PlayStation Now deixará de funcionar no PS3, TVs e mais

No início de 2015 a Sony lançou um dos seus serviços mais promissores, o PlayStation Now. Com ele seria possível aproveitarmos vários títulos da empresa através de streaming, ou seja, a pessoa não precisaria ter o console para qual os jogos foram lançados, bastando apenas uma boa conexão, um DualShock e um dos aparelhos compatíveis.

Inicialmente o Now apareceu no PlayStation 4, depois foi levado para o seu antecessor, para o Vita, algumas televisões e por mais incrível que pudesse parecer, até mesmo para o PC, fazendo assim com que diversos exclusivos da empresa enfim pudessem ser jogados em outras plataformas. Porém, o que parecia a realização do sonho de muita gente, em parte está acabando.

O problema é que a fabricante anunciou que em breve o serviço será descontinuado em quase todos os aparelhos em que foi disponibilizado, continuando funcionando apenas nos computadores e no atual console da companhia. Segundo o comunicado, isso acontecerá porque eles querem focar no desenvolvimento para essas plataformas, podendo assim fazer com que o PS Now cresça e melhore.

Portanto, aqueles que aproveitavam os jogos de PlayStation 3 por streaming em um dos seguintes dispositivos abaixo, a partir de 15 de agosto deste ano ficarão a ver navios:

  • PlayStation 3
  • PlayStation Vita e PlayStation TV
  • Todos os modelos de Sony Bravia lançados em 2013, 2014 e 2015
  • Todos os modelos de aparelhos Blu-ray da Sony
  • Todos os modelos de TVs da Samsung

Desses, acredito que a única remoção compreensível (e menos sentida) será a do PS3, pois mesmo sabendo que algumas  pessoas deveriam gostar de aproveitar o aluguel de jogos no console, trata-se de um videogame cujo ciclo de vida já acabou e que no fim das contas ainda podemos obter os jogos para ele.

Eu só fico pensando no quão revoltados deverão ficar os consumidores que investiram numa TV ou num Blu-ray da Sony pensando principalmente em utilizar o PlayStation Now e para mostrar que realmente não tem um pingo de cuidado ao tratar seus consumidores, vale ressaltar que o anuncio foi feito justamente no dia que marcava o quinto aniversário do lançamento do Vita nos Estados Unidos.

Bom, como o serviço ainda não deu as caras no Brasil (e pelo jeito nunca dará), ao menos não teremos muito o que lamentar. Mesmo assim, não há como não criticarmos mais essa presepada da Sony e já começarmos a nos preparar para o dia em que o Now será finalmente abandonado.

Relacionados: , , , , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar
  • Andre Kittler

    Quando você não é dono do seu conteúdo você não tem nada.
    E esse é o futuro. Tem uma palavro para isso: “cloud”. Todo mundo ama!

    • Germano

      Acho que cada um tem que medir o que é mais interessante para si. Prefiro assinar o Netflix a procurar filmes na locadora e ficar ocupando espaço de armazenamento com eles – mas as vezes quando quero assistir algo muito recente volto a apelar para a locadora. Uso o Google Play Music, mas ele tem o pessimo habito de tirar meu acesso as musicas se eu ficar muito tempo sem conexão – o que acontece com mais frequencia em um celular velho, sem chip, que uso como mp3 player na academia. Nessas horas tenho vontade de voltar a caçar musicas na locadora. Jogos por streaming, ainda não topei com um serviço que sequer fosse viavel para mim, exatamente pela minha velocidade de conexão. Casos individuais, tratados de maneira individual, por cada indivíduo.

      • Cocainum

        Vídeo via streaming é algo já bem consolidado e aprovado. E a exigência de processamento no data center é uma fração da necessária para streaming de jogos, portanto é um serviço que escala muito bem. O PlayStation Now ainda tem a desvantagem de exigir um único tipo de hardware nos servidores: PS3. Cada placa de servidor de streaming da Sony tem o hardware de 8 PS3. E cada uma atende exatamente a 8 usuários remotos.

      • Fernando Silva

        Concordo contigo, o problema é que são mídias diferentes. Enquanto assistimos passivamente um filme/série mais de uma vez somente quando é algo excepcional ou que te tocou, jogos são feitos para voce ‘usar’ várias e várias vezes, não importando a estória.

  • Caipiroto, o Capeta Caipira 😈

    Sempre disse que esse negócio de transformar nossos conteúdos de produto pra serviço não daria certo. Até agora não consegui prova nenhuma de que estou errado.

    • Julio da Gaita ✔

      e o Netflix amigo infernal? não é um case de sucesso?!

      • Caipiroto, o Capeta Caipira 😈

        Sim, e excelente. Assim como o Deezer que também uso e o Spotify que eu experimentei. No entanto não deixa de ser preocupante, o conteúdo que está lá é transitório. Já tiraram filmes que eu botei na lista pra assistir antes de eu ter a oportunidade de fazê-lo, mostrando a triste realidade do mundo de serviços de conteúdo: o consumidor não tem absolutamente nenhum controle sobre o que está pagando.

        • Julio da Gaita ✔

          antes de ser um feliz assinante do Deezer depois Spotify, em tempos não tão remotos onde eu era um orgulhoso pirata e tinha que baixar playlists e albums em alta taxa de bitrate de alta qualidade em FLC e outros formatos, dava muito trabalho amigo,

          Hoje ainda conservo a bandeira negra com ossos cruzados em minha nau, mas estou um velho e amargo marujo, que tem preguiça de baixar a porra toda e ajeitar as tags com capinhas de album e os carai, assino o spotify familia e cobro brejas de alguns parentes e outros amigos que rumam sem destino nesse marzão meodeolz….

          • Caipiroto, o Capeta Caipira 😈

            Eu estou no mesmo caso. Depois da Netflix minha disposição de navegar águas turvas em busca de espólios ficou bem pequena. Daí peguei aquela promoção do Spotify de 3 meses por 1.99 pra testar, já na intenção de manter a assinatura depois. Eis que recebo a boa notícia de que a TIM junto com o repasse do aumento de impostos na telefonia, pra suavizar a paulada, incluiu o Deezer no meu plano. Daí quase aposentei a bandeira negra.

          • Julio da Gaita ✔

            orra, perdemos um “irmão em armas” então? rs
            Minha bandeira ainda tremula orgulhosa na minha nau “Raspberry pi3 rodando OMSC + Transmission” em busca dos torresmos de filmes em alta resolução! o netlifx pago pra patroa e pros parentes usarem, de vem em quando assisto alguma coisa…

            Mas navegar é preciso, ainda mais em aguas BR’s…

          • Caipiroto, o Capeta Caipira 😈

            Não me aposentei totalmente. Meu FreeNAS com Transmission ainda não foi descomissionado, mas também já não navega tantas milhas náuticas quanto antes.

        • Cocainum

          Existe uma diferença fundamental entre streaming de vídeo/áudio e jogos: escalabilidade do data center. É isso que vai matar o PlayStation Now em um futuro não muito distante.

          • Julio da Gaita ✔

            tem que ser rentável pra valer a pena, o custo de manter servidores dedicados pra isso é bem grande…

          • Cocainum

            Sim. Por isso o serviço é caro. A Sony agora está pagando o preço de ter usado o Cell no PS3. A solução da MS ficou muito mais barata.

          • Julio da Gaita ✔

            lembro que na época a sony tinha anunciado a compra da GAIKAI uma empresa nesse ramo, pra fazer frente a microsoft perto da e3 antes do lançamento do ps4 x xbox 1, quando havia aquele Hype da MS pra Cloud Computing sendo usada em jogos…mas acho q nem pra MS funcionou, não lembro de nenhum jogo que utilize essa tecnologia… ./

          • Cocainum

            O que eu mencionei como a solução da MS diz respeito a retrocompatibilidade. A forma como conseguiram fazer tem custo zero para o usuário e ficou muito mais barata pra eles. Já a Sony precisa manter uma estrutura com milhares de servidores específicos com hardware de PS3 para oferecer a retrocompatibilidade, através de um serviço que sai caro para o usuário e possivelmente dá prejuízo para a empresa. E agora, uma das “vantagens” do serviço, que era poder jogar em vários dispositivos, foi para o espaço.

            A MS tinha anunciando que usaria a “nuvem” para realizar parte do processamento da CPU em alguns jogos, para a inteligência artificial, por exemplo, mas eu nunca achei que seria mais do que puro marketing. Parece que eu estava certo. Com o Scorpion chegando, essa história morre de vez.

          • Julio da Gaita ✔

            verdade, comprei o x1 pela desilusão com a politica de preços durante o lançamento do ps4 pela sony em terras tupiniquins, comprei o x1 no lançamento só de birra…rs, desde do ps2 jogava om consoles da sony, mas cara o serviço (pago) da microsoft e o suporte são bem melhores do que o da empresa nipônica.

            Mas os exclusivos da Sony são ótimos, mas mesmo assim to ficando velho e sem paciencia, mas acho qesse ano eu pego um ps4 só pelos exclusivos, se a minha amargura e desilusão precoces com a vida não piorarem…rs

        • Bruno do Acre – (Etevaldo)

          Funciona, até anunciarem que não funciona…fora o bloqueio regional.

        • Bem, fazer o que. Isso é nossa “culpa” afinal. Isso só acontece porque preferimos comodidade ao invés da posse propriamente dita. Se tal conteúdo vai ficar indisponível no futuro é apenas um mero detalhe, ainda mais que os consumidores de hoje não tem nem paciência pra revisitar mídias que já consumiram, muito porque acham “boring” (e os amates mas velhos de musica acham isso uma heresia, por exemplo).

        • DiMais

          mas se for fazer analogia com as antigas locadoras físicas, algumas delas quando um grande lançamento chegava nas lojas tinham dezenas de cópias para garantir que o mesmo fosse encontrado com facilidade ali e depois de passado o boom essas cópias excedentes sumiam (ou eram vendidas a preço de banana) e nem sempre você encontraria eles lá.
          agora se você comprar o conteúdo, aí as coisas mudam de figura… streaming é uma forma de aluguel, você realmente nunca será o dono do conteúdo nem terá controle total sobre ele.

  • Julio da Gaita ✔

    o brasil nem teria estrutura pra rodar o Now essa é a verdade.

    • Gustavo Bandoni

      Fale por voce eu tenho internet de 100mb com 15ms ping

      • Julio da Gaita ✔

        Tenho Vivo Fibra 100 Mega, amigo cuzãozinho, mas somos exceções ao serviço porco das operadores em outras regiões do BR,

        • Bruno do Acre – (Etevaldo)

          É que o seu amigo cuzãozinho, pelo simples fato de ter uma protuberância anal, só olha para o próprio foifó…e acha que todo mundo tem acesso a isso….

          • Julio da Gaita ✔

            só deus e os atendentes da NET e VIVO ADSL sabem o quanto lutei contra o traffic shaping, técnicos malandrinhos e promoções escrotas, assinando pctes de tv merdas pra ter desconto na internet zuada… na verdade estou pra me mudar esse ano, e uso a disponibilidade de fibra como critério pra escolher casa…rsrs triste mas é real…

        • Gustavo Bandoni

          Se você tem pq tá reclamando?
          Só para chorar mesmo?
          PS xingar pq não sabe argumentar e coisa de criança de quinta série

          • Reclama pois justamente ele tem ciência de que ter este tipo de serviço e de fato para poucos.
            Nenhuma empresa em sã consciência vai implementar um serviço que exige uma infra considerável para apenas dois gatos pingados.
            Deve-se pensar nisso antes de ficar se indagando o porque você não tem como usufruir de tal serviço, mesmo que tenha a base necessária.

          • Julio da Gaita ✔

            ksoaksokas, só pra rir mesmo né. me chamando de infantil, eu o Julio da Gaita…hsuiahsuiahsuiha.

            Acorda pra cuspir rapaz, você que quis dar uma de malandrão dizendo que tem fibra e só respondi que também tenho e somos exceções a regra, mesmo a fibra na maior parte do estado de SP só tem uma operadora oferecendo esse tipo de conexão.

            Pega um livrinho pra ler pra melhor a interpretação de texto rapaz…

        • Cristiano Viana Alves

          Acho que é mais fácil ganhar sozinho na megasena do que conseguir fibra de 100 Mega no Brasil,

          • Julio da Gaita ✔

            então moro no interior de SP bem proximo a capital, e e pelo menos a area central e residencial da cidade está toda cabeada,

      • tuneman

        e você representa a maioria da população brasileira….

        • Gustavo Bandoni

          Nos EUA a maioria das conexões é tão ruim quanto a nossa, ou tu acha que tem Google fiber no meio da zona rural da Georgia?

          • Rafael Gil

            Isso é vdd. Por incrível que pareça, a nossa internet não é tão terrível assim quanto se pensa.

          • Julio da Gaita ✔

            a internet pode até não ser, mas o preço com certeza é… e preço x qualidade de serviço, se traduz em “que meda de serviço”…

          • Rafael Gil

            Depende… Fibra ótica tem preços bons aqui na banânia e boa qualidade. Ouço podcasts gringos onde o pessoal reclama bastante da qualidade da internet em alguns lugares dos EUA (principalmente via cabo).
            Aí vc me diz: Mas não é em qualquer lugar que tem fibra.
            E eu te digo que nos EUA/Europa tb não…

            Dá uma pesquisada nos preços de fibra aqui e lá fora que vc vai ver que são bem parecidos.

          • Cocainum

            Outro dia estava vendo um tópico no Reddit sobre isso e realmente fiquei surpreso como tem gente pagando mais do que eu por velocidades inferiores, fora do Brasil. Pelo menos em termos de internet fixa, até que não estamos mal.

          • Julio da Gaita ✔

            porra, que triste cara…

      • Danilo

        Você tem um servidor dedicado do PSNOW no Brasil também?

        Pq.. até onde sei, a sua internet de 100mb não vai te ajudar a diminuir o ping entre o Brasil e os EUA ao ponto de ficar “jogável” (< 50ms).

        • Julio da Gaita ✔

          é só um garotinho juvenil se gabando de ter “fibra” liga não…

    • Bruno do Acre – (Etevaldo)

      O Brasil não tem nem estrutura para ser um Brasil…

      • Julio da Gaita ✔

        porra.. só li verdade nesse comentário… triste ./

  • Gradash

    Serviço vai ser fechado breve breve então. Pois o ponto chave dele era ser vendido bem em TVs

  • Bruno

    É provável que eles estão querendo aumentar a qualidade do streaming pra 1080p 60fps ou bitrate muito maior, ou até mesmo 4k. Já que os únicos que eles deixaram de fora foi o ps4 e pc

    • Cocainum

      Como vão fazer streaming em 4K se os “servidores” são PS3 que nem dá suporte a essa resolução?

      • Bruno

        Então como eles rodam jogos de ps4 no psNow? E.. 4k deve ser a resolução máxima do serviço, e não a única

        • Cocainum

          Se rodam jogos de PS4, devem ter adicionado servidores com hardware de PS4, justamente por não poderem contar com as servidores PS3 para fazerem isso. Isso é mais uma dificuldade, já que precisarão manter dois tipos de servidores nos data centers, uma vez que não é possível “emular” o PS3 em hardware do PS4.

          • Bruno

            Não é bem assim. Talvez eles estejam emulando sim, pois como eles são os donos da arquitetura, é muito fácil criar um emulador da mais alta performance para o hardware. A razão de nenhum emulador aberto funcionar bem até hoje é que o ps3 tem um processador proprietário, já a sony tem todos os mapas da arquitetura. Bem como o xone não tem lá um hardware poderoso e está aí emulando os jogos de x360 com desempenho melhor que o x360, porque a microsoft é dona da arquitetura e fez exatamente isso.

          • Cocainum

            A arquitetura cell, com núcleos dedicados não permite emulação a partir de processadores com multiprocessamento simétrico, ainda mais em uma CPU fraca como a do PS4.

            Por falar nisso, quais os jogos de PS4 disponíveis na PlayStation Now? Eu procurei e não achei. Na própria página do serviço, temos a seguinte descrição:

            “PS Now is the subscription service that lets you stream hundreds of PS3 games to your PS4 and Windows PC.”

          • Bruno

            Não precisam de PS4s, tem PCs com processadores muito mais poderosos que um Cell jamais foi por aí, o cell era um processador muito poderoso em 2004, o tempo passa. Eles podem estar emulando em servidores de com 60 núcleos de processamento, e cada vez que uma pessoa inicia uma seção de psnow, é instanciado um hardware virtual de ps3 ou ps4.

            Mas se bem que é a sony né, só tem topeiras japonesas trabalhando lá, eles devem ter mesmo um ps3 ou ps4 desligados esperando alguma pessoa abrir o psnow

          • Cocainum

            Se você puder apresentar uma prova de que a Sony faz emulação de PS3 em seus servidores, eu calo a minha boca. Também aguardo a lista de jogos de PS4 disponíveis na PlayStation Now e, se possível, o link oficial da Sony para essa lista.

          • Bruno

            Se eu tivesse, eu não estaria utilizando os termos “podem “, “devem”, “possivelmente” e afins.

          • Cocainum

            Ok. Me contento com a lista de jogos de PS4 na PlayStation Now. Isso você AFIRMOU e não especulou.

          • Bruno

            Olha, você tá certo! Quer um sorvete agora?

          • Cocainum

            Morango, por favor.

          • Rafael Gil

            Na vdd a Microsoft não emula o X360, ela virtualiza o SO. Como ela é dona do Sistema, ela fez uma versão do mesmo sistema que roda no x86 do Xbox One.
            A Sony deve fazer algo parecido nos servidores do PS NOW.

          • Cocainum

            Exato. É uma Virtual Machine do Xbox 360 rodando em padrão x86 e todos os jogos tem binários convertidos do padrão PowerPC para x86, tanto que é necessário fazer o download integral do jogo, mesmo que você tenha em DVD físico.

            Emulação é quando você roda o binário original e faz a conversão do código de máquina em real time.

          • Rafael Gil

            Exatamente. Não é emulação. Se fosse conseguiria rodar qualquer jogo “out of the box”. E não é isso que acontece.

          • Bruno

            Ahh, então os emuladores de pc rodam sim todos os jogos “out of the box”?

          • Rafael Gil

            A maioria sim. Você não precisa recompilar o jogo. Coloca um CD de PS1 e o emulador vai rodar ele.
            Se não me engano alguns fazem essa recompilação em tempo real (Acho que chama HLE, ou high level emulation).
            O que faz não rodar todos os jogos exatamente igual no console é por que eles precisam fazer por engenharia reversa. A MS e a Sony não precisa fazer engenharia reversa.

          • Bruno

            Não é tão simples, mesmo que você tenha todo mapa da arquitetura e consiga traduzir todas as instruções. Existem latências específicas que tem que ser ajustadas em código. Pois o x360 não é só um processador fazendo tudo, ele tem uma cpu, gpu e memória a serem emulados pelo xone. CPUs são fáceis de serem emuladas pois são arquiteturas muito antigas e trabalhadas a muito tempo. Mas a gpu do xone é amd, ela responde a um conjunto de instruções totalmente diferente da do x360. No pc, quem cuida da tradução das instruções para uma gpu é o driver, por isso existe o chamado driver overhead e o dx12 tenta diminuir isso.

            A questão é, alguns conjuntos de instruções podem ser facilmente traduzidos, enquanto outros, podem requerir um trabalho bem maior pelas diferenças de hardware. Não basta ter a arquitetura, criar um tabelão e toma sua emulação perfeita!

            O chip de ps1 é ridiculamente simples, e o ps2 tinha um ps1 dentro dele, era o chip de audio, por isso emulação não era necessária. Já ps2 hoje em dia não é tão simples emular alguns jogos. Ps3 em diante, pelo fato de serem sistemas distribuídos, que tá muito mais complicado de emular.

          • Rafael Gil

            Não é mesmo! Tanto que não fizeram a emulação do X360, mas sim virtualizaram o SO 😉
            Emular um X360 seria impossível no hardware do Xone.
            Foi o que eu disse desde o começo, rsrs.

          • Bruno

            ahhh Não!

          • Bruno

            olha só gênio da computação virtualizar = emular

          • Rafael Gil

            Não, não é. Eu posso virtualizar outros sistemas operacionais dentro do meu sem emular nada, dando acesso direto ao hardware.
            Por ex, eu posso virtualizar um linux dentro do Windows e vice versa, pois ambos usam a mesma arquitetura (x86). Já se eu quiser rodar um Android compilado para ARM dentro do Windows (para fins de desenvolvimento), eu preciso necessariamente emular a arquitetura ARM (o que é terrivelmente lento, inclusive).
            Hoje em dia, o Google faz o mesmo que a MS fez: Compila uma versão de Android pra x86 e roda em uma máquina virtual dentro do Windows/Linux/Mac. Sem emulação, com muito mais velocidade.

            Em suma: Virtualização: permite rodar um software ou sistema que use a mesma arquitetura do sistema hospedeiro. Ex.: Rodar Windows dentro do Linux.
            Emulação: permite rodar um software ou sistema compilado para outra arquitetura. Ex. Rodar Software de Playstation em um PC x86.

          • Bruno

            você olhou no dicionário?

          • Bruno

            Ela tem que emular sim, porque são arquiteturas diferentes, mesmo que eles façam a tradução de todas as instruções. Neste caso que você descreveu, é uma emulação a nível de SO, mas ainda é. Exite muita emulação a nível de hardware por aí. Mas toda vez que você traduz instruções de uma arquitetura para outra, por definição isso é emulação

  • Fernando Silva

    Cuma? Primeira vez que ouvi falar disso…

  • советский медведь

    Mais um prego no caixão do Vita… Estou satisfeito com meu porque só uso pra remote play, mas mesmo assim é triste…

  • DiMais

    smartTV’s (e blu-ray) perdendo suporte à aplicativos, novidade?

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis