Ciência
Ciência
Digital Drops Blog de Brinquedo

Snap Circuits — Um brinquedo sensacional – e barato – pra molecada aprender eletrônica

Por em 25 de setembro de 2013
emCiência Hardware relacionados     
Mais textos de:

Site | Twitter
  • Waltenydsam Câmara

    Dá pra arriscar comprar e não ser taxado pela alfandega?

    • Abner Neves de Oliveira

      Como você mesmo disse, é arriscar. Tenta a sorte.

    • r0t3ch

      Na Amazon a tributação é feita na hora da compra. Pelo Ebay pode ser que não seja tributado.

    • Tiago Medeiros

      Tem que ver as normas para importação de brinquedos… Não sei se é tão simples como parece.

      • http://www.speedtrap.com.br/ Marcio Neves Machado

        Importações particulares são feitas pelo método simplificado, com cota única de 60% (+ ICMS, dependendo do estado). É caro para alguns produtos, e barato para outros. A única coisa que a Receita proíbe/confisca são armas de fogo (e réplicas que imitem armas de fogo), drogas e produtos usados, basicamente

        • Tiago Medeiros

          Mas pode brinquedo sem aprovação do Imetro? As lojas daqui não podem vender brinquedo sem essa aprovação…

          • http://www.speedtrap.com.br/ Marcio Neves Machado

            Se não for para revenda, acho que pode. Importar individualmente pelos correios, ou você trazendo dentro da bagagem, não deveria ser proibido.

            Importar em quantidade é que caracteriza comércio, e aí sim tem que ter selo do Inmetro e além do mais paga-se mais que os 60% da cota simplificada, e ainda precisa ter um despachante aduaneiro para liberar a mercadoria na alfândega

          • http://www.speedtrap.com.br/ Marcio Neves Machado

            Direto do site dos correios:

            a) Importação de Brinquedos: Somente é permitido para pessoa física, desde que não configure atividade de comercio (Portaria SECEX (Secretaria de Comércio Exterior) nº. 23/2011). No caso de pessoa jurídica necessita de autorização do INMETRO, ou seja, licenciamento prévio/anuência.

            http: //www . correios . com . br/produtosaz/produto.cfm?id=5BF3945A-BCDF-F196-9DAF51A13BF8B83B

          • Waltenydsam Câmara

            Opa! então dá pra arriscar.

          • http://www.speedtrap.com.br/ Marcio Neves Machado

            Você só tem que se preocupar se a compra for maior que $500 indo até $3000 (limite máximo para importação como pessoa física), que aí as regras mudam um pouco :)

          • http://ceticismo.net/ Pryderi

            Ou seja, compro um kit hoje, outro amanhã, e depois, e depois…

        • Waltenydsam Câmara

          Mesmo pagando os 60% ainda acho que compensa. O preço aqui está 218+

      • http://ceticismo.net/ Pryderi

        SE eu não me engano, mas não se pode importar brinquedos, porque eles precisam ter aprovação no Congresso para não ofender nossos floquinhos de neve.

        • Luiz Felipe

          Voce quer dizer o monopolio dos 2 unicos fabricantes de brinquedos nessa jossa.

    • wilbacelar

      se não importar direto tenta aquelas empresas que alugam uma caixa postal.

  • Ruy Acquaviva

    Essa dica é preciosa. Embora hoje em dia se use muito pouco o ferro de solda, já que normalmente os projetos de eletrônica usam protoboards (ou breadboards, como queiram) onde se colocam os componentes por encaixe e se completam os circuitos com fios que também tem encaixes (wirejumps), esse kit é muito mais atrativo para as crianças pelo uso da cor e do formato das peças, além de ser mais didático já que se pode visualizar os circuitos e os componentes tem os símbolos esquemáticos bem ao lado.É uma forma espetacular de motivar as crianças a entenderem o funcionamento dos circuitos eletrônicos e se interessarem por ciência e tecnologia. Esse sim é um produto genial.

  • Isaias Lima

    Muito bom essa novidade

  • http://fellipec.com Luiz Fellipe Carneiro

    Eu adorei. Deu vontade de ser criança de novo!

  • Luiz Felipe

    “Não dá para colocar o ferro de solda na mão de criança” cof cof, eu brincava com isso quando tinha 7 anos.

    • http://meiobit.com/author/max_laguna Emanuel Laguna

      Aqui fui com 9 anos, mas é porque eu gostava de brincar com fogo e derreter plásticos na época, não foi por causa da eletrônica, esta bem depois.

      • Vitor Felipe

        Nada como colocar plástico numa vareta e ver o plastico pingando :D.

        • Leo Carvalho

          A minha canela que o diga…

          …mas não me fez parar. hahaha

        • Edmilson_Junior

          Tenho cicatriz no pulso direito por causa disso :)

        • carlitus

          Quantas vezes queimei o dedão tentando “fossilizar” formigas…

        • Davi Braga da Rocha

          Meu tornozelo que o diga!

      • Gustavo

        Haha, quando estragou o soldador do meu pai, eu esquentava a ponta duma faca no fogão… Ma nunca me dei bem com estanho :(

      • Luiz Felipe

        Não sei como não morri eletrocultado quando tentei fazer um lacob ladder. Minha mãe achava que era perigoso brincar na rua ou ir na casa dos colegas, por isso eu mexia com alta voltagem, que era tranquilo. Pena que virei programador.

  • Hollander

    “Pequeno Químico”… Não dá para esquecer a fórmula do “Sangue do Diabo” e os berros das meninas quando jogava isto na roupa delas.

    • BassCollection

      Puutz… Desenterrou!!!

    • Adriano Garcez

      Poutz, sangue do diabo! Lembro que na oitava série tinha de participar de uma peça teatral na escola e tinha uma cena com facadas. Procurei sobre sangue falso na proto-internet e a substância a ser misturada só se encontrava num farmacêutico. Aconteceu que acabei usando ketchup mesmo!

      • Davi Braga da Rocha

        Como assim? Coca Light e Lacto-Purga tem a substância.

        • Adriano Garcez

          É a fenolftaleína que o colega acima disse, mas lembro vagamente de não encontrar na época na farmácia. Procurei agora por curiosidade e vi que a lactopurga com fenolftaleína foi proibida de vender na época que precisei usá-la, em 2002.

          • Davi Braga da Rocha

            Nem sabia que tinham mudado a fórmula. Obrigado pela informação :)

  • http://www.speedtrap.com.br/ Marcio Neves Machado

    Eu tenho dois primos que uns 13 anos atrás tinham um kit de montar feito de placas metálicas em diversos formatos e padrões, cheias de furos, que você encaixava umas nas outras por intermédio de vários parafusos e porcas. Algumas eram pintadas, mas outras eram metal nú para permitir a conductibilidade elétrica, para ligar a caixa com as pilhas direto no motor, que iria movimentar alguma engrenagem para fazer alguma coisa. Eles nunca ligaram muito para aquilo, mas eu adorava ficar montando os esquemas prontos do manual e depois inventando os meus próprios. Tinha roldanas, anéis de borracha para servirem de correias de transmissão, algumas engrenagens… o diabo. Pena que não lembro o nome da bagaça, mas lembro que boa parta das chapas eram ótimas lâminas fatiadoras de dedos :D

    Comentei isso tudo porque o visual desse kit aí do post me lembrou aquele kit rústico lá do início dos anos 90 :D

    • carlitus

      Quando eu era criança pequena laaaaaaá pelo início dos anos 90, eu ganhei um kit desses, o nome era Kitspock. Era FO-DÁS-TI-CO! Vinha numa maleta de madeira, quase cheguei a suar pelos olhos ao lembrar dele.

      • http://www.speedtrap.com.br/ Marcio Neves Machado

        CARAMBA!!! Vi aqui pelo Google Images… Era esse mesmo! Mas os que vi no Images nenhum faz jus ao que me lembro do deles, que vinha com um bom bocado de peças. Devia ser o kit mais completo, sei lá. Ou eram vários juntos, porque já não ficavam mais na sua caixa original, e sim numa lata, ou balde, sei lá :D

        • carlitus

          Nem sei se tinha um mais completo, sei que me divertia pra caramba com o meu. De longe, é o brinquedo que mais sinto falta, o problema é que eu não era muito cuidadoso e, bem, depois de tanto monta-e-desmonta o material fadigava fácil. Queria muito tê-lo guardado. Se pudesse pegar a TARDIS emprestada, voltava só pra dar uns cascudos no “eu” moleque, pra ele cuidar direito do meu kit.

  • http://toonsfera.com.br/ STX

    Droga! Pq isso não foi lançado no meu tempo de criança! :(

  • Julio Verner

    Comprar pra mim, sou criança eterna! hahaha Já que na infância o melhor brinquedo era carrinho de lata, hoje mal sei a diferença de resistor e transistor…

  • http://ceticismo.net/ Pryderi

    Ainda existe jogo do tipo Pequeno Químico: http://www.americanas.com.br/produto/7538083/jogo-alquimia-grow

    Não é que nem o antigo (aliás, na Amazon tem um kit FENOMENAL. Procurem lá, mas não enviam pro Brasil), mas é melhor que dar uma boneca com síndrome de down (sim, isso existe: http://www.abrinquedoteca.com.br/eventos2.asp?id=196 )

    • http://contraditorium.com Carlos Cardoso

      #FACEPALM

  • Eder Brizolla

    eu tinha um kit de eletronica qdo era crianca, como eu era feliz, queria algo do genero com manual em portugues para dar para meu sobrinho…. sweet dreams…

  • wilbacelar

    O Pequeno Químico era FODA

  • Adauto Meira

    Isso me lembrou de um brinquedo, da década de 80 ou anterior, que também era uma placa de acrílico, com vários pinos, e tinha fios de várias cores. Não lembro o nome fabricante e nem as possibilidades do que era possível fazer com ele, mas lembro que tinha um esquema para fazer um aparelho de código morse.

  • Adriano Garcez

    Achei bem legal esse kit eletrônico pra crianças. A criança já pode brincar sem medo de ser feliz com alguns princípios elétricos e formar uma base para um ensino técnico, como você citou. Mas depois disso, é só partir pra um proto board que é só alegria. Ou a criança que preferir seguir pra área de programação, é só comprar um Arduino ou um MBed e brincar com o que vier na telha.

    Uma galera falou que desde pequeno brinca com ferro de solda … caralho mano, que sorte. Só fui saber o que é eletrônica com 16 anos ao entrar no IFES.

  • Tiago Botino

    Gostei, acho que eu consigo me adaptar a um kit desses!

  • Glauco Junior

    Pessoal, pesquisando um pouco sobre brinquedos do tipo “Snap Circuits” encontrei 2 fabricantes aqui no Brasil que vendem algo bem parecido:

    http://onixtecnologia.com.br/index.php/produtos/8-produtos/14-toklab

    http://kitdeeletronica.com.br/kiteletronica/

    Gostaria da opinião dos “conhecedores” sobre qual seria mais indicado, meu filho faz 10 anos em Outubro.

    Obrigado!

  • Kit Eletronica Eletronica Kit

    A Dream inc. aqui do Brasil está comercializando um Kit de Eletronica
    para crianças muito bom, ideal para todas as idades e niveis de
    conhecimento em eletronica , veja: http://www.dreaminc.com.br