diversas localidades do Brasil onde registros fósseis foram encontrados nos períodos Triássico e Cretáceo (há uma grande lacuna no Jurássico brasileiro, com uma quase completa ausência de registros).

O visitante será levado em uma máquina do tempo, onde o narrador apresenta diversas espécies de dinossauros equivalentes aos grandes lagartos que povoaram outros continentes e também o ambiente, completamente diferente de hoje. O território paulista, por exemplo era um gigantesco deserto de dunas e o sertão nordestino abrigava uma grande floresta.

dinos-do-brasil-002

A instalação utilizou recursos da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura (a primeira do tipo, consumindo R$ 607 mil) e teve patrocínio de empresas como Intel (responsável pela sessão especial fechada à impresa da qual participei), Ambed e Fundação FAPESP, entre outras. A visitação pública é aberta durante os fins de semana e nos demais dias é fechada a grupos, principalmente a visitação escolar.

Após a sessão de imprensa um grupo de crianças aguardava ansiosa por sua vez, e embora estivessem dentro da faixa etária recomendada (mínimo de 9 anos) algumas ficaram realmente apavoradas com as criaturas passando em sua frente. Mas no geral curtiram bastante.

dinos-do-brasil-003

A VR Monkey tem uma excelente ferramenta educacional nas mãos; o intuito da startup é prover exibições principalmente em museus, mas não descartam a ideia de no futuro fornecerem um demo, uma “palhinha” para ser degustada em PCs e dispositivos como o Gear VR principalmente para atrair mais e mais gente, o que é excelente.

Agência FAPESP — Sala de realidade virtual dá vida aos dinossauros que viveram em terras brasileiras

Serviço

  • Exposição — Dinos do Brasil
  • Capacidade — 25 pessoas por sessão
  • Faixa etária — a partir de 9 anos
  • Dias da sessões — de terça a sexta-feira apenas para grupos agendados, exceto em período de férias escolares e feriados; nas demais ocasiões e em fins de semana é preciso retirar senha
  • Horários das sessões — 10:00, 11:00, 12:00, 13:00, 14:00, 15:00 e 16:00
  • Onde — Catavento Cultural e Educacional, no Palácio das Indústrias
  • Endereço — Av. Mercúrio, s/nº, Parque Dom Pedro II – Centro, SP
  • Horário de funcionamento — de terça a domingo, das 9:00 às 17:00; a bilheteria encerra os trabalhos às 16:00
  • Ingresso — R$ 6,00 inteira e R$ 3,00 meia, com benefício reservado a aposentados, crianças de 4 a 12 anos com carteirinha escolar e pessoas com deficiência; entrada gratuita aos sábados

UPDATE: ao contrário do afirmado antes a instalação consumiu R$ 607 mil, com o apoio da Intel e Ambev e não R$ 3 milhões; a VR Monkey foi autorizada a captar R$ 2,9 milhões pela Lei Rouanet para o projeto Dinos do Brasil, mas tal quantia não foi necessária. O texto foi alterado.

Relacionados: , , , , , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Monkey

    De novo… Meu nome em vão, mas é por uma boa causa

  • Harlley Sathler

    Que nostalgia bateu agora! Eu completei esse álbum em 1993. Devo ter isso guardado em algum lugar até hoje.

    • Monkey

      Legal! Cheguei bem perto de completar. Nunca mais provei algo da indústria nacional como o Surpresa.

  • Rookie naz

    Tava sexta lá, se eu fosse uma semana depois kkkk

  • Uma passagem pro ACRE não faz o mesmo? Ou é tão difícil assim conseguir passagem pela viação pirlimpimpim?

    • Não ACREdito que o ACRE existe

      • Basta bater palmas (tocar a campainha é melhor, mas…)… só cuidado pra não esmagar acertar essafadinhas.

    • Bruno do Acre – (Etevaldo)

      O seguro é alto, dizem que pterossauros geralemtne abatem aeronaves mecanicas no espaço aéreo do Acre.

  • Rodrigo Perez

    Parabéns VR Monkey!
    Só um detalhe Ronaldo, o nome correto é Pedro Kayatt

  • cloverfield

    Meu filho é fascinado pelos dinos mas só tem 4 anos…

  • Diego

    Fantástica a exposição! Tomara que não fique só em SP mas também vá a outros cantos desse país.

    PS: chocolate Surpresa vai voltar!? =D

  • Claudio Torres

    Poxa, faltou 1 card para eu completar o álbum Surpresa.

  • Junior Capitanio

    Lei rouanet investindo em algo realmente educativo? Tem treta aí devem ter mensagens subliminares na bagaca

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis