Missão Dada é missão cumprida: Embraer apresenta o KC-390

yourfile

Existem vários Brasis. Existe o Brasil das teles, que se esforçam para prover o pior serviço possível dentro da legalidade. Existe o Brasil onde cientistas precisam fazer vaquinhas para financiar suas pesquisas.

Existe o Brasil onde homepatia é reconhecida pelo SUS mas Físico não é uma profissão. Existe o Brasil que depois de quase uma década e inúmeros acontecimentos vergonhosos foi expulso da Estação Espacial Internacional, por calote e incompetência. Existe o Brasil que tem um datilógrafo em sua Agência Espacial.

Do outro lado há o Brasil da Fiocruz, o Brasil da Embrapa, o Brasil da Embraer. Essa, confortável em sua área de aviação regional e jatos executivos resolveu empreender, ousar e mostrar mais uma vez que não tem nenhum ranço do seu tempo como estatal. Resolveram que era hora de ingressar no restrito clube da aviação militar de transporte.

Como já falamos aqui, o KC-390 veio para substituir o Hércules, plataforma altamente vencedora mas cujas células estão no limite de sua vida útil. É uma aeronave extremamente versátil, capaz de operar na Amazônia, no Saara e na Antártica. Pode levar tropas, transportar carga, veículos e, não duvido, um dia quem sabe até virar um AC-390. Tenho certeza que a Força Aérea adoraria um bicho desses armado até os dentes.

1_KC390_DR4_012013_Flying6

No dia 21 de outubro, ontem, com a presença do Ministro da Defesa e representantes de 32 países a Embraer apresentou o primeiro protótipo do KC-390, com direito a um mini-trator de controle remoto puxando o bicho do hangar, muito chique.

Estão previstos dois protótipos e o primeiro vôo até o final do ano. As unidades de produção começarão a ser entregues em 2016. Só o Brasil vai comprar 28. Até os correios querem pelo menos 5. Há cartas de intenção de vários países, totalizando mais de 60 unidades. US$ 3 bilhões em faturamento, e isso se não encomendarem os modelos mais caros, com roda de liga leve, ar e direção.

Veja o vídeo de apresentação. Esse é o Brasil que deu certo:

Roll-out Embraer KC-390

Leia também:

Relacionados: , , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz e Calcinhas no Espaço.

Compartilhar
  • Ariel Souza Rossi

    Quando mostra o pessoal entrando no avião, nota-se que há bandeiras do Brasil, Argentina, Portugal e República Tcheca.

    Será que foram financiadores do projeto, ou foi um desenvolvimento conjunto?

    • Pelo que li por aí, esses países participaram do projeto e parecem ser os primeiros compradores

    • Há peças dele fabricadas nesses países. A porta de carga por exemplo é feita na Argentina.

      • Filipe Bello

        Será que ela amassa facilmente como a dos Fiats produzidos lá ?

      • Samuel Santiago

        a minha versão quero sem a porta por favor.

        =P

    • Gaius Baltar

      A empresa portuguesa CEIIA desenhou e fez os cálculos de resistência estrutural de uma parte central do dorso do avião (sponson, em inglês), onde estão as portas do trem de aterrissagem, dos elevadores das asas traseiras e ainda da fuselagem. Lembrando que a Embraer tem fábrica em Évora, Portugal.

  • Erik Morelli

    Eu lacrimejei com essa música, muito épico.

  • Bruno Rocha

    Muito bom. Os fóruns militares estão falando dele direto.

    Só que podiam ter feito boas tomadas de cena do bicho antes de apresentar ao público. Bem, ainda está em tempo de fazer um bom marketing, um espetáculo cinematográfico como esses vídeos

    www . youtube . com/watch?v=RoKeSWzZAwA

    vimeo . com/67229046

    Bom post, Cardoso. Não sabia que também era chegado em aviação (e em carros).

    • Theuer

      Ia falar sobre isso também.
      Sou diretor de fotografia e não canso de dizer…
      “Infelizmente nós NÃO sabemos fazer!”
      Tem vários “Speed” feínhos, tem um canhão de pirotecnia acaba caindo para frente, tem filtro estabilizador de imagem aplicado na pós, a trilha é ruim e faltam boas imagens do principal… O avião!

      Isso foi só para apimentar um pouco os coments. 🙂
      Eu tenho orgulho da Embraer mesmo, pena que são poucas como ela.

  • André De Souza Ribeiro

    Tava lendo mow concentrado quando de repente: “e isso se não encomendarem os modelos mais caros, com roda de liga leve, ar e direção.” kkkkkkkkkkkk

    • Vinicius Zucareli

      Pena que no Brasil o tapetes devem ser opcionais

  • Saudade dos tempos do Meio Bit que quando falava de apetrechos assim, sorteava entre os leitores mais assíduos.

    • Agora que sou editor nem posso participar desse sorteio… :/

      • VitorCruz

        Então carissimo laguna… Se fosse para receber um KC-390 destes, quem não quer participar? 🙂

        • MarioNaoPergunte

          eu não quero, esse não daria pra explodir Brasilia E voltar … 😛

          • Jáderson Silva

            Onde você mora? (Não sei onde o Mario Bros mora..rs, desculpa, pediu para não perguntar, então esquece…rs)
            Esse bichinho vai de Brasília a Miami sem escala, se mora no Brasil até carregando um trambolho como a Little Boy de 4.400kg você consegue ir e voltar… Lógico para eliminar todos os vermes vai ter que ser em um dia que todos estejam lá… ou seja… Nunca. 🙁

        • não cabe na minha prateleira… droga!

  • Well Dias

    “Do outro lado há o Brasil da Fiocruz, o Brasil da Embrapa, o Brasil da Embraer”.
    Você não valoriza mesmo as sandálias de pneus né?

    • Bruno Rocha

      Tu sabe que sandália de pneu deixa os pé preto, né, parceiro?

      • André Rocha

        Racista!

        • rbsouto

          Vcs me divertem!

        • MarioNaoPergunte

      • Marcio

        O peito do pé do Pedro sempre foi preto.

        • MarioNaoPergunte

          isso que dá andar descalço atrás de pipa na rua …

      • Murilo Teixeira (ex BLKViper)

        Esssa é boa de contar no quartel…

    • Luis

      Até porque o criador é vietnamita.

      Mas é interessante essa visão, a Coca Cola é linda e maravilhosa pela campanha que reaproveita garrafas por um curto período de tempo, depois vão pro lixo, como sempre.
      Mas o cara que reaproveita pneu para fazer calçado é feio e bobo.

      E todo esse hate por causa de um slogan.

      • OverlordBR

        Mas o cara que reaproveita pneu para fazer calçado é feio e bobo.

        O cara não é feio e bobo mas sim esperto.

        a Coca Cola é linda e maravilhosa pela campanha que reaproveita garrafas
        por um curto período de tempo, depois vão pro lixo, como sempre.

        Mas tu sabes que para reciclar o pneu para fazer a tal sandália há gastos de energia e outros recursos, não é?
        Não é só pegar o pneu e cortar ele no formato de um pé. 😉
        Tem que passar por um processo de limpeza, por um de trituração, um de mistura com borracha natural (sim, não é só a borracha do pneu)… e por aí vai!

        A única coisa que o processo realmente economiza é a matéria-prima (mas não toda já que é necessário misturar o pneu triturado à uma determinada quantidade de borracha natural).

        Quer uma coisa mais eficiente?
        Usar o pneu triturado no asfalto!
        É só triturar, misturar e pronto… o gasto de recursos é muuuuuuuuuito menor. 😉

        • Marcio

          Cara, pneu triturado no asfalto nem é tão legal assim. O asfalto produzido fica “borrachudo” (dã…), cria ondulações e viram belas armadilhas para os motociclistas.

          • OverlordBR

            Não disse que era ótimo… foi só um exemplo. 😉

          • Luiz

            Por isso que é bom.

          • Marcoscs

            cara, eu moro no interior do RJ e, entre as cidades de Guapimirim e Cachoeiras de Macacu foi asfaltada a RJ 122 com esse asfalto ‘recheado’ de pneus triturados, e eu sempre ando por lá.
            A estrada é ótima, o asfalto perfeitamente nivelado, tem excelente aderência e até diminui o ruído do contato dos pneus com o asfalto. E ela recebe tráfego pesado, de caminhões indo da zona rural em direção a BR-116, e BR-101.
            Sineceramente, pelo menos no caso da 122 sua crítica não procede.

          • Marcio

            Na avenida Brasil tiveram que substituir todo o asfalto da pista seletiva há algum tempo. O BRT transoeste (Barra – Santa Cruz) ficou um completo lixo em vários trechos em menos de dois anos de uso (Google it).

          • [modo_sádico=on] Mais um motivo para usar [modo_sádico=off]

        • Luis

          Hoje não sei como é feito nessa empresa particularmente mas quando o cara começou era exatamente pneu cortado, se procurar no Google verá que tem muita sandália desse tipo.

          Mas o ponto aqui é dar sobrevida a um material, o mesmo que torna a Coca Cola “linda e maravilhosa”.

  • Ricardo Silva

    Excelente noticia, mas a Embraer não está mais confortável na sua área de atuação, já que o Japão também, depois de 50 anos, apresentou uma aeronave que concorre diretamente com as da Embraer … agora é ver no que vai dar …

    • Honda Jet? Aquela bosta? Nem certificado foi ainda…

      • Guilherme Santos

        Ele deve estar falando do jato da Mitsubishi, como se ele fosse causar algo de desesperador contra a EMBRAER, sendo que a mais próxima dela, e olha que ta longe, é a Bombardier…

    • Fabio Nascimento

      O Cardoso tem razão, os japas estão a anos tentando certificar aquilo… A próxima previsão ficou para jan/2015. O HJ apareceu em publico pela primeira vez em 2005 (eu acho) no mesmo ano a Embraer anunciou os Phenom100 e 300… em 2008 (somente três anos depois) já havíamos conseguido o TC (type certification) junto a ANAC e FAA. Desculpe, mas isso se chama “time to market”. Gosto muito da cultura oriental (certo Cardoso), mas nessa área eles tomaram um banho…

      • Lucas C.

        A indústria aeronáutica japonesa só está “atrás” da brasileira porque os USA impuseram severas restrições ao Japão produzir aviões. Até hoje eles só podem se meter nesta área se os americanos derem bandeira branca.

        • E mesmo assim os japas têm um programa espacial melhor do que o nosso.

          • MarioNaoPergunte

            Até a “aquela marca de bebidas” tem um “programa espacial” melhor que o nosso…

    • Lucas Timm

      Se for comparar com a linha E-Jet, não há nada melhor no mundo nesse segmento. A Honda apresentou um jato que não foi certificado e não tem uma grande lista de interessados; A Sukhoi criou um jato que, a exemplo do Airbus A320, caiu no vôo inicial (com a diferença que matou todo mundo, e não só meia dúzia); Os CRJ da Bombardier são aviões tecnologicamente melhores que os Embraer, mas o custo operacional é bem mais caro e não justifica a aquisição.

      E quando todo mundo achava que já era bom o bastante, a Embraer anuncia a linha E2: Novos motores, asas, aerodinâmica e aviônicos. Vai ser difícil ter outra proposta tão boa. 🙂

  • Weber Chaves

    Belo texto…e o vídeo ficou muito bom também…Parabéns a Embraer pelo feito histórico!

  • João Rodrigues

    É por essas e outras que o Brasil ainda tem esperança. E o Cardoso é um puta patriota.

  • Moisés Robles

    Ah um desse aqui no hangar de casa…

  • VitorCruz

    Sei que é ciência, mas seria interessante (talvez) o meio bit falar de veiculos militares mais vezes. Quem sabe, uma parte só dedicada a isto. Estas noticias são sempre interessantes.

    • Eu gosto da idéia.

      • Marlon J Anjos

        Se rolasse uns reviews e uns hands-on melhor ainda

        • Alex Oliveira

          Unboxing…

          • Jáderson Silva

            hummm, Hands-on e Unboxing de um aparelho militar de alta tecnologia? sei não, tenho leve impressão que não vai rolar, pelo menos não antes de 70 anos de seu lançamento…rsrs um review sem testes, ou seja, só especificações informadas pelo fabricante (mais perto de um preview), com fotos divulgadas pelo mesmo, é mais provável, mas ainda é interessante…rs

            Obs.: Sei que rolou um leve sarcasmo…rs

          • Alex Oliveira

            Ah… 🙁

      • Fabio_Galdino

        apoiado…..

      • E eu pedido pra vc publicar. Uma parte dedicada aqui foi uma idéia genial.

  • Lucas Timm

    Asa alta + IAE V2500, coisa mais linda! <3

  • an_drade

    Bem lembrado da Fiocruz e Empraba. Algo que ainda funciona bem!

  • Daniel

    Eu queria ver um bicho desses, aparecendo em algum filme apocalíptico … um resident evil 10 da vida… quando o mundo já acabou e tá lá o avião indo para algum refúgio obscuro que sobrou. Seria o primeiro que ia pensar, eu conheço e me lembro quando fizeram, claro que não teria essas cores na fuselagem…mas tudo bem.

  • Marlon J Anjos

    E pensar que a Embraer estava a beira da falência antes de ser privatizada…

    • Luis

      A Embraer deu certo porque tem mão de obra qualificada e tem que lidar com um mercado mundial.
      O resto das privatizações nós conhecemos, péssimos serviços e as tarifas mais caras dos mundo.

      • Marlon J Anjos

        Resto das privatizações? Tipo a VALE batendo recorde de produção enquanto a Petrobras tem a maior dívida do MUNDO?
        As tarifas de telefonia são caras e com péssimos serviços por falha do governo em fiscalizar e aplicar corretamente as multas.

        • Luis

          “As tarifas de telefonia são caras” por “falta de multas”, Ok.

          • Marlon J Anjos

            Não distorça minhas palavras.

            “As tarifas de telefonia são caras e com PÉSSIMOS serviços por falha do governo em FISCALIZAR e aplicar corretamente as multas”

            O Governo (através da ANATEL) deve fiscalizar e PUNIR (Multas sim) as empresas de telefonia, além de ser ela quem estabelece as regras do setor (Nível de serviço mandou um abraço).

          • Luis

            Não estou distorcendo, estou admirado com o esforço mental que dever ser atrelar “custo” com falta de “multa” , tudo isso para não admitir que nossos vizinhos tiveram privatizações melhores conduzidas.
            Mas não se melindre, isso já vem de longe com carros feitos em São Bernado custando mais barato no México que em Santo André.

          • Marlon J Anjos

            Não é necessário esforço mental, só um pouco de interpretação de texto e pesquisa sobre quais as funções da Anatel.

            P.S.: esse post é sobre a Embraer e o KC-390 nada de carros, telefonia ou ‘privatizações dos países vizinhos’.

          • Diego Tietz

            As teles foram privatizadas, mas o mercado não ficou livre. Mesmo se você for um multibilionário e quiser abrir uma operadora no BR, não pode, tem que esperar leilão. E depois o pessoal pensa que agências reguladoras são para defender os interesses dos cidadãos…

          • Francisco Lunardi

            Acho que ele se refere a multas não pagas pelas empresas em troca de “melhorias” na rede (que nunca vemos) ou pelas multas de valor baixissimo para questões graves (é “troco de bala” considerando o faturamento delas), tudo isso é questão de fiscalização e rigor mas ao contrario a Anatel parece fazer parte do mercado em vez de ser isenta.

          • hamacker

            não adianta multar porque eles compensam no aumento da tarifa.

      • Pois é, as teles eram boas no tempo do Plano de Expansão…

        • Lucas Timm

          Um amigo meu que se dufeu mora na Venezuela, com telefonia estatal (aliás, tudo estatal) diz que um link de 1Mbps custa mais da metade do salário. E não funciona. E é sujeito a disponibilidade. Que não existe.

        • Luis

          impossível alguém dizer isso, só disse que a privatização foi conduzida de forma errada.
          A taxa de interconexão que serviu num primeiro momento para incentivar o investimento em infraestrutura deveria cair ano após ano.

          É o fator tostines, as operadoras dizem que pré pago não da lucro mas com essas tarifas só usando pré pago com 4 chips.

  • Murilo Teixeira (ex BLKViper)

    Não, o Brasil que deu certo é a CBF…

    By Parreira… (antes do 7 a 1)

  • Fernando Lorenzon

    Só está faltando agora um caça à jato pra eu poder controlar nos games pra abater os malditos MiGs.

  • Xultz

    A Embraer é uma empresa que tem o péssimo costume de volta e meia dar uma tapa na cara de todos os brasileiros (daqueles com a mão bem aberta) .

    E o pior é que ela bate e eu gamo…

  • Vinicius Melo

    Eis um Brasil que dá orgulho

  • Goodtimes

    Cara, parece mais trailler de filme dos Vingadores! Até musiquinha de suspense tem…

  • Storvs

    Eu gosto deste vídeo da FAB:

    www. youtube. com/ watch?v=dq8MRs0t2sQ

  • João Lucas dos Santos

    “Esse é o Brasil que deu certo”.

    Ainda existe esperança!

    Att,

  • Da onde você tirou esse ranço com os militares?Este avião atende a especificação de um projeto especialmente encomendado pela FAB! E a Embraer o desenvolveu como projeto mundial e com multi-parceiros inclusive europeus! A FAB adota critérios da mais alta modernidade em aviação, sabendo disto a Embraer estava consciente que o que servir para a FAB também serve para outras Forças Aéreas do mundo! E no campo militar vale lembrar que agora a Embraer está fornecendo Super Tucanos (este sim um verdadeiro avião de combate ) para o governo americano! E também vai fabricar em parceria com a SAAB o novo caça GRIPEN NG que substituirá os velhos Mirages desativados, como o caça mais moderno e poderoso da nossa Força Aérea e provavelmente da América Latina, mas tudo isto com o menor custo operacional para adequação a nossa realidade econômica!
    A Embraer é um exemplo de empresa privatizada que deu certo como todas as outras que foram. O Governo ainda mantém uma pequena participação acionária, auferindo lucros em vez de bancar a empresa.

    Na aviação mundial a Embraer já é a terceira fabricante de aviões! Atrás da Boeing e da Airbus!

    • Que artigo que você leu? O Meu com certeza não foi. PS: Quem voa F5s não tem moral de falar de qualidade.

      • Ué! Você diz “ranço do seu tempo de estatal” desconhece que o presidente da empresa era o Coronel da FAB e Engenheiro Aeronáutico formado pelo ITA, um dos fundadores da Embraer Ozires Silva? Quem conhece o setor e a história da Embraer tem a leve impressão de uma alfinetada nos militares…

        • e quem conhece um pouco da língua portuguesa sabe que “estatal” e “militares” nunca foram sinônimos.

          • O que você escreveu não é caso de saber Gramática Portuguesa, mas de entender de sarcasmo inserido no estilo redacional.

          • Você não sabe o que é sarcasmo.

      • O que você sabe sobre o F-5 avião da Northrop? Aeronave supersônica,extremamente confiável, com uma disponibilidade de 90% (significa que se você tem 10, nove sempre estarão prontas para voar a qualquer momento, apenas uma permanecerá indisponível para manutenção preventiva!), ainda está em serviço na força aérea americana (esquadrão agressor para treinamento de combate aéreo), Suiça ,Tailândia, Taiwam, Turquia, Cingapura, Indonésia, Etiopia, Botswana, Noruega, Iran, Arábia Saudita,Bahrein,Iemen,Filipinas, Aústria,Chile, Venezuela,Honduras, Taiwam, Jordânia, Quênia, México, Marrocos, Tunísia,Coréia do Sul, Espanha, Sudão. E os F-5 da FAB ora denominados F-5M foram modernizados em aviônicas e plataforma de combate, podendo ser carregados com as mais modernas armas de ataque ar/ar ou ar/terra, de fabricação nacional ou importada. Esta aeronave continua a ser importante em muitas forças aéreas citadas, pois dentro da realidade econômica de muitos países do terceiro mundo dá a eles a modernidade de uma defesa aérea moderna e letal que pode fazer frente a qualquer inimigo!

        • Uma bosta criada já obsoleta pra ser vendida pra aliados sem comprometer a superioridade tecnológica dos EUA.

          • Eu pelo menos sou piloto deste 1976, acho que entendo um pouco de aviões não é? Mas não estou aqui para contrariar ou cair na cilada desta sua má educação quando contrariado. Em aviação militar tudo é planejado segundo as necessidades da área de atuação. Só na segunda guerra mundial, como parte do esforço aliado de guerra, é que a FAB atuou com caças configurados como vetor de ataque! De lá para cá a FAB sempre teve atuação como força de defesa territorial. A compra dos F-5’s foi uma solução de baixo custo operacional, resultou em transferência de tecnologia,e complementava a atuação dos Mirage na defesa do território nacional. Não existe aeronave no mundo com perfil operacional melhor do que este para países que não podem gastar muito com despesas militares, mas precisam ser capazes de se defender. Como a FAB é uma força defensiva, a necessidade de caças mais modernos na area de atuação do F-5 pode ser protelada. Muitas vezes a FAB quis adquirir os F-16’s por exemplo, mas ora esbarrou em limitações orçamentárias, e em outras vezes no veto a versão pretendida pelo governo americano (isso mesmo, há uma versão para a USAF e outra para exportação).

  • Icaro Kossmann

    A AEB não possui mais datilógrafo, ele foi remanejado em agosto desse ano para o TRE/DF. A própria agência abriu pela primeira vez concurso público, para poder formar um corpo técnico só seu, acho que isso vale a pensa ser divulgado e incentivado, pra que quem sabe, tenhamos orgulho dela tal como da Embraer. E sem esquecer que estamos em época de eleição, não vamos deixar esse assunto morrer e cobrar ações dos novos (ou não), governantes.

    • Como assim? Ter orgulho da AEB pq ela não tem mais datilógrafo?

      • Icaro Kossmann

        “A própria agência abriu pela primeira vez concurso público, para poder formar um corpo técnico só seu, acho que isso vale a pensa ser divulgado e incentivado, PRA QUEM SABE, tenhamos orgulho dela tal como da Embraer”

        Não, não porque não tem mais datilógrafo, mas pra que um dia a AEB nos dê orgulho como a Embraer.

        Sim a AEB está apenas engatinhando, mas se não tiver o apoio nosso, os que mais criticamos, agora no início, então devemos ficar sem programa espacial mesmo. Já que só tem servido pra isso.

        • 60 anos engatinhando? Lamento informar mas a AEB é retardada.

          • Icaro Kossmann

            Ok, vamos ficar no coitadismo então, reclamando e criticando por estar 60 anos engatinhando. Afinal, criticar é muito mais fácil né???

            Só não sei como isso vai mudar essa realidade, mas beleza.

          • AEB não conseguiu fazer o que a Alemanha Nazista fez na década de 1940 e o que a Rússia fez em 1958.

            Tá bom ou quer mais?

  • Infinity

    Em Portugal estão dizendo que eles é quem estão produzindo essa aeronave e estão estudando a possibilidade de vender para o Brasil. KKKKKKKKKKK

  • Pingback: Canal Piloto Links da Semana - Canal Piloto()

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis