Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

Hackers acessam sistema de bordo de um carro e o dirigem com um controle de NES

Por em 29 de julho de 2013
emCultura Gamer Miscelâneas Segurança Software relacionados       
Mais textos de:

Site | Twitter
  • Victor Hugo Bueno

    Acabou a era da “ligação direta”. Os bandidos do futuro irão conectar um aparato na porta de diagnóstico e roubar o carro da forma mais matrix possível. kkkkkkkkkkk

    • André Maringolo

      Ligação direta… aquilo sim hack de cinema kkk

  • Bruno Rocha

    Ele não foi uma hakeada tradicional, ele foi invadido e sequestrado.

    É a mesma coisa de eu entrar na sua casa, pegar seu PC e desligar o fireall e o antivírus, ai você vem e chama de hackear.

    Se um cara pra “hackear” precisa entrar no seu carro, ligar o motor e sair andando do modo tradicional ainda é mais fácil.

    • Well Dias

      Esta técnica é como desencapar o fio do cabo da ethernet e ligar outro cabo de modo a monitorar o fluxo da rede do cidadão. Ou usar um maçarico para cortar a porta do cofre.

      • Bruno Rocha

        Isso quando não explodem o cofre e queimam o dinheiro junto. Lembrando que no caso de empresa e banco, o dinheiro fica ligado a um sistema de bomba de tinta. Se tentar violar, a bombinha explode e 95% do dinheiro fica sujo de tinta, que não sai nem com ácido.
        A tecnologia vai deixar até os ladrões menos inteligentes.

        • Roberto Cézar

          Não sai nem com ácido? Uai…já vi notícia que tavam conseguindo limpar aquela tinta rosa que os ATMs jogam quando são arrombados…

          • Bruno Rocha

            Sim, usam solventes, ai sai a tinta e o papel junto. Ai fica uma folha branca. :)

          • Roberto Cézar

            É, mas pelo que a notícia descrevia, tava tirando somente a tinta rosa. Não faria sentido se deixasse o dinheiro inutilizado.

          • Bruno Rocha

            Ir Rapaz

            Mas a tinta tem um material pigmentado que brilha à luz ultra violeta. É bom os comerciantes abrirem o olho.

    • Aiman Jalil Sarraf

      Na Black Hat eles farão via wireless estando bem longe do carro, ou seja, só é necessário que o ‘manobrista’ plugue o dispositivo e lhe entregue as chaves, quando estiver dormindo eles fazem o resto. Te preocupa agora?

      • GalegO86

        Isso sim me preocupa! Em 30s o cara deita debaixo do motor, prende um roteador wireless com bateria na lateral interna e pluga o cabo na Central. Depois a uns 50mts de distância o cara acessa o roteador, hackeia e dá a partida no carro, sai controlando o carro com um controle de Xbo360 enquanto segue com outro carro. Um roubo simples, rápido e sem chamar a atenção de ninguém…. A não ser pelo fato do carro estar andando sozinho sem ninguém dirigir…

        WatchDogs feelings!

        • Aiman Jalil Sarraf

          100% WatchDogs!

      • Bruno Rocha

        Um volante “tira e põe” resolve tudo. :)

  • Wagner Felix

    o cara teve que ter acesso fisico a porta de diagnostico pra isso. Não é TÃO alarmante assim.

    • Luiz Felipe

      O que impede de remover os parafusos, tirar a roda e ter acesso a alguns cabos de dados do sistema abs e a partir dai tomar o controle do carro, sem nem disparar o alarme. Se a porta de diagnostico é vulneravel, o que impede a rede inteira de ser.

      • Wagner Felix

        Sim, abrir o capô ou seja lá por onde o cara achar melhor chegar no cabo de diagnóstico. A questão é o acesso físico sem sutileza. Voce quer tentar matar alguem, entra embaixo do carro e corta os canos do fluido de freios. É sutil igual :D.

        Aparentemente alguns carros mais modernos contam com segurança melhor, ja que a chave possui muitas funções de controle remoto. “Desacredito” que não tenha algum tipo de criptografia em que só a chave “codificada” tenha acesso aos controles…

  • Tejobr

    Estou achando mais discreto e rápido guinchar o carro…