Dois brasileiros voadores

Alberto_Santos-Dumont_with_Demoiselle

Os leitores do MeioBit sabem que não tenho grande apreço pelas patéticas desventuras de nossa Agência Espacial, um órgão tão inovador que tem um datilógrafo em sua folha de pagamento. Ciência no Brasil em geral é algo tratado como problema a ser eliminado, vide um Ministro de Ciência Tecnologia e Inovação que que cria uma Lei punindo Inovação, ou um Ministro da Saúde que diz que vacinar é muito caro e prefere que as mulheres peguem o vírus Zika antes de engravidar. 

Por outro lado adoro iniciativas legais como o Anequim, aquele avião de alta performance da UFMG.

Assim, é ótimo poder contar pra vocês que podemos enterrar de vez as piadas do Padre Voador. Tirem aquele gosto de Monty Python da boca. Se desde Bartolomeu de Gusmão nosso clero sonha em voar, agora conseguiram. Finalmente.

O autor da façanha é o padre Albino Dziadzio, um coroa de 70 anos que comanda a paróquia de Nossa Senhora do Monte Claros, em Ponta Grossa, PR. Apaixonado por aviação desde criança. Como era muito mais inteligente que aquele mané dos balões, padre Albino resolveu pesquisar antes de construir seu avião, o Borboleta Branca 1 (não reclame se ele fosse bom com nomes estaria trabalhando na Polícia Federal). Terminado em 1992, ele não voou.

O padre não quis cometer o erro de Eilmer de Malmesbury, um monge do Século XI que se esborrachou ao testar um planador (calma, ele sobreviveu). Preferiu empregar os conhecimentos que ganhou construindo o Borboleta Branca 2 — A Missão.

foto_principal

Começado em 1996 o avião levou quase 20 anos para ficar pronto, e custou uns R$ 30 mil. Com 7 metros de comprimento e um motor 2,0 L de Santana; foi todo feito com alumínio, madeira, cola e tubos. O padre fez tudo no olho e na mão, com ajuda apenas para instalar a parte elétrica e montar o motor.

Mesmo não sendo um primor de eficiência aerodinâmica, o BB-2 voou algumas vezes, na mão de José Emérico Iansen, um piloto amigo do padre. Em um desses vôos ele percorreu 50 metros a 3 metros de altura.

CO_CB_AviaoDoPadreAlbino-8-960x491

Não é nada não é nada, o primeiro vôo dos Irmãos Wright percorreu meros 36 metros, e mesmo o 14 Bis mal chegou a 60. Foi um feito e tanto, e uma realização para o padre co-piloto, que só voou “uma ou duas vezes na vida”. Que ele sirva de inspiração, principalmente para as crianças.

O outro brasileiro notável é um carpinteiro (não o chefe do padre) nascido em Cunha, cidadezinha de 20 mil habitantes no interior de São Paulo. O cidadão, Jorge Lopes Pereira. Mesmo tendo estudado apenas até a 4ª série, amava aviões e decidiu que construiria um. Baixou planos de um modelo francês da internet, percebeu a complexidade do projeto mas não se rendeu. Ele escolheu o caminho mais longo, mais árduo e mais gratificante: começou a estudar.

Vendo que não compreendia a ciência envolvida, Jorge correu atrás de supletivos. Estudando de noite e trabalhando de dia, ele concluiu o ensino fundamental, fez todo o ensino médio e prestou vestibular para engenharia aeronáutica.

Jorge passou de primeira, e mesmo com todas as dificuldades se formou. Em 11 anos ele saiu de um carpinteiro com ensino fundamental incompleto para um engenheiro aeronáutico.

Hoje Jorge trabalha em uma empresa de Barreiras, BA que constrói e faz manutenção em aviões.

dscn0162_4

Imagem ilustrativa, não é esse o avião que Jorge está construindo.

A empresa está ajudando Jorge no projeto, a estrutura de madeira e tela está pronta, falta motor painel e fiação. O sonho dele é chegar em Guaratinguetá, cidade onde sua família mora, voando. Só que falta um detalhe: aprender a pilotar. Jorge precisa tirar um brevê, mas convenhamos: pra um marceneiro que virou engenheiro por pura teimosia e perseverança, não vai ser um curso de piloto privado que o irá deter.

Fontes: G1 e Paraná Online.

Relacionados: , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz, Calcinhas no Espaço e Do Tempo Em Que A Pipa do Vovô Subia.

Compartilhar
  • Confesso que quando vi pela primeira vez o avião do padre, uns dias atrás, estava apostando que ele iria ser um veículo para se encontrar com o carpinteiro, no caso, o chefe mesmo.

  • Se o país fosse um pouco mais sério, não duvido que teríamos inúmeros desses McGyvers virando hobbistas e construindo aeromodelos e drones, com peças a um preço acessível o suficiente para ser viável.

    Apesar de todos os defeitos, eu acho os EUA muito legal porque lá você vive relativamente bem mantendo um hobby de nicho e não precisando concluir o ensino superior.

    • Ariel Souza Rossi

      La vc tem tecnologia para desenvolver novos produtos a um preço acessível.
      Diferente da economia brasileira que tem se baseado em serviços (que geralmente não requerem tecnologia) ao invés de produtos ( que demandam tecnologia para serem criados).

      • Vin Diesel

        O famoso pintor que cobra 6 mil para pintar um AP, eu antes de perder o meu levava 6 meses para ganhar isso e cheio de estudo sobre estudo.

      • Feruccio Bilich

        Rapaz… Tava ontem numa reunião e fiquei sabendo que estamos dando 3,5 bilhões de reais para uma empresa comprar e distribuir 11 milhões de receptores de TV digital pro pessoal que recebe bolsa família. Mas foda-se se já tem o sinal digital, nem aqui na esplanada dos ministérios em Brasília essa porcaria conseguiu pegar sinal. E o meu ministério, o MDS, (meu no sentido que trabalho lá) pagou 1,6 milhões para fazerem um aplicativo para ser usado nesses receptores… Só que a empresa que vai comprar os receptores disse que pela alta do dólar só vai dar pra comprar receptor sem conectividade com a internet e o aplicativo não vai servir pra nada.
        O pior é que esse tipo de coisa acontece todo dia naquela birosca.

        • Mirai Densetsu

          Os receptores sendo dados de graça foi lobby de donos de emissoras de TV aberta. Alguns são até deputados ou senadores.

          Aliás, como o Collor voltou pra política? Simples! Ele é dono da TV globo de Alagoas.

          • ElGloriosoRangerRojo™

            Eles deveriam dar computadores e o endereço do Meio Bit pra essa galera…

  • Ariel Souza Rossi

    Pessoas que merecem o respeito e admiração. Ainda mais o marceneiro, que estudou e conseguiu vencer na vida, e junto com a dele, certamente deve ter melhorado a vida das pessoas mais próximas.

    • A profissão dele era carpinteiro e não mercenário. Ok são bem parecidas.

      • Ariel Souza Rossi

        Foi culpa do corretor só celular.
        Depois que postei eu li e já corrigi.

        • :-} Os alunos do professor Pasquale não perdem nada!

          • Alexandre Souza

            Essa é a graça da vida 🙂

      • Super Cage Sombrio e Realista

        A profissão de mercenário é parecida com a de carpinteiro? Tenho que tomar cuidado na próxima vez que contratar um carpinteiro

  • Com tanta criancinha passando fome, ficam gastando dinheiro com bobagens. Olhem só quantas cestas básicas estes aviões comprariam! Um absurdo que esses pirocos opressores da elite cis-branca-europeia gastam dinheiro enquanto a massa laboral e a mulher do campo, escravizada e diminuída, passa trabalhando.

    Embaixo, postarei a minha foto pelado, com uma coleira, latindo, junto com meus amigos de Humanas protestando contra isso.

    • Ariel Souza Rossi

      Um avido expectador do espetáculo macaquinhos.

      PS. Ironia sobre a ironia.

      • K9s10

        SEM DISCUSSÃO POLÍTICA SEUS COXINHAS ESQUERDISTAS DA DIREITA DOS PETRALHAS.

        [Cuidado!!! Ironia sobre a ironia dos outros]

        • Tiago Morais

          [Aviso! apartir deste grau de ironia a relatividade se destorce a níveis alarmantes, não prossiga, CRITICAL IRONIC MASS REACHED]

          • Fausto Biazzi de Sousa

            ESSE AVISO FOI ACADEMICISTA E ANGLO-FONO OPRESSOR!!! SÓ PODERIA TER VINDO DE UM PIROCO CIS-BRANCO DE CLASSE MÉDIA!!!!!!!
            [aguardando o universo colapsar agora!]

            3 horas depois… nada ocorreu!
            mundo não colapsou, feijoada! =P

          • while (1 = 1)

          • Piroco de Classe média é? Alguém não só mediu como aferiu em uma tabela comparativa e ainda desdenhou? ( ͡° ͜ʖ ͡°)

          • Fausto Biazzi de Sousa

            ai amiga… não espalha! =P

        • Mirai Densetsu

          Isso tem mais contradições do que ironia propriamente dita.

      • JooonsJoonz

        quis custodies ipsos custiodies
        PS: Non-sense em cima de ironia sobre ironia

    • 👽 Gliesiano
        • Jean

          Que isso Pryderi, questionar é um pilar da ciência hahahah
          aviso, fotos chocantes no link do Pryderi

        • 👽 Gliesiano

          Ambas as apresentações do casal de namorados têm a mesma dinâmica:
          introduzir objetos no ânus para fazer a plateia questionar as relações
          humanas e sociais.

          Dizem que Conde Vlad, o empalador, adoraria introduzir umas questões para os performáticos artistas.

          • Alexandre Souza

            Eu inclusive achei uma pena que eles nao enfiaram suas cabeças nos respectivos cus alheios. Ops, perai…um deles tentou! O_o

        • Vagner Da Silva

          Eu sou formado em Artes visuais e não tive nenhuma aula de “Introdução à Introdução“, será que é uma disciplina nova? Eu me lembro que as calouradas da Escola de Belas-artes atraíam um publico masculino muito “exótico e animado” para fazer esse tipo de manifestação “artístico-cultural”… Claro que se fosse uma disciplina obrigatória eu teria trancado minha matricula (e outra coisa) e saído de lá bem rapidinho, para garantir minha integridade artístico-curricular.

        • Alexandre Souza

          o pessoal tem que achar uma desculpa pra viadagem

        • Marcogro®

          CÚRUZES!

      • O dendê deve ajudar mesmo é quando for concluir a performance do protesto fazendo o Ouroboros Humano…

        https://catracalivre.com.br/geral/inusitado/indicacao/performance-sobre-cu-reacende-polemica-nas-redes-sociais/

    • Uma cesta ao menos básica quem precisa é o padre Adelir, coitado, só tinha uma cadeira pra amarrar nos balões. Ah, e um manual do GPS.

    • Ruan Rodrigo

      calma lá, existe um negócio chamado ciência sociais aplicadas que ainda serve pra alguma coisa (não muito mas serve).

  • Alcy2k

    Esse avião ai do padre é para carregar as pessoas em pé?

    • Theuer

      Me fiz a mesma pergunta!
      Ficou parecido com cabine de Gizrigível. 🙂

  • O Datilógrafo da AEB

    Meu sonho é trabalhar na NASA, já fiz o curso de Windows 95, mas preciso aprender mais.
    Mas tenho fé. Nem que leve 20 anos, eu estarei na NASA.

    • Gedson Junior

      VAI FIRME MEU AMIGO, FICO NA TORCIDA!!

    • Alexandre Souza

      pulou o 3.1 e o 3.11? xiii…

  • Daniel

    Filosofando sobre esse carpinteiro, me fez lembrar de um vídeo que assiti no youtube, de pessoas deficientes, me fez sentir bastante vergonha, não lembro mais o nome era parecido com WINS do mês, TODOS os deficientes físicos sem excessão, praticavam esporte a um nível que eu nunca pratiquei mesmo com todos os membros funcionais, e confesso que alguns deles fazem melhor que eu, se tentasse fazer o mesmo. Nesses dois casos é mais persistência, apesar do país ser como é, da para evoluir bem na vida tendo força de vontade, agora convenhamos, conversando com as pessoas, o que percebo sempre é que a única coisa que nunca falta para o brasileiro com certeza é uma desculpa, adoramos elas, e esforçamo-nos vigorosamente para ter ao menos uma em todas as situações possíveis, impossíveis e inimagináveis, ah e claro geralmente ela sempre envolve um terceiro, como causa, é a Dilma, é o tempo, a sorte (ou azar), as estrelas, horóscopo errado e por ai vai…

  • …Borboleta Branca 1
    Quer ver ficar bonito e todo mundo babar: White Butterfly One.

    …não vai ser um curso de piloto privado que o irá deter
    Possivelmente será a aeronáutica que não (deverá) reconhecer e liberar para voo um avião caseiro.

    …um carpinteiro (não o chefe do padre)
    Clap, clap, clap, clap!!!!!!

    • Felipe Borges

      Infelizmente eu não entendi a piada do carpinteiro.
      Pode explicar?

      PS. Eu estou falando sério

      • Por Jesus, cê jura???

        • Felipe Borges

          Sim, infelizmente.
          Deve ter mais uns 4 ou 5 ai pra baixo nos comentários que também não entenderam e não se manifestaram.
          Não consegui associar nenhuma notícia ou fato com essa treta do padre.

          PS. Mais uma vez eu repito: não estou sendo irônico.

          • Oh, Jesus… Ok, então…

            Marcos, Capítulo 6, versículos 1 a 3.
            https://www.bibliaonline.com.br/acf/mc/6

          • Felipe Borges

            Muito obrigado 🙂
            Tá explicado.
            Sou ateu.
            Valeu

          • Dois!

          • Ser ateu é uma coisa, burro é outra.

            Não é por que não gosto de música clássica que não sei quem é Beethoven.

          • James McBryan

            Not cool, man. Not cool.

          • Felipe Borges

            Me desculpe se não passei no SEU teste de inteligência.
            Não me lembro de ter feito tal prova.
            Talvez não fosse importante.

      • Jean

        Não é este o carpinteiro, filho de Maria, e irmão de Tiago, e de José, e de Judas e de Simão? e não estão aqui conosco suas irmãs? E escandalizavam-se nele.
        Marcos 6:3

        • Perdoai, oh Pai… Ele não sabe o que faz ao entregar a piada tão facilmente…

          • Jean

            Pô, o cara está falando sério Hollander rs
            Vc nunca ficou sem entender uma piada? não sabe a agonia e desespero que é ver os outros entenderem? É pior que estar na faculdade, ver que todo mundo está entendendo a matéria menos você. Dai você baixa a cabeça e ora, implorando para entender.

      • ELY

        Graças a Deus que você não entendeu.

        Não pude me conter.

  • bruno miranda

    Foda vai ser o padre ir pro céu é descobrir que Jeová não mora lá, vai entrar em crise e postar textão no Facebook.

  • Jean

    De acordo com o Sakamoto esses exemplos não contam. Exemplo bom é sujeito que ta na merda e continua na merda esperando o governo resolver sua vida.
    Segundo esse grande pensador contemporâneo, gente que batalha para melhorar de vida superando as dificuldades não são bons exemplos, no fundo querem dizer que “quem não consegue é um um verme”.

    Na boa, educação ta ruim, muito ruim, mas o acesso está muito, muito mais fácil que antigamente. Eu mesmo fui entrar na faculdade depois de casado, isso depois de um supletivo no ensino médio. Não entra na minha cabeça peão que vive na pica não ir estudar a noite pra melhorar de vida. Tenho amigos que vivem chorando as pitangas porque “ta difícil”, só arrumam serviço bucha, ai você fala pro cara estudar e terminar o fundamental, a respostas é sempre “-Ah, não da”, “-Ano que vem eu volto” ,etc.

    • Fausto Biazzi de Sousa

      como já falaram pra mim…
      “saiu da merda e se tornou alguma coisa? não é mérito seu!
      foi SORTE ESTATÍSTICA!”

    • Alexandre Souza

      Meu primeiro livro de logica digital, em 1990, eu paguei 150 dolares. 15 dolares pagos religiosamente todo dia 10, durante 1 ano.
      Hoje é de graça no site da TI. E todos os outros livros tambem.

      • Jean

        Pois é, mas eu falo do ensino regular mesmo. ( falando aqui da minha realidade, no MS, sei que não é assim no Brasil inteiro ) Sou da época que mãe tinha que dormir em fila para conseguir vaga. Hoje a matrícula é pela internet, governo da até tênis para o sujeito ir para a escola. Eu lembro que teve época que a gente não recebia nem camiseta, livro tinha que dividir com outros 3 alunos.
        E em relação aos adultos, basta o sujeito querer. Tem EJA, ENCCEJA, é só o sujeito mexer a bunda e ir estudar.

        Ah, eu aprendi eletricidade básica no curso de eletrônica do Instituto Universal Brasileiro, aquele dos cursos pelo Correios, a muito, muito tempo atrás rs Comprei 3 revistas e parei, mas o conteúdo era bonzinho até.

    • Mirai Densetsu

      E o Olavo? Vai bem com sua Pepsi de fetos abortados?

      • Jean

        Vish, eu nem sabia disso, tive que pesquisar antes de responder.
        Tah, Olavo TB é um idiota, mas e?
        Não vê que por eu não concordar com um extremo, não significa que eu compactuo com outro?
        Pra mim o Sakamoto é um idiota, assim como o Olavo, assim como o meu xará Jean Willis, assim como o bolsonaro.

        • Mirai Densetsu

          E tem mais idiotas à direita. Pode acreditar.

      • ElGloriosoRangerRojo™

        O Olavo é um cara bem idiota, metido a falar de assuntos que não competem a ele. Esse exemplo da Pepsi é um dos mais infelizes. Assim como os “argumentos” dele contra não-cristãos.

        Mas, porém, todavia, ele lança algumas ideias muito interessantes quanto ao ponto de vista político. Muita coisa que ele disse que aconteceria, realmente aconteceu. Eu gosto de alguns textos dele sobre política, o que em minha opinião, é o único assunto no qual ele ainda demonstra um pouco de lucidez. Esse sabe fazer uma análise dos fatos e é ponderado no que diz.

        Infelizmente é um velho que deve usar outras coisas além do cigarro, que já está mais pra lá do que pra cá…

  • Tide “pepe” Hunter

    Aguardando a postagem sobre o avião do Jorge.

    • Hristu

      Aqui tem um Jorge esperando a postagem do avião do outro Jorge.

  • Rolando

    Estão ai dois bons exemplos do que a dedicação e o estudo podem fazer.

  • chadefita

    Ninjas cortadores de cebolas.

  • “o BB-2 voou algumas vezes, na mão de José Emérico Iansen”

    Agora já sabemos quem criou o BB-8

  • SDDS do padre do balão. melhor aviador de todos os tempos.

  • Gedson Junior

    APzão num avião, nunca imaginei. ““Esse motor é formidável, nunca quebra”, garante o padre.” Se a NASA conhecesse esse motor já estaríamos em Marte.

    • damasiofa

      Só faltou orbital no trem de pouso.

      • Lucas Timm

        E o volante rallye super surf pra completar a maloqueiragem.

  • Vin Diesel

    Interessante que um padre que faz voto de pobreza gasta 30 mil com seu sonho e não emprega esse dinheiro em ajudar o próximo, mas tudo bem. Acerte a conta com o pai depois.

  • Renato Lopes de Morais

    “… foi todo feito com alumínio, madeira, cola e tubos…”
    Faltou mencionar os chicletes e as guimbas de cigarro.
    Não seria o nome desse padre “MacGyver”???

    • Claudio Roberto Cussuol

      O MacGyver usaria silver tape.

  • MacTantan

    “… um motor 2,0 L de Santana …”.
    Na boa, é mais uma âncora do que um motor, para uma aeronave!
    Mal posso imaginar sustentação necessária para tirar esse tuaçu do chão …

    • Tom

      APzaum 3,5KG.

      • MacTantan

        Midisgurpa, Sr. S, não entendi esse número aí.
        Ps.: se for uma piada, favor não explicar. Assumo minha burrice …

        • Tom

          E uma piada mesmo.

  • Já que aqui tem muitos entendedores.

    Quem de fato criou o avião?

    Santos Dumont OU Irmãos Wright?

    • Lucas Timm

      Considerando apenas veículos mais pesados que o ar (sem balões, dirigíveis e afins).

      Santos Dumont tem prova documental de apresentação pública (vídeo do 14-bis voando na frente de uma multidão de pessoas comuns) em 1906.
      Os irmãos Wright desenvolveram a fórmula da sustentação, faziam testes com tunel de vento, e voaram desde 1901 (se não me engano), mas as únicas provas são as anotações e jornalistas. Eles queriam patentear o avião, e por isso, não queriam mostrar pra ninguém até que estivesse tudo pronto e a patente estivesse garantida.

      Os projetos do Santos Dummont eram mais sólidos que o dos Wright. A primeira máquina dos Wright a conter um motor foi o Flyer 1, de 1903, e mesmo assim precisava ser catapultado. Os de Santos Dummont decolavam e pousavam sozinhos desde o início, pois era um “requerimento” do aeroclube de Paris para ser considerado um avião.

      Em 2003, eu acho, centenario dos Wright, reza a lenda que a Boeing usou o projeto dos Wright e construiu um avião igual ao Flyer 1. Tentaram voar ele, e, bem, falharam, caiu… 🙂

      Minha opinião: Os Wright foram sim os primeiros, mas Dumont fez melhor. Viralatistas vão dizer que “mimimi só por que eles são americanos”, essas coisas. Mas, bem, na época não tinha GoPro pra eles filmares os vôos.

      • Henrik Chaves

        O grande motivo da polêmica não é nem tanto a documentação, mas sim essa questão da necessidade de catapulta. Fica um pouco complicado considerar como avião algo que necessita de decolagem assistida…

      • Muito obrigado pela resposta!

  • Edelsio

    Eu fico com a Frase do Ministro:

    “Ministro da Saúde que diz que vacinar é muito caro e prefere que as mulheres peguem o vírus Zika antes de engravidar.”

    Fantástico!

  • Antonio Diana

    Não ligue para comentários negativos Carlos, todos seus artigos são interessantes e divertidos. Além de trazer temas que não encontraríamos facilmente em outro lugar, você escreve muito bem, o que torna sempre interessantes os seus artigos.
    Continue… Muito obrigado.

  • Getúlio Lins

    Bom!

  • Pedro Maria

    O motor usado pelo velhinho é da volkswagen… Logo vi que esse papo de “construiu” era estranho.

    Obs: Não duvido nada que o engenheiro aeronáutico também utilize peças importadas, que não faz a menor ideia de como funcionam.

    • Lucas Timm

      Mas é bem comum usar motores de carro em aviões pequenos. Eu não usaria um APzão treskilimei como o padre tá usando, por não ser nada confiável, e tal. No entanto, tem vários Cessna voando com motor 1ZZ da Toyota (o mesmo do Corolla), por ser leve e eficiente.

      AV Fuel só não pode ser utilizada em carros por que tem chumbo, e catalisadores não gostam muito do mesmo.

      • Tom

        ultraleve eram feitos com motor de fusca.

  • Matheus Fontana

    Vocês acreditam mesmo que esse avião do padre voou? Tem vídeos, fotos ou é só o depoimento de um piloto que parece bem excêntrico? Aliás, para voar sem Certificado de Aaeronavegabilidade necessita de autorização especial, não?
    Me desculpe, mas com essa aerodinâmica e com esse acabamento esse avião não consegue nem taxiar. Vejam o trem de pouso! Um avião é um pouco mais complexo de se fazer, pois necessita de 3 coisas básicas, aerodinâmica, resistência e peso baixo. Me parece que nenhuma das 3 foi levada muito a sério. Já vi alguns AP adaptados em UL e até Cessna 150. É uma gambiarra só. Imagina nesse troço.
    Na boa, louvável seria se o padre estudasse um pouco mais, pegasse alguma planta disponível na grande rede e construísse algo de verdade. Tem planta até de Demoiselle para fazer em casa.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis